Conselhos para descobrir Portugal

#1
Olá a tod@s!

Embora só agora, ao fazer alguma pesquisa na Internet, ter descoberto o Fórum, sou já desde há alguns anos (e especialmente depois de ter vivido um ano na Bélgica, em 2007/08 ) um entusiasta da utilização da bicicleta na cidade e em cicloturismo (OK, não tanto em BTT :eek:)

Assim como fiz ao pessoal da bicicletada, gostava de pedir a vossa colaboração para um pequeno projecto que quero realizar durante a segunda metade do mês de Agosto e início de Setembro: descobrir o "Portugal esquecido", que no Verão ganha uma nova vida com os emigrantes :cool:

O plano da viagem, em traços gerais, passa por sair do Porto e ir sempre ao lado do Douro até ao Peso da Régua, subir até Bragança e a partir daí descer junto à fronteira pelo parque do Douro Internacional até ao parque do Tejo Internacional, Elvas, Alqueva, Alcácer, Setúbal e de volta a Lisboa. Conto fazer à volta de 100km por dia, e todo o percurso em 3 semanas em autonomia. Podem ver o mapa aqui.

Portanto o que tenho para vos pedir :rolleyes: é o seguinte:
1 - Onde e que bicicleta devo arranjar? O meu budget para uma bici é de uns 250 EUR. Claro que o ideal seria arranjar uma bicicleta e artilhá-la eu próprio, mas como me falta tempo e know-how, provavelmente vou mesmo ter de comprar uma que já esteja minimamente preparada. Pra já vi esta, o que vos parece?
2 - Equipamento já tenho algum (capacete, conta km, material de campismo), mas mesmo assim também vou precisar de alforges, luzes, etc. O que devo considerar um "must-have" e por que preço/onde posso arranjar este material?
3 - Que cidades/vilas/locais me aconselhem a visitar, que fiquem +- em caminho? Quem posso contactar localmente (pessoas, associações, etc)?
4 - Que conselhos me podem dar para uma viagem com esta dimensão e duração (ou seja, digam o que quiserem)?

Espero que me possam ajudar e em breve trazer mais notícias sobre este projecto!

Cláudio
 
#2
Sem querer ser contra a tua ideia acho que uma pessoa que não tem assim muita experiência tens de ponderar bem os teus desafios. A bicicleta que estas a escolher não sei se dá para tantos kms. Não te esqueças que até chegar a Bragança vais ter um desnível ou seja subidas muito rigorosas, é preciso têr uma bicicleta um patamar acima. Mesmo junto á fonteira vais apanhar muita serra. Para conseguires fazer 100 km em alguns dias julgo que não vais conseguir. Basta lêres e procurar aqui alguns post para situações semelhantes á tua. Eu em Setembro vou fazer um passeio de Setúbal a Lagos em 3 dias mas é tudo plano, excepto quando tiver de atravessar de Odeceixe para Lagos,em que vamos apanhar a Serra. Vamos fazer 60 km num dia, 80 no segundo e 50 no terceiro e sempre com carro de apoio. Em autonomia é sempre maís dificil. Como vais de bicicleta tens opurtunidade de visitar com muito mais calma as vilas do nosso Portugal. No entanto tem sempre á mão os contactos dos bombeiros locais caso precises de ajuda é o que te posso aconselhar. Para adquirir material que está em falta podes vomprar namesma na Sport Zone onde vais compar á partida a bicicleta ou em lojas especilizadas com a bike zone em lisboa.

Filipe Queirós
 
#3
tenho completamente a mesma opiniao do kaiser mafra!

é melhor ponderar os teus desafios! lembra-te que ao fim de algum tempo o corpo ja sente o cansaço, e um bom descanço é essencial!

mas força nisso! :)
 
#4
O Kaiser mafra tem toda a razão no que afirma

Toma em consideração os conselhos por ele dados.

Aquilo que o Kaiser vai fazer é bem pensado, só tenho pena de não ter assim uns amigos que eu também alinhava numa aventura parecida.

Cumprimentos
 
#5
Estou a ponderar uma viagem destas. A bike para mim também é um problema pois não penso levar a minha 2k biskas para uma coisa destas, sujeitando-me a ser assaltado ou a lixar o carbono com os alforges. Quero deixar a bike com uns cadeados à vontade para ir visitar pontos de interesse, monumentos, museus, tascas, etc. Vou consultar o mercado de usados.

Penso também munir-me de GPS com os ditos pontos de interesse assim como os locais bons para pernoitar - pousadas da juventude, casas de amigos, etc.

Quanto às companhias, têm de ser convencidas.
 
#6
Este pessoal parece que vive num mundo à parte! Deixem o homem fazer aquilo que bem entende e deixem-se de mariquices! Por acaso reparam quando andam por essas estradas nas bicicletas do pessoal que anda carregado de alforges por essa Europa fora?? Bem inferiores que a maioria de nós temos e vão com elas onde querem e são porventura mais felizes do que quem gastou 2000€ numa bicicleta xpto para andar ao Domingo! Deixem-se de manias! Já não basta o nosso parque automóvel ser desajustado à realidade e ao nível de vida do país, agora isso também acontece com as bicicletas. Enfim, é a mentalidade que temos. Antes parecer do que ser!

Caro amigo, força nessa aventura!
 
#7
Boas Cláudio, força nessa ideia mas é preciso ter todos os prós e contras em atenção e preparar tudo muito bem para que não hajam surpresas desagradáveis.:sabichao::yeah::ideia:
Concordo com o Skyforger em pleno, eu própria tenho uma bike de 60 euros comprada num hiper e mais uma vez digo tal como já disse noutros tópicos não é a bike que faz o ciclista e tem mais depois de 2 meses de intenso treino (2 vezes por dia todos os dias da semana:mrgreen:) já consigo fazer 40/50 km em pouco mais de 2 horas, subo a serra da Figueira, já fiz alguns trilhos simples e pouco acidentados e tudo isto numa bike sem suspensão, absolutamente nenhuma, e bem pesadinha em comparação com certas bikes que por aqui andam todas xpto mas nas quais andam ciclistas um pouco fraquinhos de pernas que se julgam os maiores por ter uma bike melhor.:fpalm:
Desculpem lá a minha franqueza pessoal mas é o que já tenho visto e quando vejo penso sempre para comigo mesma: "Mal empregada bike naquelas pernas:oops::twisted::grrr: (estava melhor nas minhas mãos, aqui já estou a brincar pessoal)". Deus dá nozes a quem não tem dentes, e neste caso melhor dizendo o dinheiro compra bikes a quem não tem pedalada.:cool::cool::cool::eek::sorry::yeah:
Pessoal não olhem tanto à qualidade da bike mas ao que se consegue fazer com ela, eu tenho a prova disso todos os dias quando vou fazer o meu treino.
Grande Cláudio vai em frente e não ligue às vozes de reacção que muitos só têm garganta, pudesse eu ir...:mrgreen::mrgreen::mrgreen:, força para o projecto, boas pedaladas e força nas canetas.
 
#8
Desculpa kris, mas acho que estás a ser um pouquinho preconceituosa.

Em relação ao tema do tópico, é de facto uma grande aventura, mas que terá de ser pensada e executada com os pés bem assentes no chão, por todas as razões já aqui mencionadas. É claro que a bicicleta não faz o ciclista, mas ajuda muito, quanto mais não seja em termos de conforto de utilização.

Força nisso amigo Claúdio:yeah:
 
#9
Preconceituosa é coisa que nunca fui nem sou até porque a minha mãe sempre me educou nesse sentido e habitualmente não faço juízos de valor nem descrimino ninguém, e peço desculpa se fui muito dura nas minhas palavras mas a razão delas prende-se com algumas situações com que já me deparei, não muitas e ainda bem.
Quanto à aventura do Cláudio já disse e torno a dizer se eu tivesse disponibilidade também ía, mas infelizmente não posso. Claro que tudo deve ser muito bem planeado.
Força Cláudio e desejo que corra tudo sobre rodas.
Boas pedaladas e fiquem bem.

Desculpa kris, mas acho que estás a ser um pouquinho preconceituosa.

Em relação ao tema do tópico, é de facto uma grande aventura, mas que terá de ser pensada e executada com os pés bem assentes no chão, por todas as razões já aqui mencionadas. É claro que a bicicleta não faz o ciclista, mas ajuda muito, quanto mais não seja em termos de conforto de utilização.

Força nisso amigo Claúdio:yeah:
 
#10
Filipe (e restantes), desde já agradeço os conselhos que me deixas.
Realmente tenho (alguma) noção do desafio que a viagem representa, principalmente em termos de esforço - não só pela topografia do terreno, mas também pelo calor que vou apanhar. Acredito que 80km diários consigo fazer (com mais esforço nuns dias e menos em outros), mas aponto um bocado para cima para também ser um desafio :)

Em todo o caso, em relação à bicicleta, por muito que eu gostasse de ter uma bici toda artilhada, a verdade é que o meu budget não estica, por isso vou ter mesmo de ir à luta com o que há :) aliás, como o qmark disse, também não me quero arriscar a expôr uma boa (i.e. $$) bicicleta, sujeita a alguém lhe pôr a mão num momento de distracção ou de maior risco.

Finalmente, importa dizer que esta viagem, além de ser algo que já quero há algum tempo fazer (e, lá está, é preciso ver o lado positivo da crise - como não tenho mt dinheiro esta é uma óptima desculpa para fazer a viagem agora), vai servir também como um primeiro treino para uma viagem mais longa, que tenciono fazer no próximo ano, daí o querer testar agora um pouco os meus limites (dentro do "limite" que é desfrutar da viagem, em vez de andar simplesmente a "comer" km).
Dependendo de como correr, a viagem do próximo ano há-de acabar um pouco antes ou um pouco depois de Istanbul :)

Mas para já, uma pedalada de cada vez!
 
#11
kris, obrigado também pelo apoio :) é bom saber que há mais gente que, como eu, acha que é possível sobreviver a uma viagem destas sem um grande "arsenal de ataque" nem umas condição fisica muito atlética :p

vou-me tentando auto-motivar com os 200km que fiz em 2 dias entre a Holanda e a Bélgica numa bici de cidade (com 3 mudanças) há 2 anos e com os 18 km que aguentei na meia-maratona de lisboa deste ano, mais ou menos com a mesma preparação que tenho neste momento (i.e. umas corridas e umas dezenas de km de bici de vez em quando)

se tiverem curiosidade em saber um pouco mais em relação aos meus planos (incluindo a rota e estimativas de distância/tempo) passem por www.omeuqueridomesdeagosto.pt.vu
a página neste momento serve mais para eu me organizar e recolher algumas opiniões e feedback de amigos, mas estou a contar ter tempo (e disposição) para fazer uma coisa um bocado mais trabalhada e interessante para quem gosta de pedalar e "andar na roda" de outros cicloturistas ;)


P.S.: embora não tenha arranjado muito tempo nos últimos dias para avançar os preparatios da viagem (logo agora tinham de me afogar em trabalho), vou tentar ter em conta todos os conselhos e dicas que me forem passando. por isso não se acanhem e vão mandando bitaites :) é sempre bom princípio aprender com quem já tem mais km nas pernas
 
#12
Caro Cláudio bela filosofia de vida dou os meus parabéns.
Com toda a certeza irei visitar o site e mandar os "bitaites" construtivos para ajudar, isto se os tiver ou se conseguir saber de quem tenha mais conhecimentos.
E mais uma vez digo quem me dera poder ingressar nesta aventura, mas outras virão.
O facto de acreditar numa viagem destas prende-se com o facto de eu própria apesar de ter uma bike em nada apropriada para a prática de btt conseguir fazer certos trilhos (pouco acidentados claro pois a falta de suspensão pode originar um final nada feliz), fazer estrada na maior parte dos treinos e nos últimos 4 dias conseguir fazer 40/50 km em menos de 2h sem nunca desistir e mesmo ficando com o corpo todo dorido e sentir muita dormência nos braços e mãos pela força que tenho de fazer para manter a bike no caminho certo e conseguir passar pelos buracos que encontro em alguns troços que tenho feito, não desisto e todos os dia tento ultrapassar as dificuldades e as minha limitações impondo a mim mesma objectivos cada vez mais elevados pois sei que isso me vai fortalecer e será uma boa forma de ganhar experiência para quando puder adquirir uma máquina melhor e mais apropriada para fazer aquilo que mais me atrai no btt que são os trilhos malucos que sei existirem aqui pela minha zona.
Força e quando tudo terminar espero que as boas noticias sejam muitas e que sejam colocadas aqui no fórum para mostrar a todos os que duvidam que uma viagem como esta até é possível, e as fotos também.
 
#14
Boas Cláudio ,

Desde mais força e boa sorte. Como o Kaiser disse faz alguns treinos antes de ires para "entrares no ritmo" e para te habituares a bicicleta.
Concordo que a bicicleta não é tudo mas também ajuda , mas com força tudo se consegue , se quem não tem cão caça com gato. Se te preparares minimamente , estudares bem o plano , e te mentalizares que consegues fazer a viagem ( nem que seja para nos "calares" , tu vais conseguir :) ) . Se pode-se fazia o mesmo !

é uma grande iniciativa, aproveita tira fotos, e algumas anotações dos sítios por onde passas-te, e quando voltares postas aqui, para termos uma ideia, e para ajudar futuros viajantes .

Miguel Tiago
 
#15
Olá a todos!

Depois de 15 dias de viagem e a apenas 6 do final (estou neste momento acampado ao lado do Guadiana, na Aldeia da Luz - Alqueva), só vos posso dizer que a viagem está a ser absolutamente memorável!!

Procurei seguir os conselhos que me deram, e tive a sorte de arranjar uma boa bici bastante em conta, e apesar de os primeiros dias terem sido complicados (é no que dá tentar fazer etapas de 80km a subir o Marão sem preparação adequada), os restantes têm sido bem melhores, pelo menos em termos físicos.

Neste momento levo já uns 850km e devo chegar a Lisboa no Sábado com mais de 1000. Queria deixar-vos esta mensagem para agradecer as mensagens que deixaram, convidar-vos a visitar a página/blog da viagem em www.omeuqueridomesdeagosto.pt.vu e acima de tudo dizer-vos que se estiverem dispostos a alinhar numa aventura destas FAÇAM-NO, porque as coisas boas que uma experiência destas trazem superam largamente as coisas menos boas e as dores nas pernas ;)

Abreijos,
Cláudio



P.S.: quando chegar a "casa" espero ter mais tempo para colocar a leitura do forum em dia ;)
 
#16
Caro Cláudio,

Quero desde já dar-lhe o mais sinceros parabéns pela coragem e determinação com que levou avante este seu sonho, e mais ainda por ter demonstrado que independentemente dos €€€s que se tenha conseguem-se fazer coisas bonitas como esta sua aventura. Já tive oportunidade de dar uma espreitadela na pagina/blog da viagem e fiquei maravilhado com as fotos e relato que lá tem, e como tal vou ficar atento às novas actualizações.

Grande abraço e continuação de boas pedaladas

José Faria
 
#17
track

Olá Kaiser Mafra por acaso não me queres enviar se tiveres o track dessa tua travessia? é que estou a pensar fazer o mesmo percurso , isso é fora de estrada correcto?.
Abraço
 
#18
Grande Cláudio
Fico satisfeita por saber que a aventura está a correr bem.
Desde já tenho um pedido de desculpas a fazer pois não fui ainda ver o blog por motivos técnicos (o meu computador está a pedir reforma), mas assim que tiver oportunidade vou lá dar uma espreitadela pois estou muito curiosa para ver como tem sido a aventura. Prometo.
Abraço e boa continuação.
 
#19
Fotos brutais,muito potentes essas imagens do nordeste transmontano,amigo Cláudio,hoje a tua" RUIQUEZA"é bem maior do que à um mês atrás,disso não tenho a miníma dúvida.

Abraço
 
#20
Ainda bem que têm gostado das fotos e do blog :) dá-me algum trabalho e tira-me algumas horas de descanso, mas não consigo deixar de partilhar todas estas coisas boas que tenho visto/experienciado.
No final da viagem espero conseguir ter tempo de "arrumar a casa", publicar o meu log de viagem (infelizmente nos últimos dias o meu conta-km berrou, por isso vai ser por estimativas) e publicar o restante das fotos e dos textos.
Começo a sentir aquele misto de alegria/tristeza do fim da viagem, por isso vou tentar aproveitar ao máximo os 150km que me faltam ;)