Crónicas de um Bravo do Pelotão por Terras Helvéticas

AFP70

Well-Known Member
Bom dia ao Fórum,

Com uma nota de 16/20, o vencedor neste espaço do Quiz 1 – Letra A, foi o user Nande.

@Nande,
O teu nome já se encontra aposto para a posteridade ;) no Wall of Fame.
Parabéns!

Aproveito para informar que acabei de colocar uma versão online no site BdP deste mesmo QUIZ, onde poderão consultar as respostas.
Confira em QUIZ – Marcas.

Até ao próximo QUIZ!
Alexandre
 
Last edited:

AFP70

Well-Known Member
QUIZ – REGRAS


Infelizmente a pandemia e o confinamento ainda estão para durar, assim sendo, elaborei este QUIZ sobre Marcas de Bikes, para vos ajudar a matar o tempo alones :) ou em grupo.

1. Podem utilizar a página indicada em cada QUIZ como auxiliar para as vossas respostas.

2. De forma a que todos os users (m/f) possam saber “qui a écrit quoi et quand;), só serão consideradas como válidas, as respostas colocadas aqui neste espaço.

3. Será considerado vencedor de cada QUIZ, aqui neste espaço, o user (m/f) que em primeiro lugar conseguir acertar corretamente na totalidade das marcas ou aquele que tiver completado em primeiro lugar o máximo de respostas corretas.

4. Para confirmar as respostas corretas, os users (m/f) devem clicar em QUIZ – MARCAS e a seguir no número da marca pretendida.
Ver exemplo na própria página.

5. O nome do vencedor (m/f) neste espaço, será sempre comunicado aqui por escrito e antes do próximo QUIZ.

6. O vencedor verá o seu avatar aposto para a eternidade :) no Wall of Fame da página Bravos do Pelotão.

7. Até ao final, foram planeados 19 QUIZ a serem colocados aqui neste espaço; claro está, se a participação dos users (m/f) se verificar (mesmo que seja apenas um ;)).

8. Se porventura em determinado momento, o número de participações não for diferente de zero, então aí e somente aí, a versão do QUIZ passará a estar disponível no site BdP.
Não foi, não é e nem será minha intenção impor o quer que seja, a quem quer que seja :).


Boa sorte a todos os users (m/f) e obrigado por participarem!
Alexandre Pereira
 

AFP70

Well-Known Member
Bom dia ao Fórum,

QUIZ 2 – 20 Marcas

Marcas de Bike – B (consultar se necessário)

A versão online do jogo encontra-se em QUIZ - MARCAS.

21. A Aurora é a sua metade (em inglês).
22. A bicicleta do Bruno (em inglês).
23. A mistura de cião e magenta origina essa cor (em inglês).
24. A ovelha negra (em inglês).
25. Artefacto capaz de flutuar e se deslocar sobre a água.
26. Diz-se de quem é corajoso (em inglês).
27. É um dos bairros de Nova York.
28. É um instrumento musical e há quem lhe chame RPG (em inglês).
29. É uma peça de Xadrez (em inglês).
30. Em inglês quer dizer para além de.
31. Metade do nome de uma equipa de basquete dos States.
32. Nome dado a um desafio na cultura Hip-Hop e no Rap (em inglês).
33. O Bill ficou famoso por caçar esse tipo de animal.
34. O homem do conselho d'administração (inglês).
35. O Michael ganhou um Grammy com "When a man loves a woman".
36. O outro nome de arqueiro (em inglês).
37. O panda alimenta-se das suas folhas.
38. Se lhe substituirmos uma letra, ficamos só com vogais.
39. Sete tipos de felinos pertencem a essa família (em inglês).
40. Tem nome de ponte de pedra.

As regras do QUIZ encontram-se aqui.

Boa sorte e até ao próximo QUIZ!
Alexandre Pereira
 
Last edited:

AFP70

Well-Known Member
Bom dia ao Fórum,

Com a ajuda de alguns users (as) aqui do Fórum a quem agradeço ;), acabei de colocar online as seguintes 6 marcas.
Estamos com 976 marcas (todo o tipo confundido).

Amsterdam air - FR
iNBiCLA - PT
Nakagawa – JP
Onderwater - NL
Swift Carbon - GB
Vaast – US

Podem consultar em Marcas de Bikes.

Aquele abç,
Alexandre Pereira

P.S: As listagens de Marcas serão atualizadas uma a duas vezes por mês e a comunicação será efetuada nos mesmos moldes deste post :).
 

AFP70

Well-Known Member
Bom dia ao Fórum,

Com a ajuda de alguns users (M/F) aqui do Fórum a quem agradeço, acabei de colocar online as seguintes 30 marcas.
Estamos com 1’007 marcas (todo o tipo confundido).

Adris - FR
BambooBikes - AU
Beloved - US
Bertelli - US
Bicymple. - US
Cavalerie - FR
CBT - IT
CNC - DE
Crupi - US
Cycles Cattin - FR
Dancelli - DE
Emory - US
Fixie Inc. - DE
Ganna - IT
Gorilla - CH
Maserati - IT
Menet - BE
Meybo - NL
Mikamaro - DE
Montante - IT
Olsthoorn - US
Prorace - BE
Renovo - US
Rossin - US
Schauff -DE
Shinola - US
Stan Ridges - US
Stelbel - IT
Vandeyk - DE
Veloheld - DE

Podem consultar em Marcas de Bikes.

Aquele abç,
Alexandre Pereira
 

AFP70

Well-Known Member
@Alex king,
Por enquanto andar de bicla nos locais que aprecio :), está fora de questão, quer pela neve, quer pelas temperaturas (-5°C e -10°C).
Não quero voltar a repetir a experiência relatada no post 1’048.
Para manter a forma, talvez me fique somente por umas voltas junto ao lago e em dias de bom tempo ;).
De qualquer forma, preciso de tempo para preparar a próxima campanha BdP :).

@davidream,
So far so good!
Espero que contigo também!
O Covid ainda não me apanhou ;), mas tem-me fod..o a existência pois por duas vezes tive de adiar a minha vinda às Terras Lusas.
Confesso que para um gajo como eu que sofre du mal du pays e que por norma regressa a Portugal três vezes ao ano, não está a ser fácil.
Por causa do Covid o meu estatuto de “deslocalizado” vai passar a “emigrante”, isto se tiver de protelar a minha próxima viagem, uma vez que passou quase um ano desde a minha última estadia em Portugal :).

Mas não desanimemos, eis algumas fotos de reconforto tiradas na última saída em raquetes.









 
Last edited:

AFP70

Well-Known Member
Bom dia ao Fórum,

Com a ajuda de alguns users (M/F) aqui do Fórum a quem agradeço, acabei de colocar online as seguintes 46 marcas.

Estamos com 1’054 marcas (todo o tipo confundido).

17Bicycle - JP

5Links - JP

a.n.design works - JP
Alps - CH
American Eagle - US
Araya - JP

Besv - JP
Billion - JP

Caracle - JP
Cherubi - JP
Crazysheep - JP
Cycroc - JP

Daytona Potteringbike - JP

EBS - JP
Ene Ciclo - JP

Flyer - CH

Harry Quinn - JP

IFmove - JP
Iruka - JP

Jeep JP - JP

Kaze Race - JP
Khodaabloom - JP
Kimori - JP
Koba - CH

Lavelle - GB

Murayama - JP

Nagi - JP
Nanoo - JP
Number - JP

Ono - RS
Oribike - JP
Osso - JP

Patto - JP
Peak - IN
Populomobile - JP

Qi CYCLE - JP

Ravanello - JP
Remington - DK
Renault - JP
Riteway - JP

Stijncycles - JP

Tartaruga - JP
Titania - JP

Vigore - IT
Vogue - NL
Volkswagen - JP

Windcog – JP

Podem consultar em Marcas de Bikes.

Aquele abç,
Alexandre Pereira
 

AFP70

Well-Known Member
Regressei ao Chalet-à-Gobet nove anos depois…

Há séculos atrás, um rico homem de negócios chinês, proprietário de vários jornais, solicitou ao seu chefe de redação, que lhe escrevesse algo num bocado de papel. Apenas lhe deu como indicação que não queria nada de banal, mas sim: “uma fórmula positiva que garantisse a prosperidade à minha linhagem, que fosse motivo de alegria e nos desse vontade de viver!”.

O homem pegou numa folha de papel e escreveu. Ainda mal tinha acabado que o rico homem lhe tira a folha e lê o seguinte: “O pai morre, o filho morre, o neto morre”.

Furioso, o homem vira-se para o seu chefe e grita o seguinte: “Companheiro, pedi-te para escreveres algo que trouxesse alegria e prosperidade à minha família e tu escreves sobre a morte. Deveria mandar cortar-te as mãos!”

O chefe da redação, sorri: “Amigo, tens a cara em fogo, estás a cuspir veneno, mas deixa-me que te diga: se o teu filho, morrer antes de ti, será um grande infortúnio para ti e para a família. Se o teu neto, desaparecer antes do teu filho, também será um terrível fardo a suportar para ti, para ele e para toda a família. Se a tua família, geração após geração, desaparecer na ordem que escrevi, então, a vida seguirá um curso natural e a ordem das coisas será plenamente respeitada. Aqui tens, pois, a alegria e a prosperidade que me pediste”.

Inicio esta crónica com esta pequena história que li há tempos, algures, cujo autor desconheço, mas que me recordou que na vida, a felicidade de um homem, não pode ser expressa na desordem. Que há um curso natural das coisas, um significado, uma ordem. É, pois, nesta ordem das coisas que nos encaixamos. A felicidade vem sempre no seu próprio tempo.

Esta pequena história lembra-nos de uma forma muito simples que o mais importante na vida é ser feliz. A prosperidade não está na posse de coisas materiais, mas sim na própria vida.

Não sei se já repararam, mas por vezes, somente passados muitos anos (5 a 10) é que regresso a determinados locais (betetisticamente falando), no caso em apreço, regressei a Lausanne onde vivi durante 1,5 anos.

Esta volta não foi desenhada por mim, mas sim por um novo colega de voltas, de origem francesa, Frédéric ou Fred para os mais íntimos, que para além de praticar BTT com pneus de estrada :), pratica também parapente.

Como devem calcular, somente terei parceiro no outono e inverno, para as ditas voltas que chamo de “voltas à beira do lago”, já que nos outros meses o apelo da montanha será mais forte; para além de que a sua montada não está preparada para voltas em alta montanha.

Esta volta passou a fazer parte do meu cardápio de voltas treino (esta é a N°4), para fazer face ao longo período de inverno (novembro a abril) com que me defronto e em que rolar acima dos 1’500 mts se torna muito complicado por causa da neve e temperaturas mesmo baixas, e não estou a falar de zero graus ;).

Vamos aos dados da volta.

- Altitude máxima – 903 mts
- Altitude mínima – 373 mts
- Acumulado de subida – 1’430 mts
- N° total de Kms – 59 kms

Como constatam, mesmo para uma volta dita à beira lago, o acumulado de subida não deixa dúvidas ;).

Volta arranca em Morges (373 mts) e após muito sobe e pouco desce, chegamos ao nosso ponto mais alto, Parc Naturel du Jorat (903 mts), uma extensa floresta com cerca de 40 km2 e 1’134 espécies repertoriadas. Daí seguimos para o Chalet-à-Gobet, atravessamos Lausanne, para finalizar em Morges, tendo durante cerca de 5 kms rolado junto ao Lac Léman.

Quem segue estas crónicas sabe que não morro de amores por voltas realizadas abaixo dos 1’000 mts, daí que a quantidade de chapas tiradas reflete essa realidade.

Mas como um homem tem que manter a forma durante este período e para que a reprise não seja tão dolorosa aquando da abertura da época de caça :), obrigo-me a realizar este tipo de voltas, digamos que são o meu equivalente a aulas de spinning.

Eis as poucas chapas tiradas.







































Cumprimentos betetistas e até à próxima crónica…

Alexandre Pereira
Um Bravo do Pelotão, neste caso sem…
 

AFP70

Well-Known Member

AFP70

Well-Known Member
@elvales,
Obrigado pelo comentário :).
De facto, algumas das voltas do quintal só tem mesmo o nome ;).
Próxima na lista, será a N°01, com +/- o mesmo n° de kms e um acumulado não muito longe deste.
A última vez que a realizei foi em 01.2017 :).

@Pedro Barradas,
No site BdP tens muito com que te cozer ;).
Claro está que neste momento não é a época ideal por causa do confinamento ao fim de semana, mas melhores dias virão.
Em Portugal, cheguei a fazer esporadicamente 400 kms de carro para ir pedalar, senão a norma era efetuar 25-40 kms para ir pedalar.
Aqui nas Terras Helvéticas, faço sempre entre 100 e 150 kms (comboio e autocarro) para arrancar uma volta.
Como vês, a distância é relativa. Haja vontade! :)

Abç aos dois,
Alexandre

P.S: As distâncias indicadas dizem respeito somente à ida, ou seja, outros tantos kms para o regresso :p:eek::D