Capacete, sempre ? ou só quando é obrigatório ?

Lembro-me do tempo em criança que andava de bicicleta sem capacete, ia jogar a bola de bicicleta, ia para a escola de bicicleta, cheguei a mascarar-me de policia e dois amigos de irmaos metralha e fomos todos de bicicleta para a festa num bar, bike toda decorada à lá carro da policia e tudo!

Andei MUITO sem capacete, fiz voltas de 30kms sem capacete.

o primeiro abre olhos: SINTRA. Pura e simplesmente nunca mais o tirei!
 
Pode ser o penico mais feio que existe, mas no dia em que se vai de "mortal encarpado" ao chão o ''penico'' pode ser a diferença em sairmos de lá pelo nosso próprio pé ou ter o azar de ficar a comer por uma palhinha para o resto da vida.

Todos conhecemos historias, e os que não conhecem abram os olhos que tudo pode mudar num segundo.

Aqui à umas semanas andava um chico esperto em Sintra sem capacete. A desculpa dele: Por fazer enduro (Motocross) tinha uma noção muito mais alargada das coisas e que não era o capacete que o ia proteger.
O que me chateia nisto tudo é que este tipo de pensamento pode arruinar uma coisa que todos fazemos para nos divertirmos.

Cumpz.
 
No grande malho que dei em Julho de 2013 se não fosse o capacete a coisa teria sido muito pior. Ah, e também ando sempre com luvas e com óculos (nunca se sabe quando uma pequena pedra pode saltar para o olho).
 
Capacete sempre!
Não resisto a contar o sucedido ao meu filho.
Resolveu ir pelo passeio da avenida, nas calmas, porque ia só a casa de um amigo passar um pedaço da tarde.
Sentiu a cabeça raspar num ramo de árvore, mas nem ligou.
Uns metros mais abaixo perante olhar atónito de tal amigo, deu-se conta que tinha um corte no couro cabeludo e uma sangria que não parava.
Resultado: 14 pontos e uma cicatriz de mau aspecto. Agora adoptou uma gadelha que mete impressão, para esconder aquilo.
O capacete ia pendurado no guiador, era verão..
Não é preciso ir depressa ou pelos calhaus, para a coisa correr mal.
 
Boas...
Eu também ando sempre de capacete,embora ache que existem "passeios" de Domingo que vamos nas calmas pela marginal a ver o mar e o capacete não fará tanto sentido mas...e agora contar um episódio.

Na sexta feira passada fui dar uma voltinha pela beira mar(Foz do douro) e chegando ao farol quis hidratar um pouco e beber um pouco de água,como levo mochila de hidratação apenas tenho de pegar no "tubinho" da água mas aproveitando para esticar um pouco os braços tirei aos mãos dos punhos e fui a beber uma água e a pedalar(coisa que faço normalmente),não é que o vento prega uma partida e dá-me uma "lapada" e quase que ia ao chão,por pouco não me "esbardalhava" e sem que estivesse a contar podia ter-me magoado,por isso,seja a lazer ou algo mais a serio é preferível usar o capacete...

Abraço ;)