Caminho Francês 2009 Sean Jean Pied de Port - Santiago de Compostela

#43
Simplesmente FANTÁSTICO, isto é qualquer coisa surreal, pareço que foi tirado de um livro de fábulas, adorei a reportagem da vossas aventura,
Não fazia a minima ideia que havia tanta gente a fazer estas peregrinações, dá para ver nas fotos que ás vezes os peregrinos eram tantos que ficavam congestionados os trilhos para o pessoal das bicicletas passar.

Trilhos e paisagens 5 estrelas..


Parabéns por esta vossa aventura, é preciso respeitar quem es lança assim num jornada destas como já foi dito em alguns comentários, isto é só para guerreiros...


Cumprimentos Duarte Costa!!!
 
#45
Este ano, nós os três devemos ter gasto cerca de 400 euros cada um.
A viagem em camarote triplo de Coimbra a hendaye fica por 120 euros por pessoa, depois gasta-mos cerca de 25 a 30 euros por dia( o que inclui albergue e refeições durante o dia), nunca nos priva-mos de nada no que diz respeito a alimentação(desde bebidas energeticas , barras etc).
Existe quem gaste menos e quem gaste mais, depende de cada pessoa, e do número de dias que levas a fazer o percurso.

2010 é ano JACOBEU e o Caminho Francês vai estar Lotado( aconselho Maio e Junho \ Setembro e Outubro para quem quiser realizar este caminho usufruindo dos Albergues, porque se for em pensões podem juntar mais 20 euros por dia o que daria mais 200 euros na comtabilidade do caminho.
Como as fotos comprovam já em Maio o caminho está carregado de peregrinos,e quem vai a pé tem prioridade na maior parte dos Albergues .

Este ano em Maio quando cheguei a Belorado procurei um albergue onde tinha pernoitado em 2006, ao perguntar ao dono se havia lugar para três peregrinos ele disse me que era o 1ºdia do ano que estava cheio ( inicio de Maio),voltei então 200 metros atrás e ficamos num Albergue privado recém inaugurado com exelentes condições.



Abraço.

Paulo Freitas
 
#47
Boa tarde e votos de continuação de boas festas a todos.
Gostaria, antes de mais, de vos prestar os meus sinceros parabéns. Parabéns pela escolha. Parabéns pela forma como se organizaram e, naturalmente, parabéns pelo feito.
O meu nome é Paulo e estou a equacionar organizar-me com mais três, ou quatro amigos para fazer-mos o Caminho Francês durante a primeira quinzena de Setembro próximo. Este plano tem, naturalmente várias questões. Questões de preparação física, de logística e de planeamento relativamente às quais queria pedir algum apoio.

No que toca à preparação física, não temos um curriculum muito extenso mas que nos tem levado a participar em várias maratonas todos os anos e que neste ano teve o seu ponto mais alto quando fizemos a “Via Algarviana” no ultimo Setembro.
As nossas grandes questões colocam-se desde logo no planeamento do número de etapas. Temos até agora pensado em oito etapas na bike, às quais se deve juntar as viagens de comboio. Pelo menos mais dois dias de Portimão até França ( Saint Jean ) e outros dois de Santiago para casa.
Como podemos planear as marcações de comboio ? será que nos podem dar algumas dicas ? Pelo que vi, as bikes foram desmontadas e embrulhadas para França, e depois para cá, como fizeram ?
Quanto à forma, estamos a pensar levar alforges e ficar nos albergues, pois pelo que li da vossa experiencia nos albergues será possível dormir e tratar do equipamento, o que nos permite preparar tudo de modo a carregar o mínimo possível. É aqui que começo a pedir opiniões.
No que toca ao equipamento de ciclcismo, basta levar um ( calções, Jerseys - com e sem mangas - corta vento e sapatos ) e lava-lo todos os dias, ou é aconselhável levar mais peças ?
Quanto à bicicleta, estamos a pensar levar um daqueles suportes de espigão com uns alforges de 10 ou 12 litros ( daí a importância de levar o mínimo equipamento possível) e, se necessário um volume extra em cima do suporte dos alforges, que deverá assegurar uns 5 litros extra.
No que toca a equipamentos/peças para a bike, para além de câmaras e afins ( deveremos levar todos tubless ), dois ou três cabos de mudanças, um dropout para cada tipo de quadro e as ferramentas mais usuais, a que outros aspectos devermos prestar especial atenção ?
Quanto às pernoitas, pelo que li, este ano é um ano “ Jacobeano” pelo que é esperada uma afluência maior de peregrinos nos albergues. Considerando que planeamos a primeira quinzena de Setembro ( que aparentemente já não é o período de maior procura), que cuidados deveremos ter na planificação das etapas ? Existe algum modo de marcar os albergues para cada noite ? ou apenas se sabe se há lugar quando se chega ? Que tipo de apoio se pode encontrar ? cama ? duche ? fogão ? máquinas de roupas ? Não é necessário levar colchão de montanha e saco cama, pois não ?

As minhas desculpas por tão longo testamento, mas as duvidas são várias e preciso de partilhar isto com que já sabe com o que se conta…
Agradeço toda a atenção que nos puderes dispensar para a resposta às nossas dúvidas…
Grande abraço
 
#48
Cheguei agora a casa e vim dar uma vista de olhos aqui no forum e deparei - me com as tuas dúvidas,como trabalho por turnos, e estou a fazer 00h00\08h00 , ou hoje ou amanhã já te respondo as tuas dúvidas.

Se quiseres envia me o teu e-mail que eu envio te toda a informação que tenho sobre o caminho Francês( e não é pouca, já o fiz duas vezes) .

Agora vou Xonar...

Boas Pedaladas...


Paulo Freitas
 
#49
Boa noite efectivamente quem já teve o privilégio de fazer um dos caminhos existentes e são muitos, e eu já fiz a via de prata, deparamo-nos com locais lindíssimos, como aqui se pode retratar por estas excelentes fotos, e depois toda a aventura é "abençoada", pela placa Santiago e pela magnifica praça da catedral.São daqueles momentos que nunca mais nos esquecemos, por muitas maratonas ou passeios que se façam, caminhos de Santiago são caminhos e não à volta a dar.
Quem ainda não teve oportunidade de ir, combinem com um ou dois amigos, preparem bem o viagem e meus amigos, terão a vossa melhor aventura pra mais tarde recordar.
Um abraço
Chamusco
 
#50
Viva,
Cá estou outra vez.
Antes de mais, gostaria de agradecer a tua disponibilidade em nos ajudar, pois é da maior importância uma boa preparação e nda melhor do que a experiência de quem já fez. Muito obrigado!

Paulo, se puderes envia-me as tuas observações e sugestões para paulo.martins@iefp.pt ou pmatins556@gmail.com.

Cá vãp mais umas dúvidas,
Nos albergues, como é que se faz com o sitio para deixar as bicicletas/equipamento ? é seguro ?
Que te parece do calendário ( 1ª quinzena de setembro ), quando ao clima, ainda está quente, ou já será necessário levar agasalhos ? e quando ao numero de pergrinos, ainda será de esperar problemas no acesso aos albergues por os perigrinos a pé terem prioridade de acesso ?
Para que possamos preparar as etapas , será que existe alguma carta com a identificação dos sitios onde existem albergues ? Estamos a tentar programar para fazer em sete ou oito etapas. Que te parece ? Será demasiado duro ? tens alguma inforamação da altimetria ? seria importante para podermos programar....
Como referi, nós temos alguma experiencia em tiradas longas, mas não em nada com tantos dias seguidos, pelo que o cansaço acomulado poderá determinar a necessiade de ajustar o plano....

Bem, julgo que por agora é tudo,
Fico à espera de resposta.
Muito obrigado uma vez mais.
Um abraço
Paulo Martins
 
#51
Espero conseguir responder a todas as tuas dúvidas e quando receberes toda a informação que te vou enviar vais ter toda a informação possível e disponível para planeares o teu caminho da melhor maneira ( tenho uma edição especial de um livro que foi lançado em 2004 último ano JACOBEU aquando da sua promoção em feiras de turismo, passei lhe o scanner e também te vou enviar isso)

No que toca ás bikes nos albergues, aconselho a cada um a levar um cadeado e deste modo trancam as rodas traseiras e dianteiras, ficando as bikes interligadas ( Já realizei 4 caminhos e em nenhum deles tive problemas com as bikes, mas todo o cuidado e pouco).
Na preparação física acho que o mais importante e o espírito de sacrifício e o estado psicológico, em 2006 fiz o caminho Francês e andava de bike há 3 meses, os meus colegas tinham mais andamento e aproveitavam para tirar fotos enquanto esperavam por mim( e eu lá ia indo na minha pedalada e cheguei a Santiago em 8 dias e nas calmas). Este ano passou se o contrario e eu tinha que esperar pelos meus 2 amigos, nesse espaço de tempo aproveitava para tirar fotos comer e apreciar a paisagem.

O nª de etapas depende do tempo que cada um tem para realizar o caminho.
Neste ponto acho importante o levantar cedo, os peregrinos que vão a pé levantam-se por volta das 06h00 para aproveitar a manhã para caminhar. Este ano optámos por fazer o mesmo ,acordava as 06h00 e por volta das 07h00 já estava a pedalar.
1 º- os albergues encerram as 22h, levantando as 06h00 são 8 horas de sono ( acho suficiente), e depois do 1º peregrino se levantar não consegues dormir mais.
2º - ao começar a pedalar cedo, vais conseguir chegar ao destino traçado mais cedo, o que te permite em caso dos albergues estarem cheios pedalar mais uns kms até a próxima localidade.
Convem reservar o Albergue em S.J.P.Port “ espritduchemin “ através do site http://www.espritduchemin.org/English/Pyrenees.html a partir do dia 1 de Abril.

No caminho Frances existe uma grande oferta de albergues ( em 2006 Belorado tinha 2 Albergues agora tem 5 ) quer em qualidade \ quantidade.

Acho que Setembro é uma boa escolha para fazer o Caminho, visto que Julho e Agosto são os meses com maior afluência. Nos albergues tens ao teu dispor, duche, cama, cozinha , maquina de lavar \ secar. Aconselho a levar saco cama ( na decathlon e na sport zone existem uns com cerca de 800 gramas que custam cerca de 30\40 euros e são os ideais) , ao chegar aos Albergues esticava-o em cima da cama para marcar o sitio e de noite dormia dentro ou fora dele consoante a temperatura.
Alforges : levei o suporte de alforges de aperto no selim com cerca de 7\8 kg incluindo o saco de cama que ficava entre a base do suporte e o Alforge.
Isto foi o que Levá-mos :

KIT SAÚDE: analgésico, gel para dor muscular, complementos vitamínicos, aspirina.
KIT HIGIENE: escova de dente, creme dental, sabonete,
gilete, toalha ( decathlon própria para natação), desodorizante, creme hidratante, champô, corta unhas,protetor solar( Lábios , corpo e rosto)e papel higiênico.
KIT VESTUÁRIO: sapatilhas, chinelo, meias , cuecas , relógio, óculos, fato treino, t-shirt e calças de ganga.
KIT UTENSÍLIOS: caneta, canivete suíço, maquina fotográfica, telemóvel , carregador, saco cama, sacos de plástico(roupa suja), lanterna.
KIt DOCUMENTOS: Credencial, Bilhete de identidade, carta de condução, cartão de saúde, cartão de crédito e dinheiro.
KIT BICICLETA : Capacete, luvas, óculos, impermeável, casaco, camisolas, sapatilhas de encaixe, calções, calças, meias.
Câmaras de ar, desmontadores, óleo corrente, alicate, bomba de ar( suspensão), braçadeiras, cadeados individuais, remendos, cola.
( podem dividir as ferramentas entre todos)

Existem várias lojas durante o caminho e as quais tenho a morada e vou disponibilizar.



As reservas para o sud express são realizadas com 1 mês de antecedência.
http://www.cp.pt/cp/displayPage.do?vgnextoid=1bae6e29d6b74010VgnVCM1000007b01a8c0RCRD
O Comboio com destino a Hendaye( sud- Express) sai todos os dias de Lisboa pelas 16h30 m e chega ao seu destino por volta das 07h00 do dia seguinte. Podem optar por apanhar o tgv até Bayonne e depois esperar cerca de 3 horas pelo regional que liga Bayonne a S.J.P.Port ( nós optamos por fazer o percurso de bike que são cerca de 76 kms).

Nós fomos no cama triplo, o que permite dormir durante a viagem( em vez de ires sentado durante 14 horas) e teres as bikes arrumadas ao pé de ti( como são 4 aconselho o cama duplo) com chave própria do comportimento. No caso das bikes desmontamos a roda da frente e desapertei o guiador, isolei com fita e esponja para não marcar o quadro.



No regresso foram-nos buscar, mas tenho colegas que vem de comboio de Santiago até ao Porto com passagem por Vigo( para embrulhar a bike só tens de levar fita isoladora e pedir nos restaurantes caixas de cartão para fazer o embrulho).



Abraço e disponham...

Boas pedaladas...

Paulo Freitas
 
#54
Esta revista é relativa ao xacobeo 2004.
Uns amigos meus na altura ficaram com algumas numa feira de turismo.
Este ano é o xacobeo 2010 e eles devem lançar algo semelhante.
Como vou muitas vezes para Espanha, no principio do ano já confirmo se vão lançar alguma ediçao este ano.

Abraço e boas pedaladas...

Paulo Freitas
 
#58
Mais umas fotos para vos aumentar o sonho de realizar o Caminho Francês ou outro dos vários pecursos dos Caminhos de Santiago:

























Um grandioso ano para todos...

Boas pedaladas e BUEN CAMINO para os adeptos e apaixonados dos CAMINHOS DE SANTIAGO



Abraço.

Paulo Freitas