BTT versus IDADE

SeteGu

Active Member
Excelente relato bttsempre.

Quero poder dizer o mesmo ao chegar a esse patamar... é a prova que muitas vezes (infelizmente nem sempre) o "fator" idade está apenas na nossa cabeça.
 

carferreira

Member
Boas pessoal do BTT

Excelente tópico, eu comecei a fazer Btt em 2003, hoje co 63anos continuo a desbravar trilhos e viver a calma, tranquilidade, liberdade alegria de nos sentirmos bem com a natureza e com a Bike.

Em 2012 tive um enfarte e por estranho que pareça foi num dia em que fui dar umas pedaladas para o mato. Fui hospitalizado de urgência em Santa maria onde me impuseram um Sertent, graças a Deus não foi By-pass se assim fosse teria que ser com externo aberto.

Por indicação medica fiquei proibido de fazer BTT, 2 anos depois e apos varias visitas aos cardiologistas e exames foi-me permitido voltar aos trilhos mas com moderação.

Aos poucos fui recuperando e agora estou novamente no ativo, claro que não entro em competições mas faço uma cerca de 70 Km,s por semana em BTT e cerca de 100 Km's na fininha.

A idade vai contando, mas eu sem Bike e que não, tanto mais que como sou Diabetico utilizo a bike para manter os níveis de glic´´emia controlados.

Boa pedaladas
 
Olá Carferreira,

ainda bem pela recuperação.

E uma cinta para vigilância do ritmo cardíaco? Está nos horizontes?
Eu acho que, quando passar a barreira dos 50, vou começar a andar com uma.
A máquina não é para brincadeiras...
:eek:
 

carferreira

Member
Boas Rui A.K.A:

Nos horizontes não, uso a cinta e o aparelho que uso no pulso tipo relógio está preparado para dar sinal (Bip'S) mal passo das 140 pulsações minuto e aí abrando. Por vezes não estimamos e não damos o devido valor ao nosso corpo e em especial ao coração e quando damos por ela já pode ser tarde demais, eu felizmente fui logo assistido.
Eu não aguardava para o 50 para usar a cinta.
Optei por andar mais na de estrada porque o BTT dá mais picos no ritmo cardíaco como é natural.

Boas pedaladas.
 

froids

Active Member
No meu caso, penso que aquilo que se tem vindo realmente a alterar com a idade (38 feitos este mês) é o tipo de "passeios" que prefiro fazer.

O meu nível fisico geral subiu face aos meus 20 anos. Claro, com bastante trabalho e dedicação da minha parte, mas o que é facto é que estou muito melhor fisicamente agora do que à anos atrás.

Hoje, ao contrario de "antigamente", as voltas passaram a ser maiores, mais duras, mais aventureiras, mais exigentes. Facilmente saio de casa a pedalar para fazer 65/75kms numa manhã!

Maratonas organizadas, vou a pouquissimas. Dantes ía a algumas, mas hoje nao me sobra paciência.
Hoje, ao invés, prefiro (des)organizar passeios para a malta amiga e dar a conhecer alguns sitios que me deixam sempre extasiado pelas paisagens, pelos trilhos, seja por tudo ou por nada.

O prazer de pedalar esse, tem crescido tanto quanto o passar dos anos (aqui em casa já se pedala à 15)... Sempre BTT porque não gosto de estrada!

As minhas bikes, o tipo de andamento que passei a fazer, a idade que tenho e sobretudo o que pretendo deste magnifico desporto, dão facilmente a perceber alterações profundas de "mentalidade". Após ter passado por algumas excelentes bikes de FS, hoje ando numa bike de sonho, no mais nobre dos materiais e... Hardtail, com v-brake na roda traseira e.... Single speed!

Old school, chamam alguns. Estupidez, reclamam outros!
Para mim é o que faz sentido actualmente! E não, não é old school. É a minha "New school" ;)

Não sou diferente dos outros, mas também não sou igual a mais ninguem. É isto que actualmente me dá pica, me "puxa" montes acima. Não tenho que ir atras dos restantes, só porque sim. Mas se assim fosse também nao seria errado, desde que estivesse de bem comigo mesmo.

Resumindo, a minha forma de ver e encarar o BTT tem vindo a sofrer alterações ao longo dos anos! Realmente.

Hoje ligo muitissimo menos aos componentes novos e ultimas lenga-lengas xpto criadas para assalto às carteiras dos incautos. Nao me interessam os tamanhos das rodas da moda, as novas medidas standard de eixos, etc e tal.
O material necessário para tirar prazer do acto de pedalar está inventado faz tempo. Não preciso que me venha a marca X ou Y ou o Zé da oficina da esquina dizer do que preciso para ser feliz.

Gosto, pura e simplesmente, de pedalar! Sozinho e/ou acompanhado! Por sitios e trilhos que ainda não conheça de preferência.

Quase nos "Enta", posso dizer que a minha "fome" de BTT está maior que nunca!
E enquanto a saúde deixar, pedalarei até me cansar!

E quando a saúde achar que já chega, tentarei arranjar forma de lhe mostrar o quanto está enganada ;)


Abraçorros
:xau:
 

carferreira

Member
Froids

Excelente. Não é necessário as grandes máquinas, etc, etc, para vivermos a liberdade e aventura que o pedalar nos dá por esses campos e trilhos fora.

Boas pedaladas
 

Best

Member
Tenho 46 anos, pedalo no mato desde os 20.
Nos primeiros tempos queria era dominar a máquina nos trilhos e depois a máquina era fraca para o que queria fazer. Como tantos outros, tive que ir comprando máquinas um bocado melhores para satisfazer as necessidades. Durante alguns anos andei assim nessa pica do BTT.

Hoje, pedalo menos, pois voltei a correr há cerca de 3 anos e participo regularmente em provas de 10 km e meias maratonas. Esporadicamente ando de bike com o pessoal.

Já não me interesso muito pela parte técnica do BTT, seja ela de material de ciclismo ou a ténica de dominar a bike numa descida mais acentuada e dou mais valor às ditas "Reuniões Tupperware" que a malta faz nos passeios! O Convívio é o mais importante! As bocas uns aos outros, as brincadeiras o passeio em si são o mais importante para mim!

Boas voltas
 

Geezer

Member
Vinha aqui deixar o repto... este fim de semana (no Domingo) participei na 7ª Maratona do Vale do Vouga (na meia maratona 50km que nao tenho estofo para mais lol) e estava lá um senhor digno de ser chamado de jovem com uns ricos 74 anos.... acho que nao é preciso mais palavras... pode nao andar a rasgar (claro que nao) mas nao se nega =P
 

Markk

New Member
E eu também digo isso tudo e muito mais:confused::fpalm: tou a olhar pros 60! Bem deixei de fumar em 2014 e tenho andado com uma bik emprestada. Quem tiver uma btt usada e a funcionar que ma possa vender baratinha, agradeço. Posso dar mais informações e quem quiser pode ver o que eu faço na minha vida pública, e obrigado por me lerem.
 
Top