Aplicação para telemóvel para traçar mapas

#7
Boas, experimentei o OSMAND. epa´aquilo é muito interessante, para já porque term a função de ser roteável... , avisa nas curvas, tem um layout muito legível. comprei um suporte para o telemóvel e tenho a coisa a bombar. o telemovel que utilizo, é um topo de gama de há 3 anos atrás. Está com Android7, tem classificação IP67, e é pequeno ( ecran com 4.6''), transferi-o para esta função pois parte do ecran tactil não funciona ( na zona de baixo, onde costumam estar os "botoes" - tanto que para continuar a utilizá-lo tive de instalar uma app que mimetiza os mesmos botões noutra parte do ecran. O que é´certo é qe no dia a dia é muito chato, mas para isto é 5*, o senão é a longevidade da bateria, neste momento com o ecran a com o brilho a 30% deve dar umas 3 horas- mas mesmo com sol é legível. No entanto já comprei um powerbank de 10000mAh, que poderei levar e ligar ao mesmo fixo ao quadro da bike com uma tira de velcro. este powerbank é utilizado igualmente para a Lanterna frontal SOLARSTORM x2 que tenho com ficha USB.

O meu full cockpit:

Voltando ao OSMAND, muito fixe!!!
Para criar percursos, nada como a versão desktop do google earthpro, em particular nas zonas que não há estradas / caminhos, trilhos cartografados, depois é converter o KMZ em gpx e está a andar!!!

Tenho igualmente de experimentar em maior profundidade o GSpsies.

artas7... descarrega o STRAVA, cria uma conta e tens tudo o que precisas, incluindo o registo dos percursos,
 
#10
Obrigado Pedro pela tua opinião...eu neste momento estou a usar o komoot com mais frequencia do que o osmand porque acho mais fácil para traçar o percurso...
 

klaser

Well-Known Member
#13
Quando dizes gravou tens o ficheiro desta volta ou só o link do strava da mesma volta ? Se tem o ficheiro em gpx é só meter na pasta new files do 810....
 

AFP70

Well-Known Member
#14
Como transformar o seu iPhone num GPS…

Bom dia ao Fórum,

Embora o post original (n°969) tenha sido publicado no tópico “Crónicas de um Bravo do Pelotão por Terras Helvéticas”, penso que o mesmo merece ser publicitado aqui.



Na crónica anterior (post 965 e 969), manifestei ter tido problemas com o meu GPS, isto é, ao fim de oito horas de utilização em continuo, morreu :).

A sorte foi ter comigo o meu iPhone que tinha o mesmo ficheiro instalado na aplicação Google Earth, conseguindo desta forma saber onde me encontrava.

Claro está que estes dois equipamentos (iPhone e GPS) são completamente diferentes, quer na utilização, quer nas funcionalidades e não se substituem um ao outro; quanto muito, o iPhone pode ser neste caso, um complemento, um back-up.

Para os mais desprevenidos e/ou desatentos, o iPhone só poderá funcionar como GPS, somente, se tiver rede ;) e pacote de dados em quantidade suficiente.
A partir do momento que voltam a ter rede e ativarem a geolocalização na aplicação (ver ponto 9 do guia), conseguem saber onde se encontram.

Uma vez que esta situação (ficar sem bateria no GPS) pode fazer com que o companheiro (a), se sinta perdido, lembrei-me de criar este pequeno guia sobre como transformar o seu iPhone num GPS assim como outras funções da aplicação Google Earth para telemóveis.

Já que passo 92% da minha existência nas Terras Helvéticas, os menus da aplicação Google Earth, encontram-se em francês. Desde já apresento as minhas desculpas para os menos entendidos na língua de Molière.

Posso confirmar que funciona no iPhone 11 (+recente) e iPhone 5 (+antigo), portanto, também deve funcionar em todos os outros iPhones intermédios :). Desconheço se a aplicação Google Earth se consegue também instalar em Samsungs e/ou outras marcas.

Confirmo que a Apple não faz parte dos meus patrocinadores OK ;).

Como transformar o seu iPhone num GPS



















Cumprimentos betetistas e até uma próxima crónica…

Alexandre Pereira
Um Bravo do Pelotão, neste caso sem…