Barriga Gelada

#1
Boas malta, já andei à procura mas não encontrei nada sobre o meu problema.

Ora como o nome do tópico diz, eu quando vou andar de bike e esforço um bocado mais, fico com a barriga gelada. E aliado a isso fico muito mal disposto, sendo obrigado a parar e caminhar um bocado. (Às vezes começa-me a dar borbulhar que todos nos odiamos, principalmente se nos esquecermos de levar papel :fpalm:)

Um amigo meu disse-me que podia ser por ir a descer (por força do vento), pois o problema é que é ao contrario, quando estou a subir em esforço.

A minha questão é, porque raio acontece isto e o que posso fazer para evitar que aconteça... É bastante chato...
 
#2
Não tenho muita experiência em medicina, mas se fosse a ti ia um especialista, porque se é em subidas é o teu organismos a responder ao esforço. Sem descrição, costumas ser preco de indestinos ou és regular nas visitas ao WC? !!! :confused:
 

SeteGu

Active Member
#3
O melhor mesmo é ir a um médico.

Não sei se é o caso mas acho que não faz muito bem pedalar de barriga muito cheia, por exemplo... e água muito gelada também não é muito bom.

De qualquer maneira, como disse, o melhor é jogar pelo seguro.
 
#4
Epa em relação a ir ao WC, depende muito, tanto ando aflito com as calças nas mãos, como me acontece a sensação de que comi um cato.

Eu normalmente nunca vou andar com a barriga cheia (tenho medo que pare a digestão tipo quando um gajo vai para a àgua) ou como uma barrita de cereais ou não como mesmo nada. Em relação à àgua, está a temperatura ambiente, ou vai na mochila ou no bidon na bike (até fica meia quente por vezes).

Mas é uma coisa que desde que me lembro que acontece, a jogar futebol quando era mais novo, a correr... etc etc... Agora tenho dado mais conta porque tenho puxado mais pelo burro e fico algumas vezes enjoado... e quando paro, se não caminhar, fico com aquela sensação de cólica (o tal borbulhar). Pensei que fosse algo "normal" entre a malta e que houvesse truques... sendo assim, aquando da minha próxima consulta da asma falo à gaja disso, sempre deve saber de que se trata.
 
#5
Tive uma situaçao semelhante, e o medico perguntou se tomava pequeno almoço, disse que nao (faltava açucar)
Começei a tomar pequeno almoço e nunca mais tive problemas.
Espera pela informaçao do medico
 
#6
Epa, eu levo goldrink por isso não deve ser falta de açúcar. Eu entretanto, como parece que não é tão normal quanto isso, fiz umas pesquisas e já tenho uma vaga ideia do que seja, contudo exponho à médica quando lá for
 

Hardskin

Well-Known Member
#7
lucard , se transpirares bastante na zona abdominal isso é perfeitamente normal. É essa a função da transpiração, arrefecer o corpo. A mim e a muito boa gente acontece o mesmo, especialmente se já houver algumas gorduras acumuladas nessa zona. :D

Edit. porque já tinha visto este tópico, ainda hoje confirmei o mesmo e perguntei ao meu parceiro se ele também levava a barriga gelada, ao qual ele passa a mão no abdómen mas por cima da jersey. Disse-lhe para o fazer mas directamente na pele e aí ele confirmou que ia gelada.
Isto é só para dizer que muita gente tem o mesmo sintoma mas nunca se apercebeu disso.
 
Last edited:
#9
Pois, o que eu vi na net depois de umas pesquisas (vou confirmar com a médica atenção) o que acontece "pode" (já se sabe que na internet se pesquisares "dor de dedo" aparece logo que tens cancro) ser de duas situações.

1- Com o esforço o sangue vai para os músculos que estão em mais carga, saindo da zona do abdomen e como os abs. recuperam rápido, perdem temperatura rápidamente (mais o fator do suor etc... já se está a ver para onde vai).

2- Broncoespamos induzido pelo exercício (palavriado do caraças) acontece a 90% dos asmáticos (check) pode também acontecer a pessoas perfeitamente normais (não quer dizer que tenham asma). Os sintomas são:
-Falta de ar (eu faço a bomba, e de fato ando sempre com o bafo tramado, mas é "normal" da minha condição).
-Redução de Resistência (não sei avaliar)
-Aperto no peito
-Tosse
-Mal estar do estomago (check)
-Garganta arranhada (isto também me acontece, mas lá está é normal).

Tal como disse, apesar de ter visto isto, irei perguntar à médica.
 
#10
Também sou asmático, também fico com a barriga gelada e mais alguns sintomas que referes, mas a parte das idas ao wc, até sou muito certinho com isso :cool: e não sofro desse mal estar no estômago!
 
#14
Trainzeiro.

Esse é um fator que pus logo de parte, porque raramente como antes de ir andar de bike (vou sempre pela manhã) a única coisa que faço é beber água (nunca bebo água fresca porque não gosto, a não ser que seja num fontanário).

zdjota.
A mim acontece ficar com a barriga fria, e a maldita diarreia... Esta última vez que fui andar (lembrei-me por ter falado na diarreia), acordei de manhã com uma diarreia desgraçada (no dia anterior fui a um casamento e pronto...) com 1 vontade do carambas para vomitar... andei muito pouco, fui experimentar a minha Action Cam, mas em nenhum momento me deu vontade de ir fazer o nº2 (e estava de diarreia, vim a descubrir mais tarde que era uma gastrite). Aconteceu foi em várias partes que eu puxava um bocado mais a subir, dar-me uma vontade de vomitar enorme, mas por causa do que falei agora mesmo, nada tinha a ver com a barriga fria.

Entretanto não fui andar mais porque apesar de já estar curado da gastrite, ainda ando com o sistema todo desregulado.
 
#15
Boas,
barriga fria? Também nunca ouvi falar nesse sintoma, nem tenho reparado nisso (mãos vão sempre bem fixas ao guiador). :p
.... parece-me sintomas de fraqueza. Não comer com medo de uma congestão? Nem pensar. Não é preciso comer um boi (já se for uma "baca" lol). Não podes esquecer que a bike anda a "broa". ;)
 
Last edited:
#16
Não é pelo medo da congestão. Desde que me lembro (desde puto) que quando acordava, não conseguia comer nada, acordo muito enjoado. Dou culpa ao Leite, era obrigado a beber leite/cereais e eu nunca me dei bem com o leite, chegou a um ponto que já não dava mais e mal bebia o leite, vomitava-o logo. E pronto tal foi o "trauma" que o enjoo ficou. Salvo, raramente que acordo com vontade de comer um elefante e parece que não há comida em casa que chegue.

Ontem verifiquei novamente a barriga fria, não foi a andar de bike, mas a jogar uma futebolada na praia (não estava frio na praia eu estava cheio de calor, mas lá está, barriga gelada). E o almoço tinha sido um bitoque à enfarda bruto.

Vou continuar a estar atento. Entretanto a consulta com a médica da Asma deve estar para breve.
 
#17
Se deixamos de beber as enzimas que o digerem desaparecem do sistema digestivo e pura e simplesmente não o digerimos. Solução: continuar a não beber leite. aliás somo o único mamífero que bebe leite a vida toda. culturalmente estamos a habituiados a isso. no entanto, muitas pessoas deixam de conseguir digeri-lo e não vale a pena insistir. bebam outra coisa. hoje há muita alternativas (geralmente mais caras) até leite sem lactose.
 
#18
O "tema" do leite de vaca dá pano para mangas.

Eu consigo digerir a lactose (queijos, iogurtes e afins) o que eu não consigo é manter o leite na barriga (salvo excepções muito específicas. Por exemplo, se beber leite gelado, morno/temperatura ambiente, quente, a ferver... salta cá para fora, só consigo se estiver ligeiramente frio e tenho de beber devagarinho, se for à penalti, sai com tanta rapidez como a que entrou).

Então à sensivelmente 10 anos atrás (se calhar um pouco mais) deixei de beber leite por completo e toda a gente (na altura) me ralhava e dizia que eu ia ficar doente ou apanhar alguma m**** (tinha eu sensivelmente 14 anos), foi uma luta enorme com a minha mãe (obrigava-me a comer os cereais com leite) e logo de seguida ia gritar pelo gregório ao WC. Até que consegui arranjar manhas para a enganar.

Hoje em dia já se ouve falar que o leite de vaca faz mal, que o leite de vaca é para os bezerros, nós não precisamos do leite para nada etc etc... e continua a haver gente a chamar-me tolo quando digo que não bebo leite e lhes tento explicar... Há uma boa mão cheia de alternativas, que me vem à cabeça agora... Soja, arroz, amêndoa por aí fora... Eu pessoalmente o único que vou comprando/bebendo é o de soja, quando o apanho em promoção, senão nem isso.

O mesmo se passa com as carnes animais. Mais tarde que o leite, deixei de comer carne ou pelo menos evitava ao máximo (quem não gosta de umas tirinhas da barriga grelhadas com um arrozinho de feijão? faz um mal desgraçado mas olha...) Á cerca de 2 anos para cá não tenho conseguido evitar tanto a carne como queria (infelizmente como todos os dias), porque a minha namorada tem um restaurante e como dou uma ajuda lá depois do trabalho, sujeito a comer o que me dão.

(P.S. outra coisa que me faz um mal desgraçado são ovos... estrelados ainda pior. Cozidos não faz mal, mas odeio, parece que tou a comer no deserto).
 
#19
Parece haver mesmo ineficácia na digestão do leite. Ainda por cima tendo parado de o tomat tanto tempo é natural que nunca mais irás recuperar a capacidade de o digerir.
sugiro, sempre, uma ida a um médico/a para avaliar o teu caso. Tanto para perceber se realmente éo que estou a tentar adivinhar e ou se realmente é possível recuperar a digestão do dito leite.
Quanto a considerar tolo alguém que não consegue beber leite e vomita-o somente a ignorância poderá sustentar uma ideia dessas ...
No entanto existem alternativas e boas para a substituição do leite.

Quanto ao ovos só vejo aí uma questão de gosto. Realmente o ovo cozido a seco não perece boa ideia gastronómica ...

A carne deve ser ingerida, embora com alguns cuidados (os do costume) e para lgumas pessoas de evitar a 100 % consoante o regime que querem e ou pedem ter.
Eu sou como os porcos, como de tudo e tento equilibrar as proporções e as quantidades absolutas de comida. É que realmente não necessitamos de comer tanto como é costume ver-se comer como em Portugal comemos.

Abraço e boas e muitas pedaladas.
 

Joseelias

Well-Known Member
#20
Tens para aí uma série de intolerâncias alimentares que aconselhavam mesmo uma consulta especializada de alergologia ou coisa parecida.

A discussão sobre o leite e os seus supostos malefícios está envolto em muita ideologia e propaganda. O pessoal Vegan junto com a industria da Soja tem levantado imensas questões baseadas em poucos factos científicos e com base numa agenda ideológica e comercial. Curioso é que não se ouve falar dos maleficios da Soja, tais como a presença exagerada da hormona estrogéneo, e o facto de potenciar o cancro da mama ao ponto de ser proibido consumir por pacientes que estão em tratamento entre outras questões. Nas últimas décadas todos os estudos sobre a soja têm sido patrocinados pela industria e como é natural só dizem maravilhas. O que lhes dou alguma razão tem a ver com o a exploração abusiva sobre os animais onde a produção máxima não tem em consideração o bem estar deles.

De resto, a espécie humana é naturalmente intolerante à lactose excepto na Europa e algumas regiões de África por motivos de sobrevivência histórica. Cerca de 90% dos nórdicos conseguem digeri-la e esse valor vai baixando quanto mais para sul nos dirigimos. No sul da Europa quem consegue digerir a lactose pode chegar a ser apenas 75% da população já que na última glaciação (quando os humanos tiveram que procurar outras fontes de alimento) os efeitos desta não foram tão severos na zona mediterrânica. Por isso é perfeitamente natural que não a toleres bem.

Hoje em dia bebo quase exclusivamente bebida de soja pelo facto de a minha mulher tolerar mal a lactose, mas os potenciais riscos da Soja junto com as variedades geneticamente modificadas não me deixam muito confiante nesse produto.