Arouca - Santiago - 306Km em 2 dias

#1
Arouca - Santiago - 306Km em 2 dias - COM VIDEO

Este Verão fomos (eu e o meu irmão), da nossa terra (Arouca) até Santiago.
Saimos cedo de Arouca em direcção ao Porto (+/- 55Km) sempre por estrada. Daqui fomos até Valença do Minho, onde dormimos.
Neste primeiro dia foram perto de 200 km. Chegamos a Valença por volta das 19 horas um pouco muídos, mas satisfeitos por tudo ter corrido bem. A Labruge é de facto o mais difícil, ainda para mais já com bastantes km nas pernas, mas com calma lá se faz...
Em Valença ficamos no Hotel Lara - muito bom... Optamos por não ficar em albergues primeiro pela prioridade dada aos peregrinos a pé, o que não nos garantia lugar, depois pelo facto de para fazer em 2 dias não podermos levar muito peso.
No dia seguinte saímos por volta das 9 em direcção a Santiago.
Ao contrário do que estava à espera as marcações, na nossa opinião, estão bem melhores do lado português, em especial dentro das localidades. Aqui o GPS foi importante para poder andar a bom ritmo.
Fisicamente achei o percurso acessivel para quem tiver um pouco de treino.
Adorei o Caminho e para o ano se possivel vamos tentar o Francês.
Agora, não me considero um "Verdadeiro Peregrino" pois confesso que fui muito mais pela parte ciclistica da coisa, ou desportiva do que pela religiosa, ou o que lhe quiserem chamar.
De qualquer forma aconselho a todos os amantes das duas rodas a experiência.
Têm aqui o link para o video que fizemos:

http://www.youtube.com/watch?v=3LOU1R5agio
 
Last edited:
#3
Obrigado.
O GPS era emprestado. Seguimos o track do dono do GPS que ja la tinha ido, em 3 dias. Esses tracks começam no Porto. Porto-Valança; Valença-Caldas de Reis; Caldas-Santiago.
Se for possivel vou tentar arranjar...
 
#5
tpfernandes, no geral são idênticos, mas depois alguns já incluem albergues, albergues fora do caminho e referencias várias.
Assim como existem locais com mais do que uma alternativa de acesso. Como em Leça do Balio (Porto) em que podes descer em direcção à "perigosa travessia" da N13 ou optar pela ponte de moreira para atravessar o rio Leça.
Ainda ontem vi um track colocado aqui no fórum de quem foi pela N13, e só "apanhou" o caminho depois da rotunda das Guardeiras.
 
#7
Esse cruzamento da N13 é muito perigoso e creio que é preferível contorná-lo em vez de o fazer, mesmo implicando fazer um desvio do caminho original.
 
#8
Não é perigoso, é perigosíssimo!! Passo por la 2 ou 3 vezes por semana.
E ao contrario do que dizes, a alternativa faz parte do caminho. Eram as duas entradas/saídas do Porto (travessia do rio Leça).