Com ou sem chuva..... vamos?

Desde que seja uma chuva fraca ou fininha, com um casaco impermeavel e calças térmicas anda-se bem.

Para mim pior do que a chuva, é andar com vento, para além de me cansar muito mais, as vezes tenho a tendência para me ficarem a doer os ouvidos. Mal por mal que seja com chuva


Cumps
 
Boas
Desde que não esteja a chover a cantaros. Não tenho problema com a chuva. Mas em relação ao vento, ai sim não gosto tanto, no entanto não deixo de o fazer. Na altura do calor é simples é só sair mais cedo!
Boas pedaladas.
 
Hoje estava a chover bem antes de sair.
Como abrandou mesmo á hora de saida lá fui.
apanhei uma carga de agua pelo caminho que foi obra, mas continuei com os que apareceram e fizemos a volta.
 
Boa tarde,

De facto, o gozo que nos dá (amantes de btt), pegar numa bicicleta e percorrer quilómetros todas as semanas, faz-nos esquecer um pouco o frio, a chuva, o sol, etc... Desde há alguns anos que ando todas as semanas; não sou daqueles que anda diáriamente, mas sim dos que uma vez por semana reserva-se um dia para o seu belo prazer. Ando habitualmente ao sábado e sei por experiência, que se por um motivo de força maior não puder andar nesse dia nem no domingo, terei uma semana de stress, de angústia: falta algo, há a sensação de um vazio.

Portugal, para a prática de btt é extenso, as condições climáticas são diversas, temos regiões predominantemente quentes, assim como outras muito frias; cada Português estará sempre mais habituado à sua região. Se calhar todos nós temos uma estação preferida, com aquelas tais condições que são as ideais para rolarmos, no entanto, nem sempre será do nosso agrado o tempo que faz fora de casa.

Na parte que me toca, pedalo sempre, quer faça sol, chuva, frio, neve etc.... Até hoje, o facto de ser declarado alerta laranja ou outro, não foi impeditivo de pegar na bicicleta e dar a minha volta. É evidente que também não gosto de andar numa determinada situação, que para mim, não é nada confortável: chuva fria, aquela que nos congela os ossos e nos faz ”bater o dente”. Realmente isso incomóda-me! Já tive de encurtar uma ou outra volta por esse motivo.

Pelo bem estar que o btt proporciona, quer a nível físico quer a nível psíquico, todos nós de uma forma ou de outra conseguimos esquecer ou relegar para segundo plano possíveis condições climáticas mais adversas. Também sou daqueles que acredita que a prática desta modalidade, por causa do contacto directo com a natureza, reforça as defesas do nosso organismo.

Um betetista devidamente equipado e fisicamente apto, na companhia da sua máquina, nada teme!

Cumprimentos.
 
A mim e ao pessoal com quem ando nada nos demove !! Já andei com chuva, dilúvios, neve, névoa, tudo misturado... enfim !! O Inverno tem mais encanto com a lama !!
 
Com calor tórrido, sol, frio, chuva, vento, neve, inundações, tempestade ou seja lá o que for - tendo companhia vou sempre!!
Não gosto é de pedalar sozinho!
Comigo é igual mas hoje foi andar sozinho, o que diga-se de passagem que não é muito divertido.
 
No passado domingo foi cancelado o Tribike na Lousã devido ao mau tempo que estava....eu não deixei de subir a serra.
Nas ruas, eram caixotes do lixo que tinham virado ou entrado pelas montras da lojas partindo os vidros, árvores arrancadas pela raiz,etc. Mesmo assim, 4 malucos pela prática do BTT decidiram enfrentar a tempestade subindo a serra da Lousã.
 
Boas.
Já fiz varias vezes a loucura de andar de bike com chuva ou após ter chuvido, mas nunca mais. Fartei-me, seja por não me divertir ou porque há sempre o maior risco de danificar algum conponente da bike. Respeito a coragem de quem gosta, pois gostos e loucuras (no bom sentido) não se discutem. Agora é só com o terreno razoável ou bom que é para curtir com os amigos, como deve ser. Chuvinha, nada. Tenho pena quando o S. Pedro não ajuda a malta, mas há-que ter paciência e fins-de-semana bons é que não vai faltar.

Fiquem bem e boas pedaladas.
 
Ainda esta quarta-feira dei uma voltinha, no alcatrão, com mais um companheiro de pedalada.
No início eram só uns pinguinhos, depois começou e não mais parou!
Deu para molhar bem a roupa.
Uma peça de vestuário em dias que pode chover é uma camisola de mangas compridas, daquelas da malta do surf e bodyboard que colocam por baixo do facto. Mesmo molhada não deixa arrefecer o corpo. Boa compra.
 
As condições climatéricas não fazem parte das variáveis a influenciar a minha volta. A não ser claro, extremos casos de 40º e tal graus à sombra. E mesmo assim....
 
Sou como o jv-, o unico problema para mim é mesmo o material que se estraga na lama(pareçe que não há uma única vez que não estrage material quando saio para a chuva)...