Centro de BTT da Lousã (brevemente)

#1
Centro de BTT da Lousã.

Foi com enorme satisfação que tomei conhecimento do futuro Centro de BTT que irá ser inaugurado a breve prazo na dinamica vila da Lousã.
A notícia, integra um suplemento de 4 páginas, dedicadas exclusivamente ao BTT, na edição de hoje do Diário de Coimbra.
Uma vez que resido relativamente perto, espero ser mais assíduo na fruição dos maravilhosos trilhos e single-tracks da belíssima Serra da Lousã.
Deixo-vos a transcrição integral desta notícia, que li e reli com enorme satisfação.

«Uma vez que a Lousã beneficia de uma localização que lhe permite funcionar como porta de entrada na Serra da Lousã, de condições naturais para a prática de BTT, nas suas variantes de Cross-Country, Freeride e Down Hill, de competição ou lazer e de um conjunto de entidades motivadas para o desenvolvimento turístico e da modalidade, vai ser inaugurado no concelho um Centro de BTT, complementando assim as referidas condições aos praticantes de uma modalidade em franco crescimento.
O Centro de BTT será constituído por oito percursos, ligando as Aldeias de Xisto da Serra da Lousã e uma estrutura de apoio ao utilizador, composta por equipamento de lavagem e de manutenção de bicicletas, balneários, W.C. e painéis informativos sobre os percursos e sua utilização (aldeias do xisto, praias fluviais, telefones úteis e de emergência). Esta estrutura será implantada junto à Nave de Exposições da Lousã, bem no centro da vila, e servirá ainda de apoio às actividades de percursos pedestres.
Os percursos de Cross-Country serão quatro, desenvolvidos em caminhos florestais ou de “pé-posto” com reduzido impacto, sendo um de grande rota, integrado na grande rota das Aldeias do Xisto, um de pequena rota, ligando as praias fluviais do concelho e dois de pequena rota, ligando as Aldeias de Xisto da Serra da Lousã. Para a marcação destes percursos adoptou-se a sinalética internacional em vigor na Europa.
Os quatro percursos de Freeride/Down Hill tipo “single track” ou “pé posto”, serão devidamente marcados, mantidos e divididos por cores e graus de dificuldade, desenvolvidos entre a zona do Alto da Catraia e Cacilhas passando pela zona das Hortas, totalizando assim mais de 200 quilómetros de trilhos de BTT só no concelho da Lousã.
Será possível percorrer os percursos de Cross-Country pelas Aldeias de Xisto, através de passeios acompanhados por guias locais, em provas do tipo navegação ou foto-safari, ou simplesmente em autonomia, bastando para isso seguir a sinalética existente.
Este Centro de BTT será o ponto de partida para a criação de estruturas semelhantes numa perspectiva de uma multi-utilização da Serra da Lousã, fazendo a ligação ao Bike Park do Coentral e aos percursos de Down Hill de Gondomariz, permitindo assim uma oferta mais ampla em termos de percursos e paisagens ao utilizador.
A responsabilidade da criação e gestão deste Centro de BTT é do Montanha Clube, uma entidade com responsabilidades e credibilidade na área do BTT, o que irá permitir mais facilmente condicionar ou mesmo interditar determinados trilhos em alturas especificas do ano (caso da brama ou situações de chuva intensa, por ex.) ou encerrar um trilho temporariamente para manutenção ou definitivamente, com responsabilidades na gestão do espaço onde se vão desenvolver estes trilhos.
Pretende-se criar um sistema de transportes gerido pelo Montanha Clube/Comissão de Baldios da Lousã, que sendo alugado pelos utentes, permite uma fonte de rendimento utilizável na manutenção do Centro de BTT, bem como a utilização de guias no acompanhamento dos utentes, que irão assim garantir a sustentabilidade deste projecto.
Será ainda criado um site com toda a informação disponível sobre o Centro de BTT, trilhos, download de Tracks de GPS, e informações úteis sobre a Lousã.»


In DIÁRIO DE COIMBRA
 
#2
:clap: :hehe: :clap:

E uma boa noticia. Vamos a ver se mais seguem as pisadas da Lousã! Uma forma de levarem turismo para a zona (nacional e internacional), uma forma de dar mais visibilidade ao desporto!!!
 
#8
Boas notícias.

Portugal precisava mesmo de uma estrutura organizada como esta. Serve tanto para que as pessoas se orientem na serra como para preservar as zonas mais sensíveis.

Precisamos de ter uma activadade de BTT sustentável.

"Hoje somos 10, amanhã seremos aos milhares!"

in Hipócrates
 
#10
Mas que notícia fantástica.
Realmente a Lousã é um dos sitios magníficos para BTT
Fico a aguardar com ansiedade pelo desenrolar desta iniciativa, para que dentro de pouco tempo possamos ir pra lá curtir.

Parabéns pela iniciativa
 
#12
só me ocorre uma palavra: ALELUIA!

Portugal precisa de quem tenha iniciativas destas e que as consiga concretizar.
Se tenham os apoios necessários, têm tudo para dar à Lousã uma estrutura há muito merecida.

So fica mesmo a faltar um telefericozito... Um dia destes ele vai ser uma realidade.
 
#13
Quem pratica XCO e XCM não utiliza o teleférico. :mrsock: :mrgreen:
Para os praticantes de Dow-Hill seria útil, mas exigiria um investimento demasiado elevado.
Arranjem um autocarro equipado com um atrelado e o problema fica resolvido.

Cumps.