Chaimite Alentejana

iMiguel

Well-Known Member
#21
Boas.

Chaimite... Após umas merecidas férias no algarve (isto de andar em constantes operações e transplantes de peças, custa!! :p ), hoje a chaimite foi dar um giro até Monte Gordo (VRSA).

Há já algum tempo parado, hoje fui "esticar" um pouco as pernas e treinar um pouco o batimento cardiaco (ser o mais constante possivel), então a volta resumiu-se a um percurso de 10 km's (cada volta) onde dei 3 voltas. Findo as 3 voltas, dei uma outra volta (diferente da do track) para recuperar e assim ir para casa.

Da parte da chaimite: foi um bom teste, portou-se à altura. Apertei com ela para ver o desempenho da transmissão (e não só), a subir para testei-a para ver se a corrente saltava ou não (coisa que não aconteceu), como é uma 29er, sendo esta uma zona areosa, fiz o teste passando por cima da areia (escusado será dizer qual o resultado para as pernas :p). A descer como a relação é 32x18, esgotava logo, pelo que a velocidade máxima era só atingida a descer (não sei a cadência porque não tenho o dispositivo :p).
Da parte do raider: Consegui atingir o objectivo, sendo o HR médio de 162bpm e o pico (num dos sprints que fazia) 189bpm (vou passar estes dados a uma pessoa que percebe do assunto e que me está a acompanhar o meu desenvolvimento para me esclarecer se está tudo bem ou não). O percurso em si é bastante rolante, consegui fazer uma média de 20km/h, máxima de 33.5km/h, num espaço de treino de 1h e 48min.


Segue o track com o respectivo gráfico:



Em jeito de conclusão: Foi um bom treino, para repetir nos próximos dias, aumentado o nº de voltas ao circuito. A chaimite está de boa saúde e recomenda-se!
 

iMiguel

Well-Known Member
#23
Obrigado. Se tudo correr bem, a minha última maratona será feita nesta single-speed. Chego a casa com um sorriso de orelha a orelha depois de cada volta nesta máquina
 
#24
esgotava logo, pelo que a velocidade máxima era só atingida a descer (não sei a cadência porque não tenho o dispositivo :p).

C= (100000xV)/(6xPxR)

C (cadencia en rpm);
V (velocidade em Km/h);
P (perimetro da roda em mm);
R ( relação da transmissão).

C=(100000*20Km/h)/(6x2000cm x (32/18 )= 94

Espero ter ajudado, boas pedaladas :D
 

iMiguel

Well-Known Member
#25
Então quer dizer que o rpm máximo na chaimite é de 94rpm, certo?

Por acaso não conhecia esta formula, embora soubesse que de uma forma ou de outroa havia calculos para saber isso :p Obrigado
 
#26
Apenas dei um exemplo… o perímetro da roda que usei é numero “redondo”, mas só agora vi que a tua roda é 29, logo tem um perímetro maior, é necessário menos rotação para a velocidade de 20km/h.

O exemplo que esta em cima, quer dizer que a 20km/h e com a relação de (32/18 ), com um perímetro de roda de 2000, tens 94 RPM.
 

iMiguel

Well-Known Member
#28
ahhh ok ok. Tenho que medir o perímetro à roda e fazer os calculos (pode ser que o pai natal seja generoso e ofereça um sensor de cadência :p)
 

iMiguel

Well-Known Member
#29
@CarlosBerg: Obrigado pelo esclarecidmento. Vou então saber o perímetro da minha roda e refazer os cálculos. Pode ser que o pai natal seja generoso e ofereça um sensor de cadência xD
 

iMiguel

Well-Known Member
#30
Bem a chaimite foi passear novamente, desta vez no sapal de Castro Marim, visitou as praias Retur e Monte Gordo e regressou a casa toda enterreada... :D

A volta foi de 40km, com um andamento razoável (média de 20km/h) onde deu para atingir um máximo nela, uns estonteantes 43,8km/h! :eek:
O percurso (como irei mostrar mais abaixo) era simples, sem grande acomulado (cerca de 126m :rolleyes:), e serviu basicamente para treinar a cadência (embora sem sensor, tentei manter o ritmo constante durante todo o treino (foi cerca de 2h). Como estou em pleno algarve, panhei uma zona de area onde me "partiu" o rendimento (as pernas acusaram logo). Numa subida meio empedrada (com bastantes pedras redondas) a chaimite pregou-me uma partida, queria que caísse de cima dela, mas não fui na conversa dela... O que aconteceu (não cheguei a perceber como tal aconteceu) foi que a corrente saltou num sitio quase plano... bruxedo!! :p

No caminho, fiz pouquissimas pausas, onde uma delas apanhei um amigo de 4 patas:


Resumindo: foi um bom passeio/treino matinal na chaimite. Mais logo ou amanha há mais
 

iMiguel

Well-Known Member
#32
"kama kama kama kama kamelion"
(foi logo o que me lembrei LOOOL)

Viu quando parei para atravessar uma especie de portao (aquelas traves de madeira que se encontram no inicio nos caminhos destinados à corrida, na mata), então fiquei a observa-lo, tirei a máquina e o gajo fui subindo a cerca para se meter em posição de retrato. Mas digo-te, levou alguns 5 minutos a subir aquilo... E ficou +/- ao nivel dos nosso joelhos (ve lá a altura que foi lool)
 
#33
looool ya calculo! :D
Os gajos sao bue lentos tadinhos ehehehehehe

Quando fazia ferias no Algarve mais os meus pais viam-se tantos, e isto há 25/30 anos atrás lol
:( Agora é rarissimo...

Mas muito bom! Essa foto já melhorou o meu dia :yeah:

Abraços
:xau:
 

iMiguel

Well-Known Member
#34
E muito!! Geralmente os animais que vejo ou são lebres, ou perdizes (os cães são tao comuns que nem se contam :p). Hoje tive este brinde.

Sabia que eles eram lentos, mas assim tantos... Asorte é que sou alentejano e sei esperar looool



Abraço.
 
#35
Sabia que eles eram lentos, mas assim tantos... Asorte é que sou alentejano e sei esperar looool
:rotfl::rotfl:

Por acaso há uns dias aqui por Sintra, mais propriamente na Quinta do Pisão, vi um Geneta.
Ver o bicho correr á minha frente no trilho durante uns 20 metros para depois se esconder no mato foi um verdadeiro previlégio. Infelizmente são rarissimos também.

Abraços
:xau:
 
#37
f*nix, metade das fotos que vejo de bikes, constato que a malta trata muito mal a genitália!
A posição desse selim está-te a dar cabo do fluxo sanguinio para os "balls" e respectiva companheira.

Fora isso está com bom aspecto, com umas rodas mais xpto ficaria um mimo!
 

iMiguel

Well-Known Member
#38
Por mais que baixe o selim, da a sensação que fica levantado demais. Tenho que rever o selim.

As rodas já estão pensadas. Lá para Janeiro será o meu presente de aniversario à bike (devia ser ao contrario, mas pronto :p).

Obrigado. A bike para mim está optima, falta rever um ou outro detalhe e não lhe mexo mais... É só meter km's
 
#39
Oi iMiguel!

Concordo com Freakzoide, tens o selim demasiado elevado na frente. Podes medir com um nível para que ele fique na mais horizontal das posições e depois então podes dar uma inclinação pequenina para cima ou para baixo á ponta do selim, conforme o teu gosto, mas como está é que não (!)
Estás a colocar uma pressão exagerada na zona prostatica e isso não te vai fazer nenhum bem. Até porque deves sentir algum desconforto e dermência na zona baixa dos genitais, ao fim de alguns quilómetros, ou nem por isso?!

Em relação às rodas, cá esperamos pela nova aquisição.
Mas aquele conjunto que falavas e que tinha 1500g ;) parecia-me uma excelente opção a um óptimo preço.

A máquina no geral está TOP, nem parece um 29er!

Abraços
:xau:
 

iMiguel

Well-Known Member
#40
Boas.

Sim froids, é esse conjunto, mas entretanto este mes já não dava para comprar, pois tenho que pagar mais uma prestação do carro, propinas da universidade + despesas de matricula e sobra uns trocados ao final do mes. Preferi deixar esperar ate ao final do ano (não falta assim muito tempo) e só depois comprar as ditas rodas..

Quanto ao selim, por incrível que pareça, não faz dormência nenhuma nem causa desconforto.