Continua o flagelo dos incêndios no nosso Portugal

#1
Mas será possível todos os anos acontecerem estas tragédias?

Será possível não haver responsáveis?

Será possível as Autoridades, deteram autores destes crimes e as sentenças serem tão suaves?

E os nossos governantes continuam a não ter a coragem de criar legislação específica e forte de maneira a que os autores e coautores fossem fortemente castigados.

Um bem Haja para os nossos BOMBEIROS.
 
Last edited:

Joseelias

Well-Known Member
#2
A resposta resume-se a isto: enquanto nos entretermos e nos preocuparmos com estas situações, bem como a pequena criminalidade que nos faz andar sempre a olhar por cima do ombro, não temos tempo para olhar para cima, para os verdadeiros criminosos que existem neste país.

Isto são tudo coisas que em grande medida se conseguiam resolver. Mas funcionam como manobras de distracção, e de grandes negociatas também, para muita gente.

Como o meu avô, que era analfabeto, disse há muitos anos atrás quando o governo começou a contratar meios aéreos privados para combater incêndios:

"Isto agora nunca mais vai parar, porque esta é gente que vai ganhar no Verão para comer no Inverno"

Bem dito, bem feito.

Temos uma Força Aérea, com aviões de combate a incêndio, e pilotos altamente qualificados parados porquê? Se é que esses aviões ainda voam.
 
#5
É com muita pena minha que eu, residente em Viseu, estou habituado à porcaria dos incêndios, por norma tem havido sempre grandes fogos na região, bem como na "aldeia" Fornos de Algodres, cheguei, à sensivelmente 4 anos anos atrás a ajudar no combate a um incêndio perto de uma localidade vizinha. (não como bombeiro, mas como civil)

Curiosamente este ano só me parece que houve incêndios (pelo menos falados) agora em agosto. Não querendo agoirar ou ofender ninguém mas coincide com a grande "enchente" de emigrantes que voltou a Portugal para férias.

Devo dizer que, deveria haver penas bem PESADAS aos responsáveis por estas situações (não só os chicos espertos que pegam fogo, como os chicos espertos que retiram meios, bem como os chicos espertos que não fazem limpeza dos seus terrenos, e não me venham dizer que os velhotes não podem limpar os terrenos, ou não têm dinheiro... esses mesmos velhotes têm filhos... se os filhos não têm dinheiro por não trabalharem, etc... têm tempo livre e corpo para ir limpar) Na minha opinião o abandono de terreno florestal ou terrenos de cultivo abandonados, quando não limpos (ao abandono) deveriam ser retirados aos proprietários e aos autarquias locais deveriam se apoderar delas e ter a responsabilidade de limpeza. O mesmo se aplica aos terrenos do estado, as autarquias deviam se responsabilizar por limpar tudo...

Peguem nos prisioneiros que tão o tempo todo com o cu virado pó ar, metam umas valentes correntes e os enfiem nas matas a limpar. Não só se reduzia a taxa de incêndio, como a taxa de criminalidade (a malta começava a pensar 2 vezes antes de andar aí a fazer m***) e dava-se utilidade a pessoas que são completamente inúteis e só levam dinheiro dos nossos bolsos.

Desculpem a agressividade, mas esta m*** tira-me do sério
 

fabio viana

Well-Known Member
#6
Para estes lados também anda um pouco mau :(

Até tenho evitado andar de bicicleta porque onde costumo andar é só fumo e tem andado a arder..

Enfim....