É LEGAL UMA EQUIPA DE BTT NAO REGISTADA TER PATROCÍNIOS?

#2
Registada em quê :?: :?: :?: faz parte de algum clube :?: :?:

Nao fazendo parte de nada, apenas um grupo de amigos que se juntou e fizeram uma equipa, neste caso patrocinios claro que pode ter.
 
#3
Claro, nós andamos a vida inteira a fazer publicidade às mais variadas marcas. No que vestimos, o nosso carro, a nossa bike, a marca do nosso equipamento. Por exemplo, existem à venda equipamentos de ciclismo (e não só) de diversas equipas, os quais contém montes de publicidade. Se assim fosse, seria proibido vender esses equipamentos a particulares.
 
#6
Ilegal porquê? Quando compramos um equipamento não fazemos publicidade á marca? Não encontro qualquer ilegalidade em usar patrocinios nos equipamentos.
E já agora, onde se registam as equipas? Como?
 
#7
Os clubes são registados no registo nacional pessoas colectivas, na federação apenas se tornam federados ,sendo isso uma opção de cada um e dos

objectivos que tenham .Por isso sendo federado ou não , eles são ambos registados .
 
#8
boas pessoal...

não encontro nada de ilegal, até porque, eu e uns amigos aqui do pedal da terra juntamos aí uns patrocinios e mandamos fazer uns equipamentos para nós.
2 calções com alça, 2 camisolas manga curta,2 pares de meias, 1 calça e casaco de inverno, e ainda um boné, polo e calção de rua. Tudo isto por um valor que para um calção média gama paga!
Até hoje não levei multa :D mas até queria só ver ser mandado parar para ser multado por isso, e então se fosse por aqueles psp que andam de bike na praia... isso é que era :xau: :xau: :xau: :hehe:
 
#10
Um patrocínio é, no fundo, uma transação comercial: eu dou-te dinheiro (ou equipamentos, ou o que seja), e tu promoves os meus produtos/a minha empresa. Logo, implica haver duas entidades com indentificação fiscal, porque essa transação vai ter que ser declarada de alguma maneira.

Agora, uma coisa é falar nos muitos milhões que a Vodafone paga a uma equipa de fórmula um, ou um banco qualquer paga a uma equipa de futebol, e outra muito diferente é os míseros euros que o Zé da Esquina pede ao Manel dos Frangos lá da terra para ajudar a pagar as deslocações às provas de BTT...

Mas penso que fiscalmente terão o mesmo tratamento. Se hoje em dia até uma doação entre familiares directos acima de determinado montante tem que ser declarada, o dinheiro que uma empresa 'dá' a uma equipa do que quer que seja, ou indivíduo pafrticular, tem que estar pelo menos documentada, e depois declarada. Penso eu de que, mas os contabilistas e fiscalistas que se cheguem à frente... :mrgreen:
 
#12
Acho que quando uma equipa se regista na Federação tem de apresentar a descrição do equipamento e apresentar tambem a declaração em como são patrocinadores da equipa, no entanto o melhor é pedir informações diractamente à federação.