Ciclovia Famalicão - Póvoa

Desde já agradeço o feedback das pessoas que me forem respondendo acerca da ciclovia Hoje tive a oportunidade de fazer o percurso todo (ida e volta) e sinto-me tentado a fazer uma review desta ciclovia:

O início na Póvoa de Varzim é um bocado sinistro: a ciclovia começa por ser apenas uma pista de terra batida com alguma gravilha durante alguns kms. A paisagem começa por ser, como já foi dito, "traseiras de moradias" e depois de se passar para Amorim/Terroso começa a ser apenas campos à volta, com uma habitação ou outra e bastantes cruzamentos com estradas até aí. As partes de Terroso/Laundos são um bocado isoladas pelo que não aconselharia andar por aí sozinho, mas isto sou eu. Entre Rates e Laundos existe alguma gravilha e algumas pedras de maior tamanho, mas podem fazer esse percurso pela estrada e entrar mais tarde. Entre Balazar e o início da concelho de Famalicão o piso está incómodo: estreito, com silvas dos lados e com bastantes pedras, mas mais à frente o piso melhora e até ao final em Famalicão é possível vislumbrar paisagens engraçaditas dos montes e dos vales e passar por um bosque.


Há algumas coisas curiosas neste percurso, nomeadamente as estações de comboio que se mantêm intactas (algumas apenas, infelizmente) e que ainda preservam a ideia de estarmos a percorrer uma antiga linha de comboio (assim como os carris visíveis em algumas partes e os placards "Pare Escute e Olhe"). Alerto apenas para uml pequeno passadiço/ponte antes de Rates que deve estar ali desde o tempo em que havia comboio e que um dia destes pode cair.

Overral, acho um percurso bastante interessante e bom para fazer quando o tempo está seco!

Disponibilizo algumas fotografias do percurso Póvoa - Famalicão - Póvoa para os mais curiosos aqui.
 
Desde já agradeço o feedback das pessoas que me forem respondendo acerca da ciclovia Hoje tive a oportunidade de fazer o percurso todo (ida e volta) e sinto-me tentado a fazer uma review desta ciclovia:

O início na Póvoa de Varzim é um bocado sinistro: a ciclovia começa por ser apenas uma pista de terra batida com alguma gravilha durante alguns kms. A paisagem começa por ser, como já foi dito, "traseiras de moradias" e depois de se passar para Amorim/Terroso começa a ser apenas campos à volta, com uma habitação ou outra e bastantes cruzamentos com estradas até aí. As partes de Terroso/Laundos são um bocado isoladas pelo que não aconselharia andar por aí sozinho, mas isto sou eu. Entre Rates e Laundos existe alguma gravilha e algumas pedras de maior tamanho, mas podem fazer esse percurso pela estrada e entrar mais tarde. Entre Balazar e o início da concelho de Famalicão o piso está incómodo: estreito, com silvas dos lados e com bastantes pedras, mas mais à frente o piso melhora e até ao final em Famalicão é possível vislumbrar paisagens engraçaditas dos montes e dos vales e passar por um bosque.


Há algumas coisas curiosas neste percurso, nomeadamente as estações de comboio que se mantêm intactas (algumas apenas, infelizmente) e que ainda preservam a ideia de estarmos a percorrer uma antiga linha de comboio (assim como os carris visíveis em algumas partes e os placards "Pare Escute e Olhe"). Alerto apenas para uml pequeno passadiço/ponte antes de Rates que deve estar ali desde o tempo em que havia comboio e que um dia destes pode cair.

Overral, acho um percurso bastante interessante e bom para fazer quando o tempo está seco!

Disponibilizo algumas fotografias do percurso Póvoa - Famalicão - Póvoa para os mais curiosos aqui.
Obrigado pela partilha.
 
Não achei o percurso tão inseguro como pensava, pelo menos durante os meses de Julho-Agosto-Setembro. Por vezes passa-se por vários ciclistas, em vários locais há agricultores perto a trabalhar, os cruzamentos com estradas (algumas muito movimentadas) e em muitos locais casas habitadas mesmo ao lado da ciclovia. Mas mesmo assim convém sempre ir com alguém.
 
Cister posso estar enganado mas devem se estar a referir o estupido que a vem pouco tempo violou ou tentou violar uma mulher na ciclovia na zona de povoa, eu ja a fiz varias vezes de famalicao a balazar sozinho com a mulher sem qual quer problema. Ao domingo e normal ver se familias casais etc etc ...
De resto recomendo menos no inverno...
 
A ciclovia tem o comprimento de 28km de Póvoa a Famalicão.

O único perigo é por algumas partes serem um bocado isoladas, mas são apenas algumas. Eu quando fui notei que em muitos sítios havia casas à volta e de certa forma sentia-me seguro. Mas se fores num grupo acho que não há problema.
 
O facto de andar sozinho é perigoso na ciclovia assim como nos montes. Não podemos pensar apenas nas maldades que algumas pessoas andam por ai a fazer mas também nos problemas tipo quedas. Já andei muitas vezes sozinho na ciclovia e nunca tive problemas embora nunca me alonguei mais do que Balazar e até ai não há grandes zonas isoladas. Temos sempre de ir com cuidado como em todos os percursos que façamos. Não assustem o pessoal :)