29er Cannondale Scalpel Si Eagle

Mr.sa

Active Member
Estou mais virado para o eagle sim, até porque andar a trocar cassetes de 300€ ou lá quanto é, não me parece muito lógico... ainda por cima sendo eu algo bruto eheheh.

A meter e*13 iria meter 30 com 9-46, mais do que velocidade de ponta, e com prato suficientemente pequeno para não desgastar excessivamente a parte de alumínio.

No eagle, poderei ter o 32 mas é de reserva para alguma prova muito específica, mas quase de certeza que me manterei por um 34 se mudar para o eagle, que é a ideia que tenho.

A minha principal dúvida é entre o manípulo trigger vs gripshit... diria que o trigger terá mais facilidade em mudanças rápidas e que seja preciso reduzir ou aumentar mais do que uma, mas o gripshit se calhar é mais preciso mudança a mudança? Bah... nunca tive sram logo não sei...

Sorry FabioSalvador :p
 

edununo

Well-Known Member
Acho que é o contrário. Com gripshift corres as cassete toda num instante. Num testei SRAM 1X11 ou 1x12 com trigger. Sempre com gripshift e gosto bastante.
 

edununo

Well-Known Member
E outra coisa: Os saltos entre carretos não podem ser julgados apenas pela diferença de dentes.
No Eagle, o salto do carreto de 10 para o de 12, é maior que o de 42 para 50. De 10 para 12, há 20% de diferença. No de 42 para 50 há 19%.
 
Entre gripshift e trigger acho que vai muito da preferência pessoal. Qualquer um deles funciona muito bem.

E olhando para o preço dos shifters GX Eagle - €30 cada -, quase que podes comprar os dois e experimentar para ver qual gostas mais :D
 
Curto e grosso: 1x12 com trigger!
Não gosto do gripshift nem por nada, mas lá está é pessoal.
Quanto ao prato: tenho um 34 e este ano uma bike 1kg mais pesada e sinceramente estou menos em forma que no ano passado, mas o 50T é um SOS brutal e tenho subido tudo muito bem.
 

Mr.sa

Active Member
Pah, mandei vir com gripshift, mas é como o pamoreira diz. O manípulo é tão barato que se não gostar é fácil de trocar

Eu para mim tem de ser 34... se não dou-me à preguiça. Abandonei agora o 2x11 por causa de dois motivos, sendo que um é a preguiça, se meto 32, dou-me na mesma à preguiça.

Em relação ao uso mais frequente do 50 por usar 34 invés de 32, não será bem assim, a não ser em provas, porque a treinar já me mentalizo que aquele prato não está lá.

Veremos como será o funcionamento, ainda o devo ter instalado esta semaninha
 
Pronto se assim é 34T sem exitar.
Também é uma questão de hábito, eu com 11x1 e 32 achei o 32 pesadote em algumas subidas principalmente no início de epoca, depois foi tranquilo. Agora com um 50 a trás sinto que subo melhor certas subidas muito inclinadas, já que gosto de trabalhar em cadência.
Quanto ao gripshift vs trigger realmente não custa muito experimentar.