"cornitos" no guiador: prós vs contras

#42
Corninhos?
Uso sempre!
Na bicicleta!

Quanto aos outros sítios?
Enquanto não souber esta tudo bem!

Não sou um grande aficionado da tauromaquia.
No entanto, e como adoro fazer zapping televisivo, se porventura, nalgum canal (TVE, RTP...) transmitirem uma corrida tauromáquica, detesto ver um touro manso que se limita a encostar às tábuas :rotfl: . Mas, como diz o pároco da minha freguesia, quando há confiança e conhecimento mútuos, isso não acontece; além de que temos que ser bons em todo o tipo de pedaladas, caso contrário a nossa cara-metade pode ficar descontente.
Bom, terminando esta conversa da treta, mais própria do António Feio e do José Pedro Gomes, findo este comentário de fim de ano, dizendo que, gosto muito de usar cornos NA BICICLETA.

Espero não receber nenhuma reprimenda por parte dos moderadores deste ESPECTACULAR fórum. Afinal, estámos muito próximos do réveillon e o espirito de natal ainda paira no ar, por isso, espero uma atenuante para esta minha pequena infracção.

MUITO BOM ANO PARA TODOS, MUITO BOAS PEDALADAS E NADA DE QUEDAS.
 
#43
Os extensores de Guiador ajudam imenso nas subidas mais dificeis,e em grandes distancias proporcionam mudar a posiçao de conduçao.
Para mim sao um grande auxilio.
Boas Pedaladas
 
#44
Como eu não devo ter evoluido no tempo :mrgreen: e sou dessa altura em que quem não tivesse uns cornos na bike não era verdadeiramente bttista lol ainda os continuo a usar. Os unicos contras podem ser a estetica (acho que isso é muito relativo) e para os maniacos do peso umas gramas dispensaveis. De resto sempre os usei porque permitem-me mudar as posições das mãos de vez em quando, e a subir sempre são uma ajuda.
Duvido que melhorem a performance, para isso há o treino :evil:

abraços
 
#45
DEL9JUMBO said:
Os extensores de Guiador ajudam imenso nas subidas mais dificeis,e em grandes distancias proporcionam mudar a posiçao de conduçao.
Para mim sao um grande auxilio.
Boas Pedaladas
É isso! Não mexas mais! :yeah:
De qualquer modo nem todos podemos ter as mesmas opinioes ou gostos se não andavamos todos de igual; :mrgreen:
 
#46
Olhem eu acabei por me render e instalar na minha montada uns ditos "cornitos". Não são daqueles "cotos" minusculos.

E não é que aquilo dá jeito? Sobretudo como alguém disse aí, a frente da bicla já não levanta "cavaladas" a subir :mrgreen:
 
#47
Olá.... se é que me permitem... aqui vai uma opinão feminina...
Na minha opinião, os avanços ficam bem bonitinhos... têm é de ser na medida certa e na posição correcta!
É muito frequente ver bicicletas com avanços longos e na vertical :shock:
Eu também não utilizava... mas a verdade é que da muito jeito para fazer subidas de pé!
De pé com as mão nos avanços, a chamada "caixa" (tórax) fica mais aberta permitindo respirar melhor!
Para além de que o facto de ir alternando a posição de corrida, permite aliviar a tensão nas costas.

Beijinhos
Vera
 
#48
O ficar bem ou mal creio que não é importante, excepto para os amantes do tuning estético! :mrgreen:

Depois, existe uma grande diferença entre os "cornitos" rectos e os que fletem para o interior! Eu sempre gostei mais dos primeiros, pois é essa a posição que sempre utilizei (mais em subidas e estrada)... Agora que não os tenho e nas últimas bicicletadas tinha a tendência para colocar as mão nos extremos do guiador (mesmo nos extremos :shock:) de modo a melhorar o conforto e performance, mas isso sim, é perigoso!

Tenho também a impressão que os que fletem para o interior serão mais seguros, visto os ramos ao baterem na peça desviarem-se, a menos que embatam ainda mais para o interior, o que quererá dizer que estamos a bater de frente num ramo, o que é uma abordabem bastante estranha e desaconselhável para ultrapassar os obstáculos! :mrgreen:

As vantagens em termos de ergonomia parecem-me também evidentes, mas claro, também temos que nos adaptar a eles (o que nem sempre é fácil). Se não nos adaptarmos então mais vale a pena estar quieto! Nada como experimentar primeiro na bicla de alguém e só depois comprar! :)
 
#50
Eu na bike antiga(guiador recto) tinha uns, e agora na bike nova(guiador elevado) pus os mesmos e não acho q fiquem assim tão mal. Mas que dão muito jeito nas subidas, isso dão. Tenho uns Acor com quase 10 anos :shock: curtos e raspados(mas a manetes de travão continuam impecaveis).
"Cornos" ao PODER!

Boas pedaladas 8)
 
#51
Eu pessoalmente não os uso por utilizar um guiador sobre elevado mas já experimentei e existe uma clara vantagem nas subidas. Mas como me sinto mais "à vontade" a nível de controlo com o tipo de guiador que uso e para o que faço com a bicicleta, não se justifica a sua utilização (pelo menos para já).

Agora, quanto ao tipo de barends que usaria isso é outra conversa. Devem ser confortáveis e oferecerem um bom apoio para a palma da mão e permitirem um bom grip. Os da crane creek são porreiros mas uns que experimentei da PZ Racing são fenomenais.

São estes


O preço? Cerca de 50€ mais coisa menos coisa. Mas pela ergonomia e pelo toque do carbono velem a pena.
 
#52
Ola malta, desaconselho a sua utilização, em trilhos fechados, com vegetação densa, eu já fiquei virado ao contrário, engacharam nos arbustos e doh :exacto: :barafustar: ganhei ASAS.
È inegável a vantagem, nas subidas, mas nas descidas ou trilhos rápidos, estamos sujeitos a fazer uma "PEGA DE CARAS" sem esperarrrrrrrrrrrrrrrrr.
Abraço de penatabua
 
#53
Re: "cornitos" no guiador: prós vs contras

Waxman said:
Eu pessoalmente não os uso por utilizar um guiador sobre elevado mas já experimentei e existe uma clara vantagem nas subidas. Mas como me sinto mais "à vontade" a nível de controlo com o tipo de guiador que uso e para o que faço com a bicicleta, não se justifica a sua utilização (pelo menos para já).

Agora, quanto ao tipo de barends que usaria isso é outra conversa. Devem ser confortáveis e oferecerem um bom apoio para a palma da mão e permitirem um bom grip. Os da crane creek são porreiros mas uns que experimentei da PZ Racing são fenomenais.

São estes


O preço? Cerca de 50€ mais coisa menos coisa. Mas pela ergonomia e pelo toque do carbono velem a pena.
Quero uns destes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! :D estes sim até fazem a bike andar mais! :D
 
#54
Olá malta, eu pessoalmente não uso, :nana: mas como o shadowlord diz, também sou do tempo em que o verdadeiro bttista era aquele que tinha avanços (cornos).

Sinceramente acho que cada vez mais, os avanços estão a deixar de ser usados, porque nós acabamos por nos habituar a não usa-los, é mais um valor a gastar, é mais peso que acaba por ser desnecessário e porque podemos ficar agarrados a um carrasco devido a eles ou ainda podemos precisar de travar de repente, sendo mais difícil o acesso à manete. :wink:
A nivel de gosto, depende de cada um. :roll:

Pelo menos é essa a minha ideia...

Boas pedaladas
Gonçalo
 

Alf

Active Member
#55
Os avanços costumam dar jeito, não convém segurar o guiador com as mãos. Depois não temos como virar. :wink: Agora extensores... não uso!! :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
 
#56
Oi pessoal.
Hoje à tarde, quando passeava com a minha filha no "Dolce Vita" de Coimbra, resolvi passar na Sportzone.
Na secção das bikes, vi, gostei e fiquei apaixonado por uns bar ends da ONOFF. Foi amor à primeira vista. Só faltou a música de fundo. :rotfl:
Com um peso de apenas 118 gramas, pequenos, ergonómicos e com um custo de 14 euros, não hesitei.

Já agora e comparativamente com os anteriores, estes pesam menos 32 gramas.

Resumindo, concluindo e aplicando a teoria dos 3 bês: São Bons, Bonitos e Baratos.

Amanhã, se deus quiser, vou estreá-los na maratona do Mondego.

Boas pedaladas. :yeah:
 
#58
as vantagens são óbvias e grandes nas subidas, quando se tem um guiador recto

Mas,

as potenciais desvantagens não compensam:
- ficar preso num ramo
- cair em cima deles e perfurar um pulmão
- ficar muito foleiro com guiador sobre-elevado

abraço,
b
 
#59
Ó Bruno... Cair em cima deles e perfurar um pulmão!!!! :hmmm: doh Não achas que é um pouco de azar a mais! Então não andemos de bicicleta porque podemos cair com as costas em cima do quadro e fracturar a espinha! :mrgreen: :mrgreen:
 
#60
Viva,
Na minha opnião a colocação dos chamados "cornitos" na bike trazem mais vantagens do que desvantagens (não falamos de estética, pois isso não trás vantagens nem desvantagens apenas têm a ver com o gosto pessoal).
Eu coloquei os ditos na minha bicla e só tenho a dizer bém, a subir em estradões ou subidas técnicas o rendimento é muito superior, permite também um rolar mais descansado, nas descidas não lhes dó uso, pois é perciso ir travando. Apenas é necessário ter algum cuidado em trilhos com vegetação muito fechada, mas como não ando a fazer conta-relogios nessas situações nunca tive azar.
Esta é apenas mais uma opnião
:wink: