Bikes WSD (Women's Specific Design) valem a pena?

Discussion in 'PedalaDelas' started by bttdina, 25 March 2013.

  1. bttdina

    bttdina New Member

    Estou a pensar comprar um bike nova (a minha é das básicas) pois quero deixar de fazer so umas voltinhas ao fim de semana e começar a participar em meias maratonas (pra já ;))...

    O meu orçamento é limitado, 400 euros ou 500 no maximo se por um pouco mais valer a pena...

    Mas queria mesmo saber se me aconselham a procurar apenas nas bikes WSD (gama senhora) ou também nas normais? Tenho receio que a gama senhora seja apenas marketing e para os mesmos componentes a bike seja mais cara...

    Já agora se tiverem sugestoes de bikes naqueles valores e para a utilização que pretendo dar, por favor deixem a sugestão!!!

    Tenho lido alguns posts mas no que respeita a equipamento a maioria está desactualizados (posts antigos, modelos antigos, etc...)
     
  2. ny12xx

    ny12xx Super Moderador

    Companheira

    Antes de mais; bem-vinda.

    Na minha opinião, não vale a pena o investimento.

    Se optares por um modelo "unisexo" adaptado à tua estatura com um selim WSD, ficas bem servida.

    Esta é a minha opinião, mas espera pelas opiniões das "pedaladelas".

    Beijinhos

    ny12xx
     
  3. Mangelovsky

    Mangelovsky New Member

    Nas bicicletas específicas, as principais diferenças costumam ser o comprimento do triângulo principal do quadro, a inclinação ou curvatura do tubo superior, peso máximo/mínimo adequado para as regulações da/s suspensão/ões, anatomia do selim e comprimento dos cranques. As outras diferenças são meramente estéticas, sendo que a maior parte das marcas opta por cores nos quadros em tons mais suaves em combinação com branco ou prateado.

    Não acho difícil adaptar uma bicicleta "de homem" a uma senhora, trocando selim, cranques, avanço de guiador, no entanto creio que seja mais provável uma senhora sentir-se bem imediatamente numa bicicleta específica do tamanho adequado sem ter que recorrer a tantas alterações.
     
  4. João Maia

    João Maia Member

    Olá bttdina, antes de mais agrada-me o facto de ver cada vez mais raparigas a entrar no mundo do btt :)
    Vou-te dar a minha opinião acerca dos quadros para rapariga.
    A minha namorada anda de bicicleta comigo e ela tem um quadro de rapaz mas o tamanho S, o meu sincero conselho é optares por um S de homem, visto infelizmente as marcas serem parvas ao ponto de uma bicicleta de homem semelhante á de rapariga trazer equipamento superior, o que faz com que estas optem sempre por modelos de homem.
    Nesse patamar de preço existe muita coisa, procura talvez nos usados também, pois por vezes existem bons negócios.
    No entanto eu aconselhava-te a experimentares a geometria do S que vais comprar, pois varia de modelo e marca para marca.
    Um Beijinho e boas pedaladas :)
     
  5. Mangelovsky

    Mangelovsky New Member

    João, acho que estás a aconselhar bem, mas a partir demasiado rápido para o pressuposto de que se se trata de uma mulher, é o tamanho S que usa.
     
  6. bttdina

    bttdina New Member

    sim deve ser o S porque tenho apenas 1,62 m :p
    obrigado pelos feedbacks!!!! vou estar atenta as diferencas para os mesmos componentes ou componentes semelhantes entre o modelo masculino e feminino!!!

    tambem acho k é burrice das marcas! depois queixam-se que nao vale a pena investir nos quadros femininos poraue nao ha vendas...
     
  7. bttdina

    bttdina New Member

    quando tiver uma ideia de dois ou tres bikes pra comprar deixo aqui para opinarem :)
     
  8. bttdina

    bttdina New Member

    nao querendo abusar... sera que me conseguem dar umas dicas de tipo de componentes devo procurar nas bikes de gama ate 400 euros??? por exemplo tipo de travoes, suspensao, quantas mudancas, ou outros aspectos que achem importantes...
     
  9. João Maia

    João Maia Member

    Olá bttdina, depende muito das marcas que procuras, digo isto porque se fores á decathlon tens a marca deles que por 500euros não encontras uma merida, ou scott ou outra marca de " renome" com o mesmo nivel de equipamento. Por norma as rockrider trazem equipamento bastante bom, para o preço que as vendem. Não querendo com isto dizer que as outras marcas sejam assim muito piores, mas é acima de tudo uma questão de tu analisares o que queres, e o que pretendes fazer com a bicicleta..
     
  10. bttdina

    bttdina New Member

    Obrigado Joao Maia
    Tenho andado a pesquisar algumas coisas e tenho aprendido tambem bastante aqui no forum :) aquele post glossario ajuda imenso para quem nunca chamou as coisas pelos nomes (como eu)...

    Tambem me pareceu que pelo menos na marca TREK para componentes semelhantes a bike WSD tem preco semelhante à bike de homem (modelo Trek 2013 Skye S (senhora) vs Bicicleta Trek 2013 3700 Disk) e e assim deve compensar porque provavelmente vem com selim mais confortavel e quadro tb para quando se para em cima da bike...
     
  11. João Maia

    João Maia Member

    Olá bttdina, estive a ver o modelo que tu falas de senhora, e digo-te que se é para Btt esquece isso.. Tem uma geometria demasiado " Descansada " querendo com isto dizer que não a vais meter muito no mato, porque vais-te desmotivar.. E um quadro mais feito para voltas de 20 km's e para isso não precisas de pagar tanto se é isso que queres fazer..
     
  12. bttdina

    bttdina New Member

    Nao percebi a parte do quadro descansado...mas a minha intenção e fazer trilhos e para treinar,ganhar resistência, fazer umas voltas longas de estrada + de 50km...
     
  13. Mangelovsky

    Mangelovsky New Member

    O que o João Maia talvez queira dizer é que a geometria deste quadro de senhora da Trek em particular, não é adequada ao uso da bicicleta no monte. Normalmente a não união do tubo horizontal do quadro na mesma zona do tubo vertical onde terminam as escoras traseiras, faz com que o quadro perca rigidez lateral.

    Em geral estes quadros são mais virados para uma utilização em cidade ou ciclovia, do que propriamente para o monte.
     
  14. mpc

    mpc New Member

    Olá bttdina e bem vinda a este forum e ao fantástico mundo do BTT,

    Bem quanto à tua questão, na minha opinião, também acho que não vale a pena investires numa bike WSD!
    Acho que ficas melhor servida com uma bike "unisexo" com, eventualmente, um selim WSD!

    Agora claro, cabe-te a ti experimentares as diversas bikes e escolher a que melhor se adapta a ti! :p

    Não te esqueças que tens muitas marcas por onde escolher!
     
  15. bttdina

    bttdina New Member

    O problema é mesmo esse!!!! demasiadas marcas por onde escolher e claro que as vezes me sinto um pouco perdida no meio de tantos componentes...
    A minha procura continua!!!!

    Obrigado e se tiverem alguma recomendação de bike, deixem aqui para eu espreitar! Obrigado
     
  16. bttdina

    bttdina New Member

    Obrigado Mangelovsky!!!! Agora ja percebi :) De facto em outras marcar como a scott e a cube os quadros femeninos são diferentes deste da Trek...
    Mas pelo que eu tenho andado a ver, o melhor mesmo é optar por um "S" unisexo!

    A escolha de bike nao está fácil!
     
  17. OrbeaWP

    OrbeaWP New Member

    Olha bttdina, deixo a minha opinião de mulher em que a estética também conta :)
    Com o teu orçamento optava pela Orbea Sate 2013 em azul, o tamanho S. Acho que em relação preço/qualidade está muito boa e estéticamente é apelativa, anda na casa 450€ - 500€. Além de que o quadro tem garantia vitalícia.
    Eu própria tive para comprá-la, mas como deu para esticar o orçamento acabei por ir para o modelo Satelite.
     
  18. João Maia

    João Maia Member

    Exatamente bttdina era isso que eu queria dizer, a geometria do quadro que tinhas visto era mais virado para a ciclovia do que para puro btt.
    Assim sendo já tens noção mais ou menos do quadro que vais ter de ter na tua bicicleta, agora tudo começa por pesquisares lojas e o mercado de usados, pois as vezes arranja-se bicicletas quase novas..
    Boas voltas**
     
  19. bttdina

    bttdina New Member

    Olá a todos!
    Obrigado João Maia e Mangelovsky pela dica do quadro, porque realmente nao fazia ideia... verdadeiramente nunca fiz btt (apenas percursos em caminhos de terra batida com 2 m de largura)...

    A minha pesquisa começou a ficar mais concreta... Ontem fui a uma loja e o "senhor" recomendou-me a gastar um pouco mais na bike para poder passar para os modelos com discos hidraulicos e com 27 velocidades... Parece-vos bem?

    Tenho dois modelos em mente:
    - SCOTT ASPECT 640 599€ em cinza 2013
    - Cannondale Trail SL 3 Women[FONT=Verdana, sans-serif] 637€ em branco/vermelho 2012
    [/FONT]
     
  20. João Maia

    João Maia Member

    Olá bttdina, pelo que me pareceu e vi só de relance os dois modelos, eu não optaria por nenhum dos dois, e iria para na gama da scott para uma scale, pois ficas com um quadro bem melhor de geometria que o da aspect.
    No caso da cannondale iria para uma flash, ambas nem que fosse entrada de gamas, pois eu sou apologista de que devemos ter uma boa base( quadro ) porque os restantes componentes vão-se estragando e á medida que vamos mudando vamos fazendo upgrades e no quadro só existe 1 :)
    Aceito que o teu orçamento talvez não de para ires para a scale ou a flash, no entendo deixo-te a dica de veres nos usados como já te tinha referido. Por vezes fazem-se excelentes compras :)
    Boas voltas..
     

Share This Page