Adaptar bike (preciso de opiniões)

#1
Boas,

gostava de ajudar uma pessoa a adaptar a bike para que possa voltar a dar umas voltas...


O problema é que a pessoa em questão não consegue mexer 2 dedos da mão (mindinho e o dedo seguinte) e ainda por cima tem ferros a esticar os dedos, por isso tb não os consegue dobrar... estão a imaginar???

A ideia era arranjar maneira de eliminar a pressão exercida pela palma da mão no guiador e quem sabe, possibilitar a travagem.

Thanks :cool:
 
#2
Mas isso é transitório ou definitivo!?

É que não parece-me muito sensato estar a fazer uma adaptação por forma a que essa pessoa possa andar para depois dar uma queda e dar cabo disso tudo...
 
#3
Eliminar a tensão exercida pela palma da mão no guiador pode passar por: por o guiador consideravelmente mais alto que o selim, assim as mão não vão suportar o peso do corpo contra o guiador, servem apenas para controlar a bicicleta, tentei exemplificar num esquema
Quanto aos travões de momento não me ocorre nada nem tenho conhecimento de qualquer peça, espero ter ajudado e boa sorte com a adaptação

 
#6
Carreto preso é isso que te referes jmdcfigueiredo? Julgo que não é solução teria de ficar uma bike single speed, só com uma velocidade o que não é prático e julgo que não isso pretendido
 
#7
Deve ser Carlos, usava essa sistema há mmmmmuuuiiittooossss anos!

Mesmo tendo ser uma single speed parece-me uma decisão bastante sensata, afinal uma pessoa que não mexe dois dedos e têm ferros a manter-los esticados certamente não quer andar em trilhos técnicos nem em subidas malucas e pelo menos assim resolve-se o problema de não puder usar a mão para travar...
 
#8
Sim em parte tens razão mas imaginemos que num descida de ligeira inclinação onde a pessoa pode aproveitar o balanço da bike e descansar um pouco sem pedalar, teria de continuar a pedalar e não descansa
 
#9
Não estamos a falar da mesma coisa de certeza...

Uma bike em que eu andei à uns 15 anos atrás quando parava de pedalar a roda livre trabalhava como a que tenho agora, portanto sem ter de pedalar e podia descansar.

Se pedalasse para trás é que ela travava!
 
#11
Mais caro parece-me evidente, agora se compensa ou não o investimento compete ao TMiranda decidir.

Já agora JNR esse sistema de que falas trava pedalando para trás!?
Se não sabes qual é o nome desse sistema, mais por curiosidade?
 

JNR

New Member
#13
o carreto fixo, como o nome indioca, não dó hipoteses, andas, pedalas, deixas de pedalar, não é preciso pedalar para trás, e a bike trava.

Nunca andai, mas dizem, dizem, que é exigente, tanto a nivel fisico, não há descanso, como de controlo, travas deixando de pedalar, acho que lhe chamam skids, e muitas vezes entras em derrapagem, espera-se que controlada. ;)

As coasters são o que o jmdcfigueiredo falou, travam pedalando para trás, (http://www.sheldonbrown.com/coaster-brakes.html), mas têm roda livre, ou seja, podes descansar de pedalar, ou seja, podem se uma espécie de Single Speed, com o travão associado ao pedalar para trás.

Tive uma dessas, era ainda muito novo mas pelo que me lembro era de fácil controlo. Se não me engano a minha tinha travão "normal" para a roda da frente, pelo sim pelo não.

Os cubos internos de mudanças, alguns têm travão integrado, ms não sei mesmo o valor disso, apenas que alguns são bastante caros.

Penso que adicionalmente, pq não ir aos "prós" do assunto: http://www.fixedgearportugal.com/index.php

Frase retirado do site do Sheldon Brown: "Coaster brakes can be a good choice for handicapped riders who lack sufficient hand strength, or for arm amputees."

Mas também "To be safe, any bicycle needs a front brake and some sort of secondary backup braking system."

Ou seja, parece ser o ideal para quem tem algum tipo de limitação fisica, como parece ser o caso. Mas adicicionem o travão da frente, pelo sim pelo não... ;)

Já agora: http://www.troubleshooters.com/bicycles/1speed/1speed_overhaul.htm e http://www.parktool.com/blog/repair-help/coaster-hub-overhaul-pedal-brake-hub

Os cubos internos de mudanças era apenas para ter menos manutenção e ter menos um manipulo, mas penso que neste caso a maior dificuldade é mesmo a travagem e controlo e não sei se os cubos funcionam com travagem costaer, ou seja, pedalando para trás.

No site do fixed gear há várias transformações de costers, é dar uma vista de olhos e meter conversa. (e sim, uma costaer não é fixed gear, eles gozam mas depois explicam ;))
 
#14
Duvida esclarecida!

Ainda assim continuamos sem saber qual é a mão com problemas, mas parece-me mesmo ser a solução ideal essa das coasters aliada a um pneu mais largo na bike para maior estabilidade.