Ainda estamos a alguns anos luz, mas vamos lá chegar...

#4
Acho que nas aldeias de XISTO já alguma coisa parecida. Se calhar sem tantas infraestruturas, mas que há alguns traçados mediante diferentes graus de dificuldade.
 

Jocas22

Active Member
#9
uauh

o ciclismo tem um grande potencial pro turismo, e tanta gente canaliza tanto € pra este hobbie, mas em PT ninguem liga, e pelo contrario ainda dificulta com medo que estraguemos a paisagem
 
#11
Boas
pena os Centros de BTT não se congregarem apenas num só molde e a imagem das aldeias de xisto deveria ser a plataforma

Agendadas para o ano que vem:

Pampilhosa da Serra P20:
http://www.aldeiasdoxisto.pt/centrosbttdet/63/5/572/3570/52

Pia do urso P4
http://www.cm-batalha.pt/turismo-e-lazer/centro-de-btt/rede-de-percursos-trails/percurso-4-trail-4

Já vi que a minha reclamação fez efeito com a localização do CBTT no traçado ;-)

Mais ainda digo que com a troika a apertar com o pessoal e com a manutenção necessária vou dedicar-me quase integralmente à vertente "BTT À Borliu"
http://www.facebook.com/groups/192880327473/

que dantes havia por aqui mas que agora não consigo encontrar. Podem dar-me o link?

OK encontrei!
http://www.forumbtt.net/forumdisplay.php?2-Movimento-%C0-Borliu
 
Last edited:
#12
Boa tarde,
Não concordo que estejamos a anos luz do projeto apresentado e muito menos ainda se tivermos em conta o facto de o btt, apesar de já se praticar há muito tempo no nosso país, só nestes últimos anos ter apresentado um crescimento exponencial em termos de praticantes.
Já existem alguns centros de btt a nível do país e mais alguns estarão para ser criados de certeza. Temos locais espetaculares no nosso país para a prática deste desporto e só temos é que tirar proveito disso. Nem é preciso inventar trilhos, basta aproveitar o que já existe.
Poderão não ter as infraestruturas desejáveis, mas já é alguma coisa e significa que alguém já começa a olhar de outra forma para as potencialidades que esta modalidade apresenta em termos turísticos.
Mas enfim. O que se faz lá fora é que é bom.