Andas com a bike no limite?? Ou andas limitado com a bike??

#42
Bem, vamos lá desenterrar um pouco este tópico.

Agora que finalmente tenho a FS (120mm ; 110mm) sinto que a confiança aumentou bastante. Encaro as descidas mais técnicas com mais confiança e ultrapasso com mais facilidade os obstáculos.
Já senti que os meus limites foram testados em várias situações. Já senti aquele arrepio na espinha ao atacar "aquele trilho", "aquela escada", "aquele obstáculo"...
Continuo a não poupar a bike em nada e ainda não senti o limite da bike. Mas por varias vezes senti os meus limites a serem ultrapassados.
 
#45
faço disto um desporto,um divertimento,nunca competiçao...logo nao costumo mt deixar me ir ao limite..nao sou dos mais destemidos nem dos mais medricas..gosto de superar mais um desafio k apareça..
a bicicleta tem k estar sempre pronta..pro caso de eu arriscar...ela nao falhar....
abraço j49
 
#47
Ando limitado e no limite: em certas subidas tenho de descer da "burra" e levá-la à mão e nas descidas é sempre de gás e depois acontece-me como ontem em que apanhei uma pedra na descida e a suspensão esgotou o curso com tanta violência que eu achei que a direcção se ia separar do resto do quadro.
 
#49
Coisas que envolvem sair do chão mais do que uns 50cm de altura tento não fazer na de XC, mas desce-se tudo.

Não gosto muito de abusar das coisas porque fica mais barato não ter de substituir coisas partidas...
 
Last edited:
#52
eu ando no meu limite e nao o da bike. desmonto quando o nao tenho certeza do que vou fazer... o medo esta no subconsciente e nao me larga... quando faço algo que passa o meu limite sinto me um heroi mas quando olho pra tras penso k me podia partir todo e o tal medo volta... e preciso saber dominar o medo para passar os nossos limites. quanto aos limites da bike sera que sao superiores aos nossos? cada um sabe oa bike que tem e deve conhece la melhor que ninguem...
 
#53
eu depende da confiança que tenho na bicla, como vinha de origem nao andava no limite que sabia que os pneus nao agaravam muito... mas depois de montar uns highroller 2.35 passei a andar no maximo! acho que a confiança na bicla e se conhecer o caminho entao ainda melhor!
 
#54
Ora aqui esta uma coisa interessante, claro que tudo depende da bike, do terreno e principalmente de mim. Eu ainda sou novo nestas andanças por norma ainda não sou capaz de arriscar muito pois tenho medo e ainda não sei bem os meus limites. Costumo andar sozinho e não tenho ninguém com quem comparar ou aprender tenho de me desenvencilhar sozinho também já me tem acontecido que por vezes consigo fazer alguns trajetos mas na volta seguinte já não consigo passar em certos sítios desse trajeto pois ou caio ou pura e simplesmente tenho medo de cair e desmonto da bike.
assim sendo penso que tomara eu conseguir ir aos limites da bike se calhar a bike é que por vezes me leva ao meu limite por falta de pernas ou com mia ufa ou principalmente por inexperiência.
 
#55
Ora bem, tendo lido assim na diagonal a maioria dos post penso ser dos poucos que se sente limitado pela bike, mais concretamente pela suspensão (sr suntour XCM V3).
Posso dizer que ainda não atingi o meu limite de técnica mas sim de dor, as dores nas mãos e braços depois de cada descida começam a ser insuportáveis, por isso apesar de a suspensão ainda estar em bom estado encomendei uma Reba. Espero com isto esticar bem mais os meu limites e de preferência sem muita dor.
 
#60
Tenho uma bike nova(nas minhas mãos) e para já eu é que limito bastante para não estragar material, o dinheiro custa a ganhar.
Mas já rebeintei muitas rodas, parti eixos pedaleiros, corrente, ... mas também nessa altura usava material mais fraquinho e aquilo tinha que partir.