29er Bergamont Revox LTD carbon 29

#1
Boa tarde, troquei a minha scale 950 por uma Canyon Cf SLX usada, com um equipamento porreirinho. Já há alguma tempo que procurava uma em carbono e surgiu esta oportunidade. Embora não seja das mais recentes, mas para o que faço já me parece ser satisfatório... mas ainda falta um teste Drive em condições para ver as diferenças.

Quadro grand canyon f10 Cf SLX carbono
Suspensão Rock Shox SID
Rodas Mavic Crossride
Transmissão 2x10 mix Sram : manípulos x5, desviador frt x7 e traseiro x9
Pedaleiro truvativ XX carbono
Pedais selim e pneus transitaram da scale
Periféricos em alumínio

Já agora qual o site para fazer upload de foto que os que usava não funcionam.
Boas pedaladas
 

fabio viana

Well-Known Member
#2
Boas :)

Eu uso o Tinypic.

Já agora grande maquina que compras-te, a única coisa que podes mudar mais tarde, é mesmo as rodas, mas nem é algo que seja preciso :)

Agora só faltam as fotos :D
 

fabio viana

Well-Known Member
#3
Bem bonita, só falta mesmo uns travões melhores.

Procura nos usados por uns travões e discos shimano XT ou XTR e és capaz de encontrar alguns em bom estado a um preço porreiro.

Ou então compras uns SLX com discos XT novos :)
 
#4
Pra já vai continuar estes, nas 3 bikes anteriores sempre tive travões iguais a estes e nunca senti falta de potência, mas ficam a destoar um pouco... A bike não está tão leve com desejava pois os periféricos são pesados, mas isso com o tempo vou alterando, foi pelo negócio que envolveu também a scale... agora é amanhã tentar testar e ver se noto a diferença de 500g de uma bike para a outra.
Quanto aos discos estes ashima transitaram da scale também, a nível de peso acho q não há melhor e também não decepcionaram até agora.
Cmpts
 

fabio viana

Well-Known Member
#5
É assim se eles travam bem, por mim ficavam até ser preciso fazer manutenção neles, porque senão vais trocar apenas por trocar :)

Em relação aos discos, eu referi os XT porque caso mudes para uns travões SLX ou XT, fica sempre bem uns discos Icetech :p
 
#6
Boas
Bonito esse quadro. Queres reduzir peso? Tocas espigao de selim, selim, guiador e avanço acho que um negativo -17 ficava bem mais bonito.
Para espigao os do costume, kcnc ou prototype, avanço race on em aluminio (leve, barato, digo barato comparando com outros com o mesmo peso ou ate mais pesados, estetica apelativa) o guiador poderias optar tambem por race on mas carbono.
Os travoes sim estao a destoar. Se conseguires um negocio de uns shimano m615 bom seria uma hipotese, seria a minha por serem significativamente baratos em comparaçao com slx ou xt, xtr??? so se forem estes novos pois eu tive uns m985 race e os m615 sao de longe muito mais potentes.
 

fabio viana

Well-Known Member
#7
Boas
Bonito esse quadro. Queres reduzir peso? Tocas espigao de selim, selim, guiador e avanço acho que um negativo -17 ficava bem mais bonito.
Para espigao os do costume, kcnc ou prototype, avanço race on em aluminio (leve, barato, digo barato comparando com outros com o mesmo peso ou ate mais pesados, estetica apelativa) o guiador poderias optar tambem por race on mas carbono.
Os travoes sim estao a destoar. Se conseguires um negocio de uns shimano m615 bom seria uma hipotese, seria a minha por serem significativamente baratos em comparaçao com slx ou xt, xtr??? so se forem estes novos pois eu tive uns m985 race e os m615 sao de longe muito mais potentes.
Achas-te os m615 com mais potencia do que os M985 race? :eek:
 
#8
Boas
Sim tive que me desfazer deles, pois muitas vezes queria travoes e tinha uns abrandadores, enquanto estiveram na 26 iam dando para o gasto, mas quando adquiri a primeira 29 tive que me livrar deles.
Acredito que poderia ser algum defeito pois os meus foram logo das primeiras series pois foi logo quando eles sairam.
Ja experimentei estes ultimos agora que ate sao de outra cor, os meus eram prateados, e parecem me bem melhores, mas mesmo assim prefiro os meus avid xx wc
 

fabio viana

Well-Known Member
#9
Eu neste momento tenho os M988 XTR Trail com discos XT RT 86 com 180mm na frente e 160mm atrás e basta carregar um pouco na manete e sinto logo a bicicleta a abrandar..

Das duas uma, ou tinhas os travões com defeito, ou então o conjunto pastilhas/disco podia não ser o melhor.
 
#10
Para ser sincero já usei vários equipamentos em que as diferenças são notórias, os travões não acho que seja uma delas... vejo que falam imenso na potência, mas o que a mim mais me parece é mesmo na fadiga da travagem, que os travões de gama superior são melhores...
Os travões que a bike tem são 0 kms e travam bem, talvez quando tiver que mudar pastilhas pense em investir nuns SLX ou XT.
 

fabio viana

Well-Known Member
#11
Para ser sincero já usei vários equipamentos em que as diferenças são notórias, os travões não acho que seja uma delas... vejo que falam imenso na potência, mas o que a mim mais me parece é mesmo na fadiga da travagem, que os travões de gama superior são melhores...
Os travões que a bike tem são 0 kms e travam bem, talvez quando tiver que mudar pastilhas pense em investir nuns SLX ou XT.
Basicamente a diferença que eu noto, é em descidas acentuadas, em que quando precisas de fazer uma travagem mais "forte" eles param logo, mas no fundo em uso normal a diferença é pequena, pelo menos para mim.
 
#12
Já fiz o primeiro teste drive 30kms 70% em estradas de paralelo e restante estradoes pouco técnicos .. foi só uma voltinha a pressa... não noto muitas diferenças, apenas baixei um pouco o avanço (uma anilha pra cima) e subi uns milímetros o espigão porque embora as medidas estejam idênticas a scott a posição perecia um pouco diferente... arranjei também uns punhos Ritchey pretos para lhe colocar, porque os esi verdes não ficavam muito ao meu gosto nesta bike. A ver vamos amanhã se a posição fica 5 estrelas. Quanto a suspensão achei um pouco mais seca que a Fox na leitura de pequenas irregularidades, mas muito rígida quando trancada... vamos ver se me adapto ao 39-26 da pedaleira ( com cassete 11-36) pra já não notei muita diferença para o 38-24.
Uma coisa que me surpreendeu foram os shiftes (x5) e desviadores (x7 e x9) pareceram me mais precisos e os SLX que tinha embora de uma gama inferior.
 

fabio viana

Well-Known Member
#13
É normal achares essa suspensão seca ;)

Eu na 26 tinha uma reba dual air, e mesmo afinada para ficar mais sensível, ela era mais dura do que aquela que tenho agora (DT Swiss XMM).
Mas se retirares um pouco de ar pode ficar melhor.

Em relação aos shifter's é normal, eu tenho cá em casa uns rotativos X0 com desviador X0 de 9v e parecem muito mais precisos do que o conjunto que tenho agora, que é desviador XT e manipulo SLX.
 

fabio viana

Well-Known Member
#17
Opá, pelo que tenho lido, ainda e masi rija que a REBA...
Minha bela LEFTY...
Pois que eu saiba a SID era mais "seca" do que a reba.. mas acho que depende do ano, porque o rapaz da loja onde eu costumo ir, montou uma SID de 2017(acho eu) e disse-me que gostou bastante do funcionamento, mas também só usou para substituir a magura que tinha ido para a revisão.

Mas no fundo não existe nada melhor do que Lefty's, DT Swiss e magura's (pelo que tenho visto e experimentado) :) , digo isto porque são suspensões bastante sensíveis :p
 
#19
Boa tarde, peço aos moderadores que encerrem o tópico houve um problema com o negocio que envolvia a bike que felizmente já está resolvido, mas já não está na minha posse.

Fiquei com uma Bergamont revox ltd carbon 29 full XT 1x10 e suspensão reba.
 
#20
Fotos da bike “nova”

Está a pesar 10,930 com pedais e com uma grade de bidão elite que troquei pela que aparece na foto



Por alto tem:
Quadro: Bergamont revox ltd Carbon 29 M
Suspensão: Rock Shox Reba
Transmissão: manípulo SLX, pedaleira XT M8000 prato 32, desviador XT e cassete sunrace 11-42
Travões: elixir 5
Rodas: crossride Tubeless discos ashima pneus vittoria barzo e peyote ( transitaram da scale)
Selim: Selle Italia SLS (transitou da scale)
Espigão: save cannondale carbono
Guiador e avanço de alumínio