Cannondale Flash Team já cá mora!

#44
Epa mais uma Team no forum! Coloca lá fotos da máquina!

Conheço pelo menos mais uma Team que foi vendida para os lados de Viana do Castelo, estive com ela antes do dono a ir buscar...

E com isto são (pelo menos) 3!!! É só aviões a percorrer os nossos trilhos...

Muitas e boas pedaladas...
HR
 
#45
Cannondale RULES

Boas pessoal...

Tal como diz o HR é mais uma Team cá no fórum. Tambem estive com a bicileta de Viana nas mãos... é de facto uma peça de joalheria muito muito preciosa...

Pelos ultimos posts colocaddos no forum este será claramente o ano das Cdale...

Abraço e boas pedaladas
 
#46
Volta do Sábado

Como o Bica fez questão de falar na volta ficam todos convidados a aparecer na minha casa as 14h15 ou no Parque de S. Lourenço as 14h30..
Talvez consiga-mos juntar a malta do passado sábado (10) mais o bica os amigos e o Chamusco( homem que desmonta nas descidas..:D:D:p)
Agradeço ao Tubarão pela dica..
Até Amanhã..
 
#47
Eh lá...
Um tipo deixa de ler o tópico um dia e é só novidades...

Chamusco: após a minha contabilidade no fecho do ano de 2009, verifiquei que tinha cerca de 1500kms a mais que em 2008. No carro!!!
Hugo_Dale: Essa da chuva... humm... Isso molha, pá. Mas não é por aí que deixo de andar...
Bica: Na voltinha de amanhã ficas encarregue de laçar a corda ao Chamusco e puxar por ele (não lhe metas a corda ao pescoço!) Assim fazes treino de técnica e de força ao mesmo tempo!!
Restantes amigos, afins e forumnistas: vamos lá mas é a encomendar Cannondales... o meu amigo Nuno (proprietário da Team deste tópico) agora nas voltinhas até abranda nas localidades para os espectadores galarem a bicla... qualquer dia até eu já passo por ele!
 
#48
Isto esta bonito esta rsrsrs, se pelas fotos dois bttistas conseguem ver que que existem duas peças mal montadas, se a bike chegar e estar exposta de certeza que se chega á conclusão que ate a pedaleira esta na cassete e vice versa.
Mas que raio de empresa é essa( loja de conveniência) que não tem um engenheiro de qualidade e montagem, quer dizer a maquina tem mecânico, tem fotógrafo, mas não tem engenheiro de qualidade, o que se supõe que anda nos trilhos e a qualquer momento se pode desmanchar toda ehehehe.
Agora é que já vi porque é que só pode fazer 30 kms, é até as peças aquecerem rsrsrsrs.
O Bica a corda dá sempre jeito, nunca se sabe quando não temos que ir buscar algum ao fundo de uma ravina, com a velocidade que eles andam rsrsrs.
Em relação ao desmontar nas descidas, desmonto da maneira tradicional, mas já tenho visto quem desmonte de maneira diferente, até eu rsrsrs.
Ò nuno atenção à convocatória pró dia 31 de Janeiro,(fátima) temos que por isso em marcha.
Um abraço gente boa.
Chamusco
 
#53
Eh pá o Nuno já se anda a preparar para a próxima resistência do Souto, não sei é se te safas mesmo assim, :D:D:D:D:D:D:D:D:D

É que este ano a parada vai subir, em todos os aspectos :D
 
Last edited:
#55
Olá pessoal

Com muita pena e ao contrário do que estava previsto, no sábado não houve voltinha de grupo e nem consegui experimentar a máquina mais em pormenor.
Contudo, julgo ser-me possível analisar a transmissão XX

Fiabilidade é a que a SRAM nos habituou.
Ao contrário do que eu próprio supunha, os manípulos trigger "tradicionais" não se aproximam do luxo destes XX. Com duas clicadelas a fundo conseguimos "varrer" a luxuosa cassete de 10 velocidades, desde o 11 ao 36.
O funcionamento atrás é super certinho e, para alguém que usa manípulos rotativos em que na Sram basta ter o desviador bem afinado para cada click significar uma mudança bem engrenada, sem ruídos "manhosos" nem mudanças "um pouco ao lado" a precisar de um toquezinho para ficar impecável, estes trigger não deixam nada a desejar.
Parece um sistema inteligente que não deixa engrenar "meias mudanças".
Quando damos aqueles toques menos definidos em que nuns outros manípulos não significariam nem duas nem uma passagem, ficando a coisa ali pelo meio, estes assumem correctamente ou um carreto, ou outro... não há meios termos.
A baixar carretos, continuam a não convencer-me (utilizador de rotativos) pois para passar de mudanças lentas para rápidas temos de dar número igual de toques à dos carretos que se pretendem passar.
Ainda assim, o varrimento é rápido e muito certo.
Algo que se nota muito na transmissão é ainda a redução do "estalo" habitual da SRAM a baixar mudanças. Talvez a inserção de apenas mais um carreto tenha sido suficiente para eliminar o salto ruidoso que mesmo uma PowerGlide 990 faz.
Segundo sei da parte do proprietário a satisfação que se tira também desta transmissão é a proximidade dos andamentos que permite ao rider escolher a sua cadência favorita sem grandes diferenças de velocidade/esforço.

Cpts