PDA

View Full Version : A questão dos cães...



Páginas : 1 2 [3] 4 5

STIG_73
03-02-2011, 13:44
E bem gordos, por sinal, por isso acredito que fome não passam, devem é ser instigados à violência pelos seus donos/tratadores para manterem os intrusos longe da quinta.
Mas também há que ver a coisa sob outro ponto de vista, isto é, muitos destes animais passam a grande maioria dos seus dias numa situação de reclusão. Nessa situação veêm passar pedestres, ciclistas, etc que possivelmente até os arreliam, provocando nos animais um sentimento de revolta e até sede de vingança. Ora um dia que o animal, por qualquer razão, dê por si liberto vai querer descarregar a sua ira no primeiro que aparecer, pagando o justo pelo pecador.

Sim, de facto veêm-se grandes melhorias na redução do numero de cães abandonados nas cidades, mas nos meios mais pequenos como a aldeia onde moro ainda se veêm alguns, e o problema é que nas aldeias não são só adultos que andam de bike, há também muitas crianças a fazê-lo, crianças essas que numa situação de ataque entram em pânico e fogem do animal, o que ainda é pior. Claro são mordidos e quem é o responsavel?
Pior ainda, estes animais só se veêm junto às habitações, talvez por ser mais fácil arranjar alimento assim, talvez porque alguns deles nem sequer sejam vadios e até tenham dono, dono esse que é irresponsavel deixando o seu animal andar solto pela via pública, descorando aquilo que ele possa vir a provocar.

Eu gosto de cães, tenho um husky siberiano dentro de murros num canil que fiz para lhe dar algum conforto e evitar que possa provocar algum acidente porque, como sabem, esta raça de cão ainda apresenta um envergadura consideravel.
O que se passa é que as pessoas adquirem os animais enquanto são cachorros. Ao principio é tudo muito bonito, mas com o passar do tempo o animal cresce, precisa de mais espaço, precisa de cuidados de higiene e veterinários e tudo isso traz despesas e chatices. Conclusão: abandona-se o bicho à sua sorte, e pronto aí temos mais um animal abandonado que se pode vir a tornar num animal bastante agressivo quando cheio de fome ou integrado numa matilha.

Por isso eu acho que a culpa de termos cães potênciais assassinos é só nossa enquanto donos negligentes.

as2017626
03-02-2011, 14:00
Se for um cao PP ou de grande porte e com elastecidade das 3, 1 com possivel conjugação lololol.
Ou és destemido e inconsciente, ou tens sorte porque o cão não te viu como uma ameaça ou até é simpático, ou o melhor é voltares para de onde vieste.
Se for alguém como eu que eles detectam logo o medo então já era. Já tive exemplos disso.

Mach 4
03-02-2011, 14:49
Ó Francisco, eu acho que esses não são acicatados pela fome, aliás pela aparência já deviam era ter comido outro ciclista...bicicleta incluida :).
Agora a sério, se nessa situação tu ias na rua e um deles te mordesse só tinhas de chamar as autoridades e apresentar uma queixa dos donos por negligência.
(Vê mais abaixo o que escrevi sobre isto).

A verdade é que a coisa evoluiu muito de há uns anos a esta parte.
Reparem na legislação actual :

- Todos os cães nascidos após 2002 tem de ter um registo obrigatório nas juntas de freguesia.

- Todos tem de ter um boletim de vacinas devidamente actualizado.

- Existe já a algum tempo os chamados "chips" de identificação, que são colocados por baixo da pele do animal. Este "chip" funciona como um cartão de memória onde se podem guardar todos os registos do dono, facilitando o seu contacto em casa de perda do animal.
(tenho conhecimento de alguns casos em que lhes fizeram um golpe para retirar este "chip" antes de serem abandonados pelos próprios donos - retiram a "arma do crime" que os podia lixar. Enfim.)

-Em algumas localidades é expressamente proibido os donos destes animais deixarem os dejectos dos seus cães na via pública. Se não os recolherem ficam sujeitos a uma coima.

- Todas as raças consideradas perigosas tem de andar em público com um açaime no focinho, e os donos tem de ter um seguro obrigatório para danos fisicos provocados a terceiros.

- TODOS OS CÃES, INDEPENDENTEMENTE DA SUA RAÇA OU PORTE, TEM POR LEI QUE ANDAR ATRELADOS NAS VIAS-PÚBLICAS.
Já tive quase para dar na tromba a um gajo que podia ser meu pai por estar a passear a sua cadela (boxer branca) sem trela (tinha soltado a cadela e ele andava com a trela na mão). Ela simplesmente atirou-se ao meu cão, de porte mais pequeno, mais velhinho e cego de um olho, atacando-o e o dono parecia um :plhc: ás voltas atrás dela, a chamar o seu nome, e ela...nada, sempre a fugir. Grande obediência, sim senhor.

Se algum dia um de vocês for no passeio ou num rua e aparecer um cão solto, com trela, mas sem estar a ser segurado pelo respectivo dono, e vos morder...bem só vos digo que o dono está f...do.
O único problema por vezes é o de não haver testemunhas, e depois passa a ser a nossa palavra contra a deles.

Nota - E obriguem-no a vos mostrar o boletim de vacinas do cão, para confirmarem que está tudo ok, senão podem vir a ter problemas mais tarde.

sirking
09-02-2011, 21:21
o cão aquele animal k tanto gosta de correr atrás de ciclistas, eu ate me pelo de ver um na rua prefiro passar para o outro lado da rua para ele não me ver ja tive uma ma experiencial

as2017626
10-02-2011, 02:05
MACH 4
Correção: Não são os cães considerados perigosos, mas sim os cães perigosos e os cães potencialmente perigosos.
Falta ainda referir que a trela tem que ter no máximo 1 metro para estes dois "tipos" de cães.
Outra coisa é que sempre que vais renovar a licença na junta de um destes cães, pedem-te o registo criminal.

O chip apenas tem um código. Quando alguém lê o chip apenas te dá o código. Depois é necessário ir consultar os dados relativamente a esse código numa de duas base de dados SICAFE / SIRA.


Se o teu cão é de pequeno porte, pega-o ao colo que À partida o outro cão não está numa de te morder.
Tens ainda a hipotese de se o teu cão estiver a ser mordido, afiambrar no outro cão, mas com força.

Chamar a policia apenas vai dar estatuto ao outro cão de perigoso e uma reincidência será mau... mas sempre para o cão. O dono "apenas" paga uma multa.

Eu tenho desses cães PP e a 1ª coisa que faço quando algum cão vem de lá sem trela nem nada é tirar o açaime ao meu e enchotar o outro cão. De certeza que não ia ficar a ver o meu cão a ser mordido sem se poder defender de uma situação que nem ele nem eu temos culpa. Além de lhe baixar a "auto-estima" e de poder torná-lo melindroso (que poderia torná-lo instável e morder por medo em situações inesperadas) o cão ia perder confiança em mim. Felizmente nunca deu para o torto.
Também á donos que não sabem lidar com a situação dos cães deles por algum motivo estarem soltos/se soltarem e irem atacar outro cão / pessoa porque inclusivamente têm medo deles.
Andar ali À volta e o cão a fugir não é nada. Aliás é ridiculo. Também já me aconteceu num descuido o meu conseguir soltar-se enquanto o passeava e ter que ir a correr para fazer um "moche" ao meu cão. O outro dono obviamente que quando viu a situação largou o dele e deu dois passos atrás. Cheguei a tempo, evitei danos e serviu de lição para não confiar tanto.
Algumas vezes basta um cheiro ou um movimento de alguem para o cão poder desconfiar por isso, cumprir as regras SEMPRE.
Há que responsabilizar os donos e ser obrigatório treino básico para cães acima de certo porte e avaliação por parte do treinador para validar determinada pessoa a ter um cão desses. Um boxer ou um pastor alemão entre tantos outros podem causar danos sérios

Na minha opinião o melhor mesmo é evitar o confronto e ir dar outra volta ou voltar para trás (como me acoteceu a semana passada em que um cão andava na estrada com uma corda partida porque se deve ter solto. Ele mancou-me e percebeu que eu estava com medo e eu fui dar a volta porque já previa que não ia correr bem), mas se isso já não der então há que enfrentar a situação e ai ou és tu ou o cão.

JNR
10-02-2011, 09:59
ainda este fds, em pleno jardim dos descobrimentos, lisboa, junto dos jerónimos, estava uma menina (20-25 anos) a "andar" de bicicleta e a passear os seus dois rottweiler, eles andavam todos entretidos, não é essa a questão, e não sou defensor que só por serem dessa "marca" são perigosos, nada disso, sou e continuo a ser defensor que o problema está nos donos, salvo rarissimos excepçãoes, mas é um jardim que está cheio de crianças e os cães nem trelas nem açaimes, e depois...se algo acontece é...azar...e nem um policia à vista. (agoar que penso nisso há uma esquadra a 500metros)

STIG_73
10-02-2011, 11:09
Exacto JNR, a questão é mesmo essa.
É que as crianças não tem a mesma noção do perigo que um adulto, nem sabem como safar-se de uma situação de ataque iminente, a primeira reacção que tem é fugir e depois...
Mesmo para um adulto já se torna dificil dominar um Rottweiler, quanto mais dois.
Gosto muito de cães, mas tenho muito respeito por determinadas raças, sendo estas raças potencialmente perigosas acho que os seus donos deveriam ter mais cuidado com os bichos e serem responsabilizados criminalmente pelos actos dos mesmos, não apenas uma multa e o consequente abate do animal, porque, se calhar, este é o menos culpado.

Mach 4
15-02-2011, 14:52
as2017626,

Obrigado pela correcção.

Acrescento ainda que só o facto de os cães terem um chip de identificação sob a pele também não significa nada se de seguida os donos não forem á sua junta de freguesia fazer o respectivo registo do animal.

Esqueci-me de dizer que também temos o SEPNA que é um organismo que investiga situações de abuso, maus tratos e de crimes contra animais.

as2017626
17-02-2011, 19:51
Mach 4:
Significa sim porque o Vet que colocou o chip envia um dos impressos (que acho ser em triplicado) para a SIRA.

Mach 4
18-02-2011, 12:02
Agora sou eu que te vou corrigir.

Existem 2 tipos de chips electrónicos :

- Os do SIRA como tu enunciaste, onde estes recolhem os dados do animal e os registam numa base de dados a nivel nacional.

- E os dos canis municipais, que pertencem á direcção Geral de Veterinária, que por sua vez remetem os dados para o SICAFE.

Digo-te já que estes 2 organismos não se entendem lá muito bem entre eles (concorrência!?) apesar de ambos fazerem a mesma coisa (será por essa razão?).

Também te digo que nem sempre os dados são processados da melhor maneira.

- Mas nada como ligar para o SIRA ou para o SICAFE a dar um nrº de um chip e perguntar se determinado animal está registado.

A.Moura
18-02-2011, 15:36
http://www.agges.net/loja/product_info.php?cPath=59&products_id=81 será que resulta eheheheheh

as2017626
18-02-2011, 21:07
O papel que eu tenho dos chips diz SIRA por isso o vet deve ter enviado para a SIRA, se bem que não faz sentido segundo o que tu dizes porque sendo assim devia ter seguido para oa SICAFE.
Sei que realemente estas duas entidades não se entendem muito bem como disseste.

AndreGoncalves
24-02-2011, 21:45
Na minha opinião ( e vale o que vale) se der para evitar o confronto com os cães melhor. Na impossibilidade de isso acontecer normalmente acontecem duas coisas:
1ª SITUAÇÃO: O Cão corre e ladra mas não morde...(estão a fazer aquilo a que foram ensinados...Defender o território)
Para resolver: Continuem a pedalar e ignorem...ao fim de algum tempo ele desiste....

2ª SITUAÇÃO: O Cão tenta-vos morder e age agressivamente...
Para resolver: Ponham a vossa bicicleta entre vocês e o cão e tentem andar para a frente devagar...analisem a reacção...se não funcionar um truque que costuma funcionar é fingir que apanham uma pedra do chão...esse gesto intimida o animal e fá-lo pensar duas vezes...se mesmo assim não resultar...amarrem mesmo uma pedra/pau e atirem só em último recurso...
Um abraço

Happymeal
24-02-2011, 23:07
Não li o tópico todo por isso não sei se já falaram nesta situação.
Eu comprei um daqueles corta vento verde florescente da decathlon e sempre que ando com ele tenho tido muitos encontros com cães nada agradáveis. Nem preciso de passar por eles, mal me vêem começam a correr para mim mesmo ameaçadores.
Será da cor do casaco!

njsfer84
25-02-2011, 01:59
Provavelmente sim. Por causa da cor apelativa. Tais como as capas dos toureiros.
Eu acho que já se falou por aqui numa tecnica muito simples. Não é 100% eficaz, mas na maior parte dos casos resulta. Simplesmente usem o bidão de água para lhes atirar água ao focinho, porque eles não gostam de ter o focinho molhado. Para quem usa camelback basta sugar um bocado de água e borrifar para cima dos ditos cujos que normalmente funciona. Já afugentei inclusivé rottweillers. Agora é claro que as vezes pode não funcionar e se os bichos forem bravos tipo pittbulls, rotweillers, dobermans (etc) o melhor é abrandar e preparar para usar a bicla como escudo. Mesmo com um cão ágil o facto de usarmos uma coisa resistente e com bastante área deve dar para nos protegermos. De certeza que depois da primeira marretada bem assente na tola dos gajos, eles devem ficar no minimo apreensivos.
Aconteceu-me no sabado passado ao passar por uma casa que tinha dois caes de tamanho medio, os gajos fugiram quando borrifei agua, mas um deles apareceu mais a frente. Parei, pus a bicicleta entre mim e o gajo e borrifei de novo. O gajo fugiu e logo de seguida veio o dono a ralhar com ele. Depois foi a minha vez de ralhar com o dono a dizer que os cães não podem andar assim soltos e inclusivé ameacei em chamar a polícia. O gajo meio rabugente lá pediu desculpa, mas ficou aziado. Tem de se apertar com as pessoas que não tomam conta dos bichos. Eu tenho uma cadela, mas sempre a ensinei a portar-se bem perante as pessoas e nunca anda solta na rua sem trela. Eu até gosto bastante de cães, mas para alguns não há mesmo paciencia.

Cumps

alupo
25-02-2011, 10:41
JA algum tempo usei um truque que me ensinaram quando ando a pedalar sozinho, que é usar spray seja qual ele for. Eu pessoalmente uso um spray cujo o seu tamanho não ultrapassa o punho fechado e é um desodorizante dove,( desculpa a pub)
Vinha um cão atras de mim e não havia maneira de me largar a perna apesar de ter parado varias vezes tive que usar o dito spray e o cão claro ficou aganir das dores e largou-me.
Claro que tive pena do cachorrão mas era eu ou ele:shock:
Espero que este truque sirva como exemplo mas
usem só em ultimo recurso ok!:stop:

TheTraveler
26-02-2011, 01:38
Dar com um spray de desodorizante nos olhos dum cão. Ainda gostava de saber onde é que esta gente vai desencantar tanta estupidez.

E isso devia ser um cão mesmo perigoso... Andou atrás de ti, paraste várias vezes, e nunca te mordeu... Achas que se a intenção dele fosse mesmo morder, tu te tinhas conseguido safar durante essas "várias paragens" e arranques?

Soulsilent
26-02-2011, 04:11
Tanta conversa e estratégias como sempre só se pensa em nós próprios, os animais são animais é o instinto deles e não são educados como os Humanos, as pessoas como humanos e racionais não devem de agir como animais fossem. Queria ver se os animais soubessem ter estratégias para vos afugentar a ver se vcs gostavam.
Realmente uns amandam pedras a Motards outros tratam mal os cães. Realmente este mundo está perdido as pessoas são mesmo más.

Happymeal
26-02-2011, 08:57
Então Soulsilent diz lá o que é que devemos fazer para evitar ser atacado por um cão?
Claro que é o instinto dos animais, mas eu culpo é os donos que tem os animais sempre presos e depois mal abrem o portão o cão sai logo atrás de tudo o que mexe!
Eu queria era ideias para evitar magoar os animais, da próxima vez vou experimentar atirar agua mas se não resultar e me vir aflito vou ter de recorrer ao pontapé no focinho (era isso que eu queria evitar), já cheguei ao ponto de dar meia volta e voltar para trás para evitar os cães!

polidos
26-02-2011, 09:13
Nada como um apito de ultra sons. Comigo tem resultado. Uns quando vêm a investir e começo a apitar (eu não oiço quase nada...) param e ficam apreensivos, outros ficam com o rabo entre as pernas e fogem. Não me perguntem onde comprei porque trouxeram-mo da Suiça.

TheTraveler
26-02-2011, 10:23
uns amandam pedras a Motards outros tratam mal os cães

E depois a malta de bicicleta acha-se mais no direito e andar no campo do que os outros... Nós ciclistas somos mesmo uns gajos impecáveis, a mandar com pedras aos gajos das motas e dar com sprays desodorizantes nos olhos dos cães e o ocasional pontapé no focinho... Somos mesmo bons!


mas eu culpo é os donos

O culpado é o dono, mas a quem tens vontade de dar o pontapé no focinho é ao cão...

Já que para ti o culpado é o dono, quantas vezes foste à procura do dono para o chamar à atenção? E quantas vezes já apresentaste queixa à GNR por haverem cães soltos em determinada zona?
Conheço dois casos de pessoas diferentes que chamaram a atenção do donos, e como tudo continuou na mesma, foram apresentar queixa à GNR. E eles foram lá chamar a atenção do dono dos cães. Mas se acham que o correcto é dar-lhes pontapés no focinho ou dar com sprays desodorizantes nos olhos...

Essa de dar com um spray desodorizante nos olho dum animal...

Soulsilent
26-02-2011, 13:23
pôe-te na posição do Cão e diz-me se gostas de levar com alguma coisa em cima. certamente que não irias gostar.
Sâo por essas má atitudes dos Humanos que acho correcto as mordidelas dos Cães. É uma luta desumana um Humano não luta corpo a corpo com um animal por cobardia e medo.
ès Ciclicsta fixe... paras e gritas resulta sempre.

Happymeal
26-02-2011, 15:38
Eu concordo com algumas coisas que vocês dizem, mas é normal haver pessoal que leva as coisas para campos que não tem nada a ver!

Soulsilent "pôe-te na posição do Cão "

TheTraveler Eu acho que este post é para arranjar uma maneira de evitar dar-lhes pontapés no focinho ou dar com sprays desodorizantes nos olhos


http://4.bp.blogspot.com/_JfiTmP76cIw/RoGBUc5b8iI/AAAAAAAAACE/cGJt-IrA_mk/s320/cao2agressivo.jpg

Deparas-te com este cão ao fundo da estrada, o que é que deves fazer?

a) Chamar o dono e debateres com ele os direitos dos animais e dos ciclistas.

b) Dar a volta e procurar outro caminho.

c) Chamar a GNR e apresentar queixa do cão.

d) Levar um bife no camelback para dar ao cão e tem a vantagem, se te der a fome, de poder fazer um lanche.

e) Recorrer á violência como dar-lhes pontapés no focinho ou dar com sprays desodorizantes nos olhos.

f) Atirar agua, gritar-lhe insultos, abanar com os braços.

g) Comprar um apito de ultra sons.

h) Continuar a pedalar como se nada fosse.

i) Não sair para pedalar como forma de evitar ser atacado por um cão!

Eu gostava de saber qual é a melhor maneira de lidar com esta situação!

TheTraveler
26-02-2011, 16:15
http://4.bp.blogspot.com/_JfiTmP76cIw/RoGBUc5b8iI/AAAAAAAAACE/cGJt-IrA_mk/s320/cao2agressivo.jpg
Nessa foto e pela expressão, vê-se que o cão está a ser atiçado. Portanto, para evitar essa situação, basta não atiçar o cão.

Happymeal
26-02-2011, 16:31
Eu pus esta foto só para dar a ideia do que é um cão com ar ameaçador.
Um cão, de grande porte, quando vem a correr na tua direcção mesmo que seja só para te cheirar, lamber ou brincar contigo pode te atirar abaixo da bicicleta. Mesmo que seja um Chiwawa podes te aleijar tu e o cão.

Brunocarvalho
26-02-2011, 16:52
morde o done e paga uma mini ao cao..

TheTraveler
26-02-2011, 16:58
Então estás a precisar é de treinar o equilíbrio em cima da bicicleta e antecipar o que pode acontecer à tua volta. Se tens medo de cair por andar com cães ao lado e que só estão a correr ao teu lado, também deves ter medo quando alguém de bicicleta vai ao teu lado, também te podem jogar o chão.

Costumas ser assim violento com tudo o que não é ameaça mas que se pode tornar ameaça?

Brunocarvalho
26-02-2011, 17:00
nem mais btt e dureza tudo faz parte de tudo temos q aprender a viver e a conviver com tudo a nossa volta

Soulsilent
26-02-2011, 17:28
Os Cães tambem precisam de beber umas minies :P

Happymeal
26-02-2011, 17:32
Brunocarvalho Então esta questão devia estar no Forum de ciclismo, é isso que queres dizer! Se achas que esta questão não é importante ou não tem nenhuma relevância, porque é que decidis-te comentar um tópico com o titulo " A questão dos cães... "
Este teu post devia ter sido logo o segundo deste tópico e estava a questão resolvida, temos 53 paginas sobre uma questão que para ti e para o TheTraveler não tem nada que saber!


http://www.steephill.tv/2007/tour-de-france/img/18-dog-crash.jpg

O Sandy Casar sempre foi muito fraquinho não se aguenta em cima de uma bicicleta, ele no BTT não durava 5 minutos, estes ciclistas profissionais são cá uns medricas!

Brunocarvalho
26-02-2011, 17:36
nem mais meu caro

Brunocarvalho
26-02-2011, 17:40
n e a natureza q s adpta a nos mas precisamente o contrario

TheTraveler
26-02-2011, 18:40
O que é que essa queda tem a ver com este tópico? Nas últimas mensagens tem-se falado que pessoal que tem medo dos cães e não sabem conviver com eles. As soluções apresentadas por alguns animais passam por pontapés no focinho e sprays desodorizantes nos olhos. Agora vens meter uma queda por causa de um cão distraído a meio de uma prova de alta competição.

No caso desse cão distraído que provocou essa queda qual era o remédio para ti? Dar-lhe um pontapé no focinho por estar distraído?

Happymeal
26-02-2011, 19:42
TheTraveler

Então estás a precisar é de treinar o equilíbrio em cima da bicicleta e antecipar o que pode acontecer à tua volta. Se tens medo de cair por andar com cães ao lado e que só estão a correr ao teu lado, também deves ter medo quando alguém de bicicleta vai ao teu lado, também te podem jogar o chão.


O ultimo post era para responder a isto!

Como já disse das ultimas vezes que andei de bike, tanto na estrada com a fininha como em btt tenho tido encontros nada agradáveis com cães, por isso pus a questão neste tópico. Agora lê as ultimas 3 paginas e diga-me a relevância dos seus comentários para este tópico.

Se para si esta questão dos cães não tem interesse abstenha-se de comentar.

Quando ando de bike passo por bastantes cães e é sempre na boa, até gosto muito de cães, mas já tive 3 encontros que quase foram acidentes e agora quero saber o que fazer para prevenir esses sustos. Quem me dera não ter de me preocupar com isso, mas tenho!

TheTraveler
26-02-2011, 19:57
tive 3 encontros que quase foram acidentes e agora quero saber o que fazer para prevenir esses sustos


Eu comprei um daqueles corta vento verde florescente da decathlon e sempre que ando com ele tenho tido muitos encontros com cães nada agradáveis. Nem preciso de passar por eles, mal me vêem começam a correr para mim mesmo ameaçadores.
Será da cor do casaco!


Provavelmente sim. Por causa da cor apelativa. Tais como as capas dos toureiros.

Tinhas dito que começaste a ter problemas com cães depois de comprar esse corta vento fluorescente.
Se foi esse o caso, acho que é fácil chegares à conclusão sobre qual é a solução para o teu problema.

Soulsilent
26-02-2011, 20:04
Pode ser um cão ou uma pessoa ou uma criança se tiveres que cais cais mesmo, queres estar em segurança? mantem-te longe deles e evita o caminho a natureza é assim pelos vistos são as pessoas que têm medo dos animais ferozes é o " aparelho" deles natural para afugentarem como as pessoas afugentam os animais os Cães tambem têm esse direito.

JNR
28-02-2011, 11:17
Traveller, nos allgarves não há cães soltos ou tu consegues sempre iludi-los? explica lá, obg.

TheTraveler
28-02-2011, 11:58
Há bastantes cães soltos e não há volta em que não passe por uns quantos. Até agora não fui mordido. Mas não é pela possibilidade de um dia ser mordido que vou começar a dar pontapés no focinho aos cães que vão a correr ao meu lado a ladrar aos pés.

Mach 4
28-02-2011, 12:32
nem mais meu caro;...n e a natureza q s adpta a nos mas precisamente o contrario

Exacto!
Frase sábia e de pessoa inteligente..é mesmo isso que nós os humanos fazemos com a Natureza - Adaptámo-nos.

Nós a ela, não o contrário!?

Álias, basta ver como a nossa raça se tem "adaptado" maravilhosamente com a mãe natureza nestes últimos, humm...séculos.
Nunca foi tão bem tratada como até hoje. É mesmo de louvar este nosso comportamento.

Estes comentários são muito bons para demonstrar como as coisas deveriam ser, mas que no entanto não passam de uma falsa realidade.

Pegando nesta afirmação do Brunocarvalho talvez agora o Soulsilent me possa explicar como é que os motards com os seus motores a roncar por entre as árvores se adaptam á Natureza??

Ou melhor...a quem é que eu, e pessoas como o Happymeal devemos atirar pedras?

A) Aos motards
B) Aos cães

Aos cães não pode ser pois segundo palavras tuas eles tem o tal "aparelho" natural de defesa, (e porque são considerados o melhor amigo do homem...mesmo quando nos sacam um "bife" das pernas).

Então terão de ser alguns motards a levarem com uns calhaus de vez em quando, pois não se estão a adaptar á natureza circundante, correcto?

Explica lá esse teu raciocinio agora.

Para quem se chama "Paz de Alma" ou "Alma Silenciosa" falas muito alto, ou então a tua Natureza é muito diferente da minha.


Happymeal,
Contrariamente á conversa de saco-roto de alguns, tu sabes do que estás a falar.
Excelentes posts que descrevem esta realidade dos cães.
(Parti-me a rir com alguns).

JNR
01-03-2011, 16:58
WTF?

bom, a minha pouca experiencia leva-me apenas a aumentar a pedalada e por vezes a fazer pontaria com a roda, sem nunca acertar...

Hasta

Soulsilent
03-03-2011, 19:19
è Igual á tua com um pouco mais de barulho. Quem sabe se o barulho da tua corrente ou o barulho que fazes ao passares de bike não é mais prejudicial á natureza e aos animais... secalhar " atiras mais ultrasons para o ar do que uma mota por ex....

Terão alguns bbtistas quer apanhar com alguns calhaus e com lama? secalhar sim não se podem sujar com lama como todoa a agente que anda por lá.
Se vai um amigo á frente a mandar com lama não se quiexam... e só por andar mais devagar pensa que os trilhos são dele? Não já referi que os trilhos são de todos a diferença é que outros precisam de andar mais depressa para não se atascarem fazem mais ruido e precisam de mais espaço. claro que se ficares atascado com uma moto ou um carro são acima de 100 kilos certamente vai lá pegar nisso ás costas para mudares de sitio.... a bike não pesa tanto e se atascares pegas e mudas de sitio.

Não concordo com violência nem com egoismos. Mas há ai muito animal que é muito mal educado e violento sim.

Antes de criticar os outros temos que ser suto-criticos para nós próprios. e nunca pensarmos que temos a razão toda porque estamos muito enganados então.

Quanto aos Cães têm tanto ou o mesmo direito que tu de andar onde quizerem, agora tu pensas e reages. eles não pensam como tu. portanto não sejas cobarde e não batas nos animais. Evita-os Há formas nmenos violentas de afastar os animais.

Que mal é que tem " alma silenciosa" pelo menos não ando para aqui armado em Chico espertocomo muita gente a dizer que fáz e que aconteçe. e no fundo secalhar nem "cara tem para levar um estalo" ou uma "mordidela de um cão" ou " com um monte de lama na cara" ou com uma "Pedrada na Cabeça". Porque não aprende o que é educação e respeito civico pelas pessoas e pelos animais. Estou no meu cantinho Em Paz com a vida a ver as Babuzeiras que por aqui tanto se escrevem.

as2017626
04-03-2011, 23:59
Este tópico é uma risada.
Mas no caso de um Pastor Alemão que queria morder (há 2 sitios ende passo que têm 2 há solta e eu sempre que lá passo só desejo que eles não saiam) tens lá tempo de tirar o spray ou parares para apanhar uma pedra ou um pau. Mesmo que consigas fazer isso, ou és muitissimo certeiro, ou só lhe aumentas a raiva.
Vocês não têm noção do potencial de alguns cães. Experimentem ver um treino de cães em que o cão vá fazer mordida (mondioring), seja uma raça PP ou um Pastor ou um Malinois que é mais leve mas mais ágil.
Considerem aqueles caninos, a força da dentada, a elasticidade, a força, a tracção das 4 patas, a energia, o impulso, etc...
Já alguma vez tiveram um cão de 30's ou 40's Kgs a atirarem-se a vocêm e numa postura de morder? Achas que socar o cão vai ter efeito prático? LOLOL
Talvez consigas ser eficaz se for um cão "mole", mas arriscas-te sempre a uma trinca e depois é o que já disseram... com o cão À solta a querer morder-te vais parar, bater à porta ou ao portão da quinta e falar com o dono? Debater a questão?
Ligas à policia? riem-se de ti e dizem que não têm pessoal/transporte para lá irem e se forem é quando? Estavam mesmo À espera da tua chamada para irem ao local a correr?

O melhor é passarem de mansinho, se poderem evitar é a melhor opção, isto no caso de o cão vos colocar em perigo.
Se for um cocker ou parecido, ou dás ao pedal, ou tentas assustá-lo e ele recua de imediato, podes fazer um zig zag, ou desmontas e proteges-te com a bike, mas essencialmente tens de avaliar a situação e a atitude do cão.

Ainda ontem fui pedalar á 1h(24h) e estavam uns cães pequenos na estrada. Parava e perguntava-lhes onde moravam para lá ir bater à porta? Como vi que iam ao meu lado a ladrar por ladrar, rodei ligeiramente o corpo, estendi o braço a olhar para eles como se lhes fosse dar uma festa e percebi que eram pacificos.

Já tive uma cadela perdigueira que não se ensaiava nada para morder, fosses de bicicleta ou a andar. Bastava ela desconfiar.

Abraço

xcbiker
12-03-2011, 12:55
Se não conseguirem fugir, em ultima autodefesa andem sempre com uma navalha, para ao menos quando o cão/cães vos tiverem a morder, se poderem defender com algo mais letal e tentar atingir a zona do pescoço

Nuno Borges
12-03-2011, 16:00
Viva!
Há dias passei numa zona de obras e fui perseguido por um rottweiller e outro weeiler qualquer. Toca a dar ao pedal, por sorte consegui fugir.

lmtc16
12-03-2011, 17:12
Grave é quando se é mordido e o dono do cão diz que não é dele e não o conhece, depois de levar com uma bicicleta em cima chama as autoridades e ai já se lembra que afinal o cão têm dono e por acaso o dono é ele.

isaac
14-04-2011, 13:57
Boas,

até ontem, nunca me tinha preocupado muito com o problema dos caes agressivos , apesar de já ter ouvido relatos acerca do assunto..o que é certo é que, digam o que disserem, estes caes podem ser muito agressivos e atacar-nos, é necessário precaver-nos para não ter dissabores, embora cada caso seja um caso e o mesmo se aplica aos caes que nos correm atrás...deixo aqui o meu relato:
..Ontem á tarde num treino BTT nos campos de Castro Verde por entre azinheiras e chaparros saem 2 cazarrões de gado ao nosso caminho sempre a ladrar e bem junto aos sapatos ainda lhe senti o bafo, tão perto que ficou de me ferrar o dente!!!pior que isto é que eramos 2 homens e 1 mulher,julgo que sprintando um pouco os teriamos cansado ao fim de uns minutos, todavia não podiamos abandoná-la!!a solução foi continuar a pedalar o mais rápido possivel, ainda ponderei parar e juntarmo-nos os 3 no meio das 3 bikes, mas ao avaliar o tamanho dos bichos facilmente se empoleiravam nas bikes e poderia ser pior...a nossa SORTE é que ao fim de uns minutos a pedalar mais depressa, apanhámos uma rápida descida e acabaram por se cansar e desistiram...penso que dar com o sapato no focinho dos bichos pode ser pior, é possivel que nos desiquilibremos e se cairmos poderá ser trágico...O facto é que estas coisas acontecem muito rápido,a vontade de querermos sair da situação impede-nos muitas vezes de pensar claro!!
Encomendei um aparelho de ultrasons, depois desta não saio para o campo sem ele, espero que resulte e afaste os caes sem stress!!
Alguêm tem um aparelho destes?resulta ou é treta?
Abraços e boas pedaladas!!E cuidado com os caes!! =)

Jota 21
14-04-2011, 15:30
Para aliviar o stress desta questão dos cães: há uns dias andava eu a pedalar nos campos perto da Terrugem, Sintra, quando após uma curva me vejo no meio de uns 8 ou 9 canídeos. Claro que começaram a ladrar e a dirigirem-se a mim. Parei para ver o que ia dar aquilo. A parte engraçada, agora porque na altura não teve graça, é que como ando com pedais de encaixe há muito pouco tempo esqueci-me de tirar o pé do encaixe quando parei e pumba! chão com ele:p. Os cães ficaram a olhar para mim e devem ter pensado: "que é que este gajo tá aqui a fazer no meio do chão?":confused: Cheiraram-me mas não eram agressivos e não me ligaram mais. Depois de arrancar e quando me viram de costas claro que voltaram a ladrar atrás de mim mas isso é típico dos cães... O que vale é que não havia mais ninguém a ver, era só eu e eles.
Logo a seguir passei por um campo cheio de bosta de vaca fresca e não consegui evitar passar-lhe por cima e ficar com as pernas salpicadas de trampa:(. Enfim, há dias de azar mas podia ser pior e mesmo assim não me arrependi de ter saído naquela tarde. Os Kms que fiz, souberam que nem ginjas...

Mach 4
15-04-2011, 00:35
Ó Jota,
Tens noção que te deparaste com uma matilha :shock: ? - É numa circunstância assim que eles normalmente se tornam mais agressivos, por isso acho que tu realmente tiveste muita sorte. O máximo de cães que eu encontrei juntos foram 3, e mesmo assim :lol:.

Parti-me todo a rir foi com a chapinadela de caca fresca de vaca que levaste nas pernas :D,mas deixa lá que eu também uma vez levei um "banho de água choca" pelos calções dentro ;).

Jota 21
15-04-2011, 12:05
Mach 4,
Não me pareceu assim tão grave. Não sei se estamos na época do cio das cadelas mas aquilo parecia mais aqueles grupos de cães atrás de uma cadela. Eram de várias raças e a maior parte deles talvez rafeiros. Daí até falar em matilha não sei... Não foram agressivos, ladraram mas depois de me ter levantado do chão e recomeçado a pedalar até iam a fugir à minha frente. Quando os passei e me viram de costas, claro que voltaram a ser uns valentões a ladrar atrás de mim mas aí já eu tinha visto que não havia problema. Não costumo ter medo de cães mas nunca se sabe...
Só contei aqui este episódio pelo ridículo da situação. Ter-me esquecido de desencaixar o pé do pedal, cair no chão (a zero à hora) e os cães ficarem a olhar para mim, não deixa de ser um pouco ridículo, não é?:o
Anteontem passei pelos mesmos sítios, já não havia cães e as bostas de vaca já tinham secado...

Carlos Viga
15-04-2011, 12:31
Boas pessoal,

Alguma agressividade se verifica neste tópico e sinceramente era escusada. A questão principal é que os cães são animais domésticos e não pertencem à natureza selvagem, diz a lei, que devem estar presos ou circunscritos a uma área reservada e fechada, para que de uma forma tranquila as pessoas possam usufruir da natureza.

Quando acontece um confronto homem/cão impera a velha "lei", a da sobrevivência. Que contrasta bastante com a velha máxima dos donos dos cães (quando aparecem) de que "o cão não morde, não se preocupe".

Abraço

grox
15-04-2011, 14:04
Então mas conhecem alguma ajuda melhor para o treino de sprints?

Uma vez já há alguns anos, deparei-me com 3 pastores alemães a correrem em minha direcção, justamente quando passava por um areal, daqueles que se tem de meter a avozinha... estava eu a sair da areia quando eles já só estavam a 2 ou 3 metros de mim, lá consegui arrancar e fugir...

Quando a coisa está mesmo grave, é perder o amor a alguma água do bidon e apontar o esguicho ao focinho, em princípio resulta, já que não gostam de ter o focinho molhado.

Mach 4
15-04-2011, 14:55
Só se fores um "Luky Luke" para teres tempo de molhar os 3 focinhos ao mesmo tempo...
Ou seja nessa situação, em principio, não iria resultar.

Este excelente post confirma essa realidade :



Mas no caso de um Pastor Alemão que queria morder (há 2 sitios ende passo que têm 2 há solta e eu sempre que lá passo só desejo que eles não saiam) tens lá tempo de tirar o spray ou parares para apanhar uma pedra ou um pau. Mesmo que consigas fazer isso, ou és muitissimo certeiro, ou só lhe aumentas a raiva.

MaxMartin
15-04-2011, 17:08
Boas pessoal.

Pessoalmente nuca tive o azar de encontros imediatos com cães (ferradela na perna) :D, gostaria no entanto de deixar a minha experiência com estes animais enquanto pedalo aqui descrita. Faço estrada, campo, e desloco-me na cidade de bicicleta, para o trabalho etc, já tive muitos cães a correr para mim a ladrar, normalmente, depende de situação para situação, basta parar e desmontar para o animal mudar completamente de atitude, até costumo chama-los e fazer-lhes festas (depende do tamanho do bicho, e se denoto que já não se encontra agressivo), e depois volto a montar e continuo.
Não percebo de psicologia canina, mas há qualquer coisa que os deixa loucos quando nos vêm em cima da bicla.

Só para rematar, encontrei muitas dicas aqui neste tópico, mas continuo a preferir evitar qualquer encontro ou confronto, já me aconteceu ser perseguido por 2 vacas(ou bois) no meio do campo, estávamos ainda longe quando eles se viraram para nós pelo que deu para dar meia volta e seguir para trás, ui ui eram grandes :aiui:.

Jorge S
29-11-2011, 14:28
Hoje calhou-me a mim.

Um rafeiro alentejano arraçado de pastor alemão resolveu provar-me o presunto.

Tive depois uma conversa muito racional com a dona, que se comprometeu a pagar os calções, e a quem aconselhei a prender o bicho antes que aconteça algo pior.

http://i246.photobucket.com/albums/gg92/silvajor/4b4eea9e.jpg

http://i246.photobucket.com/albums/gg92/silvajor/722ec5a6.jpg

Jocas22
29-11-2011, 14:54
este fim semana tive de atravessar uma estrada cheia de carros só pra evitar uns pares de dentes afiados. por sorte os condutores foram porreiros e os caes nao tiveram coragem de atravessar a estrada

mas realmente o que se vê mais são donos que soltam inconscientemente os caes, sempre com a mesma desculpa que os animais nao merecem estar presos. enfim...

Nimrod
29-11-2011, 15:37
Já por mais k uma vez k foi perseguido por cães, e uma vez não foi atropelado numa estrada pk um condutor teve a inteligência e perspicácia de se desviar e parar o carro, evitando assim bater em mim. Se ainda cá estou devo-lhe a ele. Ainda na quinta-feira passada tive de fugir a 3 cães, k pela sua aparência, e pk eu tb já tive um, eram serra da estrela, e ainda por cima numa zona a subir (inclinação a cerca de ai uns 5%) e com a estrada em mau estado, a sorte k é um deles se fartou e parou, passado alguns metros, tendo os restantes desistido com ele logo a seguir, acho k eu tinha melhor condição fisica k eles.lol
Mas muito sinceramente acho k o maior perigo nas estradas pra os ciclistas não são os carros, isto se tds se respeitarem e estiverem atentos, mas sim os cães, k muitas vezes não é pelo morder mas sim pelo facto de nós termos de fugir o k leva a outras situações.

JOH
29-11-2011, 16:01
Adoro cães, mas é irritante quando se vai a subir em terra e aparece um cão do nada a ladrar e a querer abocanhar os pneus ou as pernas! :mad:
É da maneira que subo mais depressa :D
Mas quando o cão vem acompanhado com ovelhas que bloqueiam o caminho e se tem obrigatoriamente de voltar para trás é ainda mais irritante! :fpalm:

Gun_Hugo_Dale
29-11-2011, 17:14
Boas

Já me aconteceu um imprevisto, não com um, nem dois, mas com cerca de 20... cães Serra da Estrela, na zona de Arouca, Distrito de Aveiro, num caminho que dava acesso a uma Estrada Secundária, perto da Serra da Freita.

Eu vinha com 2 amigos, um do Ribatejo e outro da área envolvente, ao chegar a um caminho, aparecem-me os cães todos, ainda novos, com médio porte, todos a ladrar, nós os 3 deixamo-nos estar quietos e serenos, depois aparece-nos ao lado, um "lobisomem" vindo de dentro de uma barraca, que "tresandava" mal que eu sei lá, com um bocado de mangueira na mão, a ralhar com nós porque não podiamos passar naquele local, o rapaz da zona quis dar a volta, mas disse-lhe para aguardar uns minutos.
Ora sendo este um caminho público, e sendo eu agente de autoridade, dirigi-me ao sr., identifiquei-me, disse-lhe que os cães, sendo ele o proprietário, teêm de estar presos, que o local é de livre acesso a qualquer pessoa e, tendo ele o bocado de mangueira na mão, seria uma ameaça, disse-lhe para baixar o mesmo, além da sua viatura que estava no meio do caminho, não podia estar naquele local pelo que se não a retirasse (para ninguem passar por lá) iria chamar a GNR ao local, prontamente mudou completamente a atitude e acatou a "ordem".

Foi um dos maiores sustos que apanhei nas voltinhas de fim de semana (os cães), é preciso andar atento, eu para os assustar, antes de aparecer o homem, coloquei a bike á minha frente, na tentativa de intimidar os mesmos, ficaram logo assustados comigo, e depois a situação ficou resolvida.

NUNOPB
29-11-2011, 18:01
O maior problema é quando vimos embalados a descer e aparecem caes assim do nada. A dias num dos trilhos na arrabida vinhamos a descer com algum ritmo quando um cao sai de dentro de uma quinta e se vira a nos por sorte nao aconteçeu nada mas se algiem cai nao ficava bem de certeza. É preciso mesmo cuidado.

MARCIO_LOPES
29-11-2011, 21:17
Boas...
costumo treinar na zona do Carregado, Alenquer, Azambuja, Casais de Britos, Ota etc...
e foi na zona dos casais de britos fui por mato ate la ao cimo depois ia descer em direçao a Alenquer vou para descer chego ate meio mas tambem nao era muito grande quando veijo a virem em direçao a mim e a mais 5 colegas meus um PASTOR ALEMAO E UM ROTTWEILER umas grandes bestas e eu pensei o que fazer?
nao deu para pensar como eu ia a frente desmontei logo e meti-me atras da bike mesmo assim estava avançar depois comecei andar de costas e tivemos muita sorte foram-se embora ui que alivio.
Tanto que ja nao passo la para ir treinar

cgomes
30-11-2011, 14:51
Atenção ao pessoal que custuma pedalar na Arrabida :( :( :(

http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=2157431

cmbo
30-11-2011, 16:20
Boas,
a mim também já me aconteceu e a melhor táctica quanto a mim é desmontar da bike e meter a mesma entre o animal e o biker! isto claro se já não houver a minima hipotese fuga, caso contrário é dar ao pedal com toda a força!!!!

Jocas22
30-11-2011, 16:49
boa noticia essa da Arrabida. Já por algumas vezes avistei conjuntos de rafeiros de todos os tamanhos e feitios a passearem juntos.

outro sitio problemático é na Fonte da Telha junto à base da marinha, aquilo é um canil a ceu aberto.

btt :)
30-11-2011, 17:24
a mim ja me aconteceu eu ir dar uma volta simples na bicicleta de um amigo e numa subida um pouco inclinada estava um portão aberto ao qual eu não liguem e segui mas sairão de la 2 caens desparados a correr eu começei a pedalar acerio mas os caens continuaram a correr atras de mim mas depois de uns escassos metros la me deixaram ir em paz... :p bolas e uma experiençia a nao repetir.

tinric
30-11-2011, 18:00
Eu diria que em 90% dos casos ou mais.. se não mostrarmos medo nem fizermos nada "estupido" para os assustar ou enfrentar... eles ladram, ladram mas a "caravana" passa e não se passa nada...

Mas a minha teoria ficou por agua, quando no outro dia um rafeirinho que mal se via... me tocou com o dente... nem magoou.. mas tocou o que para mim foi inédito.. pois às vezes até costumo "falar" com eles, manda-los para casa (pois muitas vezes só querem defender o seu território) por vezes até se sente a respiração deles perto das pernas... mas não se passa nada...

Os desgraçados nem têm a culpa e normalmente pagam por ter ou pelos donos que são os verdadeiros culpados...

Mas sim... também já me deparei de frente com um pastor alemão num portão aberto que "tremi"... mas segui em frente .. não entrei no território dele e ele não saiu... não se passa nada... afinal eles são os nossos melhores amigos... :)

melros
30-11-2011, 19:24
Eu diria que em 90% dos casos ou mais.. se não mostrarmos medo nem fizermos nada "estupido" para os assustar ou enfrentar... eles ladram, ladram mas a "caravana" passa e não se passa nada...

Mas a minha teoria ficou por agua, quando no outro dia um rafeirinho que mal se via... me tocou com o dente... nem magoou.. mas tocou o que para mim foi inédito.. pois às vezes até costumo "falar" com eles, manda-los para casa (pois muitas vezes só querem defender o seu território) por vezes até se sente a respiração deles perto das pernas... mas não se passa nada...

Os desgraçados nem têm a culpa e normalmente pagam por ter ou pelos donos que são os verdadeiros culpados...

Mas sim... também já me deparei de frente com um pastor alemão num portão aberto que "tremi"... mas segui em frente .. não entrei no território dele e ele não saiu... não se passa nada... afinal eles são os nossos melhores amigos... :)


Nem mais, são os melhores amigos do homem, e logo a seguir vem o bacalhau...
mas pior da isso é ler as calinadas que se dá no nosso Português.

nmt
29-12-2011, 11:02
É verdade o que foi dito pelo melros. Se pedalar feito doido para fugir de um cão é doloroso (já nem falo de sentir os caninos), a forma como a língua de Camões é tratada por alguns membros deste fórum, ui ui, nem sei que diga...

RuiDiegues
29-12-2011, 12:16
Não sei se resulta ou não, ou se alguém aqui conhece ou já usou um aparelho deste tipo, mas aqui fica o que encontrei após uma rápida pesquisa:

** Desculpem o tamanho do post.

Produto:


Dazer - Afastador de Cães

Preço:


R$144,90

Descrição:

Leia com atenção a descrição abaixo, antes de se decidir pela compra do aparelho:

O DAZER é um aparelho conhecido mundialmente e muito usado por carteiros e entregadores de mercadorias nos Estados Unidos e na Europa, com grande sucesso, para manter afastados cachorros que protegem seus territórios. Também são relatados casos em que cachorros desconhecidos e de rua são mantidos longe de corredores e ciclistas, com o simples apertar do botão do DAZER.

Cães que ficam latindo na varanda ou no portão, toda vez que você passa ou aparece na sua janela, também serão desencorajados a manter este comportamento com o uso do DAZER.

O DAZER é um aparelho que previne ataques de cães e latidos excessivos, mesmo quando o peludo está longe de você. Ele é indicado para as pessoas que caminham onde há cães soltos e para aqueles que querem "ensinar" os cães dos vizinhos a pararem de latir.

Aliás, no caso do cachorro do vizinho que late incessantemente, é bom estar ciente que o DAZER é extremamente efetivo para aqueles casos em que o peludo late por causa de um estímulo visual ou auditivo, ou seja, toda vez que alguém passa na frente do portão, da varanda, ou quando alguém chega no corredor. No entanto, se o cão late, ou uiva e chora, porque fica muitas horas do dia sozinho, ou não é exercitado adequadamente, ou fica preso em uma área muito pequena, ele provávelmente irá parar de latir assim que ouvir o som emitido pelo DAZER, mas irá retornar aos seus lamentos e protestos poucos minutos depois. Se o cão latidor mora na sua residência o DAZER terá melhores resultados se for usado para condicioná-lo a parar de latir associado a recompensas pelo bom comportamento (não latir).

A sua postura corporal também influencia no impacto que o DAZER exerce sobre o comportamento do cão. Uma atitude assertiva e "dominante", com postura ereta e firme, associada a um comando de voz, pode ser um complemento importante ao som emitido pelo DAZER. É importante não assumir uma postura agressiva e desafiadora caso um cachorro estranho venha na sua direção com cara de poucos amigos. Ficar firme na sua posição, parecendo "alto e grande", mas sem olhar o cão nos olhos irá causar grande impacto no peludo quando ele ouvir o som desagradável do DAZER incentivando-o a ir embora antes de partir para uma investigação ou um ataque.

Utilizando a mais avançada tecnologia de ultra-som, o DAZER produz um som desagradável e de alta potência, mas não prejudicial à saúde, que é audível aos cães, mas não aos humanos. Ele ajuda a interromper a aproximação de cães indesejados a uma distância de até 6 metros. Ele também é muito útil para treinar cães. Sempre que ele fizer uma coisa errada basta acionar o DAZER que ele irá associar o som desagradável com a ação errada.

Ele é feito de um plástico leve de alto impacto e tem uma presilha de cinto para você carregá-lo junto com você.



O DAZER é excelente para:

- joggers
- pessoas que caminham
- carteiros
- ciclistas
- entregadores
- leitores de medidores de luz, água, etc
- vendedores porta a porta
- policiais
- bombeiros
- inspetores
- interromper latidos excessivos

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O DAZER:

- Eu posso ouvir o som do DAZER?
Não, o som está na região ultra-sônica, que está além da faixa audível para os humanos. Cães e gatos podem ouví-lo claramente.

- Até que distância o DAZER é eficaz?
Sua melhor performance para parar um cachorro é na distância máxima de 6 metros, embora o ideal é acioná-lo logo que você avistar o cachorro, mesmo que ele esteja bem longe.

- O ultra-som irá passar por paredes e vidros?
O som não irá ultrapassar vidros, paredes, portas, ou cercas vivas. Porém ele irá ultrapassar cercas de arame ou telas.

- Como eu posso saber se o DAZER está funcionando?
Há um led vermelho no DAZER que acende toda vez que ele for acionado. Se o led não acender é sinal que acabou a bateria ou que ele está com defeito.

- Quanto tempo dura a bateria?
Em condições normais a bateria do DAZER dura 1000 ativações de 1 segundo. O que é suficiente para aproximadamente 1 ano de uso.

- Pode o DAZER fazer um cachorro parar de latir?
Sim, usando repetidas vezes e falando bem forte o comando QUIETO, sempre apontando o aparelho na direção do cão, você pode ensinar um cachorro a parar de latir.

IMPORTANTE: A eficácia do DAZER é baseada na emissão do som, e muitos fatores podem afetar o seu desempenho. A distância do cachorro, sua idade, temperamento, e treinamento podem afetar a sua reação. Cães com deficiência auditiva não reagirão ao DAZER. É aconselhado cautela no seu uso.


ATENÇÃO veja abaixo as limitações do aparelho:

Existem alguns mitos e expectativas "milagrosas" a respeito de aparelhos ultra-sônicos que podem deixar o comprador do DAZER frustrado. Por isso gostaríamos de esclarecer alguns pontos importantes para a sua satisfação e segurança.

O DAZER não é 100% eficaz com todos os cães;

O DAZER não funciona com cães que possuem alguma deficiência auditiva;

O DAZER não é capaz de deter o ataque de um cachorro treinado para guarda, nem um cão altamente motivado ou agressivo;

O DAZER pode não ter o efeito desejado de intimidação com o seu cachorro ou com cães familiarizados com você;

O DAZER não funciona se houver obstáculos ou barreiras físicas entre o aparelho e o cão, como muros, vidros, ou portas;

O DAZER não interrompe brigas de cães;

O DAZER não faz milagres!!!

ISSO QUER DIZER QUE O ELE NÃO FUNCIONA?
Muito pelo contrário, o Dazer é um aparelho reconhecido mundialmente pela sua eficácia e qualidade. Veja especificações abaixo:

DIMENSÕES: 12CM X 5CM X 3 CM;
FREQUÊNCIA: 25KHz (superior à ouvida pelos humanos);
VOLUME DO SOM: 120 Decibéis.

Produto fabricado nos Estados Unidos com componentes de primeira qualidade, importado com exclusividade pela BitCão!

G1zm0
29-12-2011, 12:27
Sou contra qualquer dispositivo desses.
Acho preferível o belo do esguicho de agua ou mesmo ignorar e pedalar.

Vejam desde o min 0:30
A reação dos animais não me parece de simples "afasta-te".

http://www.youtube.com/watch?v=_lKTdHw-Q0M&feature=related

fmesquita86
29-12-2011, 13:19
Coitados dos animais... =( creio que é bem preferível água para cima ou dar às pernas e fugir dali... Ainda para mais porque as reacções dos cães, na maioria das vezes, são uma resposta a estímulos que lhes chegam, mesmo que não haja intenção de os magoar ou fazer mal... É a minha opinião apenas... ;)

Rider 33
29-12-2011, 13:40
o DAZER e outras bugigangas do género são um autêntico crime contra os animais! experimentem vocês encostar o ouvido a uma coluna enorme, som no máximo... provavelmente é o mesmo que os pobres animais do video acima sentiram!

xcbiker
29-12-2011, 14:53
Neste tema só há uma causa, é o mau funcionamentos dos canís municipais, poix já tentei utilizar esse serviço publico e em nada deu, é mais um serviço em que se gasta dinheiro publico pra nada.
cumprimentos

marrokan
29-12-2011, 15:52
o que eu faço é ignorar quando dá, mas sempre com um olho no burro e outro no cigano, ou deito água.
estava eu a fazer lx-fátima sozinho e dou de caras com um enorme pit-bull; parei, desmontei da bike, tirei uma foto e passei por ele com a bike a fazer de escudo quando passei por ele, virei-me de costas e fui andando sempre com muita atenção e quando senti que estava afastado dele montei e pedais para-que-te-quero, dasssss :omg:
o coração estava a querer saltar do peito para fora :D:D
https://fbcdn-sphotos-a.akamaihd.net/hphotos-ak-snc6/215282_205369069496122_100000690914520_624235_2562 245_n.jpg (https://fbcdn-sphotos-a.akamaihd.net/hphotos-ak-snc6/215282_205369069496122_100000690914520_624235_2562 245_n.jpg)
está ao pé das ervas do lado direito, nem queiram saber a largura do bicho,:aiui:

Francisco Xavier
30-12-2011, 01:15
Já postei neste tópico por passar por situações que receei pela vida, pois foram cinco cães vadios de grande porte, um deles rotveiler.

Infelizmente constato que cada vez são mais frequentes estes encontros, talvez pelo período de dificuldades que leva as pessoas a abandonar os animais.

Tenho cães e alguns de raça considerada perigosa (fila de S.Miguel) e sempre tive o cuidado e respeito pelos outros, para salvaguardar de situções como as aqui descritas.

Quem diz que os cães não são potencialmente letais, é porque ou nunca os teve ou nunca leu noticías de ataques mortais a pessoas na via pública. se gostam tanto assim dos animais desvalidos porque não os recolhem e os tratam? Ou melhor os levam a um veterinário licenciado para tal e lhes dão uma morte digna?

Em encontros como os que já tive (em plena via pública) só lamentei não ter a caçadeira à mão!

G1zm0
30-12-2011, 09:15
Vindo de quem tem animais, desculpa mas é um comentário triste.......
Os animais são desvalidos por opção dos mesmos? ou por nascerem sozinhos e assim se aguentarem(?) ou por serem abandonados por otarios que pensão que os animais são um objecto(?).

Por eu defender os direitos deles, tenho algum dever ou obrigação de os acolher a todos ou de tratar de futuro para eles?
Tenho dois cães e um deles adoptado já com linfoma em estado avançado. Acho que o meu dever para já esta cumprido, resta-me respeitar os restantes, coisa que muita gente não faz.

abelha2
30-12-2011, 11:13
Eu nunca tive problemas de maior com cães, e nunca vi nenhum cão de grande porte aparentemente perigoso solto.

No entanto não posso concordar com os comentarios contra o dispositivo emissor de sons, que afasta os cães.

Primeiro, em que se baseiam para dizer que aquilo é doloroso para eles? penso que se fosse, eles ainda atacavam mais...Sei que no exercito se usam dispositivos semelhantes para dar ordens aos cães em surdina.
Segundo, admitindo que é doloroso para os animais, basta fazer uma utilização racional. Não é pressionar aquilo sempre que se ve um cão, mas por exemplo em situações como o user marrokan postou, em que a sua vida está em risco.

Acho que é preferivel usar esse aparelho sobre os cães (eu não me aproximava de um pitbull para lhe deitar agua) em casos de risco, do que ser atacado e ferido por um, com gravidade.

nmt
30-12-2011, 11:23
Concordo na integra. Lá por se ter uma arma não é preciso andar aos tiros a tudo que mexe. Mas se a nossa integridade física estiver em risco, será sempre bem vinda.

Jocas22
30-12-2011, 11:59
chumbo em tudo quanto é cão! :)

não agora a sério, muitos cães passasse por eles e eles nem olham pra nós, outros são só pequenos chatos, houve um que começou a fugir à frente da bike e tive de parar pra dona o ir buscar :D senão o cão nunca mais parava.

Agora nos rafeiros, que insistem em perseguir a bike, com porte e dentes pra fazer mossa se tivesse uma arma, levavam com chumbo, pouco me interessa se de facto mordem ou não. O mesmo ai pro jingarelho.

Mecanico do Paladar
30-12-2011, 12:00
Cães na Arrabida?
Não me recordo de ter problemas com eles, já com motas e jipes é preciso ter mais cuidado!

RuiDiegues
30-12-2011, 12:01
Eu já tive um encontro nada agradável com um "pastor alemão" e que me deixou as marcas dos caninos num tornozelo... o mais estranho, é que só dei pelo bicho quando já estava agarrado á minha perna, ou seja, na passagem por um caminho estreito no meio de uma aldeia o bicho aproximou-se sem ladrar, nem eu nem 2 colegas demos por ele mordeu-me e fugiu... !!! Tendo em conta o porte do animal tive sorte não ter ido ao chão... parei para ver o estrago na perna, e lá estava o tornozelo rasgado, felizmente como estava frio, as calças e as meias ajudaram a minimizar o estrago na perna, mas as cicatrizes cá ficaram para não me esquecer... ainda tentei saber de quem era o cão, mas por incrível que pareça o cão não tem dono... souberam dizer-me que o cão é mau que já mordeu mais pessoas, mas que anda por ali e não tem dono...

Jocas22
30-12-2011, 12:03
jipes nunca tive a experiência, agora motas ouves a kms, só não tomas precauções se não quiseres. Agora cães aparecem dum canto quando menos esperas.

Na Arrábida há lá matilhas selvagens, que ainda me fazem mais confusão, que uma dentada daquilo é perigoso não só pela dentada mas pelas potenciais doenças.

carrixo
30-12-2011, 12:42
já alguem tentou enfrentar algum cão?? do genero chamar ao assobiar com o intuito de fazer/dar mimos??Ou no entanto pegar numa barra energetica e dar ao animal??
Experimentem...
A maioria dos caes ladra mas só quer é mimos e brincadeira...
Somos piores e mais perigosos nós humanos do que os pobres animais que são na mairia abandonados!!

Daniel
30-12-2011, 12:51
Somos piores e mais perigosos nós humanos do que os pobres animais que são na mairia abandonados!!

Ora aqui está uma coisa muito certa! Pena tenho eu que alguns cães, com dono, não tratem os donos como eles os tratam...

Mas enfim, deve ser por ter pensamentos destes que chego a gostar mais dos animais que das pessoas...

Quanto a encontrar cães nos trilhos, pois, é sempre uma surpresa. Até ver nunca tive chatices, mas uns sustos já cá cantam. Tento sempre falar para eles, de forma simpática e não brusca. Se eles estão já nervosos, de que vale assusta-los ainda mais?

Nesta altura do ano, tenho mais medo dos caçadores...

Jorge S
30-12-2011, 13:54
Nem todos os cães querem só mimos e brincadeira: Tal como as pessoas, também há cães com diferentes personalidades e não é só por terem sido maltratados que são agressivos. Os nossos amigos canídeos são por natureza territoriais e defendem a sua zona contra estranhos, sejam outros cães ou pessoas. Normalmente não nos ligam quando estão muito para além do seu perímetro.
Em relação ao que me mordeu, fiz quase tudo o que podia para que o bicho me aceitasse no seu território (até era para lhe levar uma salsicha mas esqueci-me). No dia anterior quando veio ladrando atrás, desmontei, agachei-me e chamei-o, adoptando uma postura amigável mas o cão, rafeiro alentejano arraçado de pastor alemão, é nervoso e desconfiado e só parou de ladrar e veio cheirar-me quando o dono apareceu.
Por isso, no dia seguinte, pensei que já me conhecesse melhor, tratei-o pelo nome (Miga), fui conversando com ele enquanto ladrava ao meu lado e quando deixei de olhar para ele para falar com o meu primo que ia mais à frente trincou-me ligeiramente a coxa para mostrar que continuava a não concordar com a nossa passagem por ali.

Atenção que os cães são muito mais perigosos quando estão em grupo porque se incentivam uns aos outros e sentem-se mais fortes por estar em matilha (tal como as claques de futebol).

Quando se trata de auto defesa não recrimino que se use seja o que for: é a vossa pele, e nem só, que está em risco.

carrixo
30-12-2011, 14:17
"Mas enfim, deve ser por ter pensamentos destes que chego a gostar mais dos animais que das pessoas..."
Já somos dois meu amigo partilho da mesma opnião e acredita que saímos a ganhar...

marrokan
30-12-2011, 18:01
só mando água quando vejo que o cão não é de morder e vem muito tempo atrás da bike a ladrar, claro que não vou mandar água a um pitbull....:omg:.
o que fiz naquele caso foi: desmontei da bike aí a uns 80m do cão e pensei; e agora, o que faço??????? tirei uma foto ao bicho e fui andando com a bike ao meu lado, estava praí a uns 30m, tossi porque o cão ainda não tinha olhado para mim,porque estava a cheirar algo nas ervas, para lhe dar o entender que eu estava ali e ver a reação dele, ele levantou a cabeça e ficou a olhar para mim uns bons 20 ou 30seg, foi ai que comecei a ficar com receio que ele viesse ter comigo, mas lá continuou a cheirar e eu passei, nunca o olhei diretamente nos olhos por muito tempo e fui olhando para ele assim de lado:hmmm:.
aquele cão provavelmente foi abandonado porque não tinha coleira,e não havia casas ali ao pé. mas foi assustador dar de caras com ele, sozinho e num sítio onde não deve passar gente com regularidade, leva-nos a pensar se acontece alguma coisa não temos ninguem para nos ajudar...

Mecanico do Paladar
31-12-2011, 11:59
Eu acho que devemos respeitar a bicharada e perceber que o mundo não é só nosso, pronto.
Parece que tomámos o planeta Terra em regime de exclusividade, e que nós somos os únicos que temos direito a andar por cá e a fazer o que bem nos apetece.
Quanto a ser mordido por cães, já fui, e curiosamente por um dos cães lá de casa, o que para mim teve apenas um significado, os cães têm dentes e quando mordem fazem doer.
Nenhum animal conseguirá alguma vez provocar danos ao ser humano como o ser humano provoca à bicharada!

Quanto a andar de BTT e ter medo dos cães é algo em que nem penso. Das duas quedas que mandei sozinho fiquei num estado que nenhum cão me conseguia deixar, por isso se há risco inerente na actividade de praticar BTT, acho que está muito mais relacionado com a nossa decisão de desfrutarmos desta coisa fantástica que é ir para o mato!
Não me venham dizer que a serra agora é só dos humanos, essa é boa!

Se têm medo de ir para a serra acho que não devem de ir, porque o medo inibe o prazer de fazer algo.
Na serra podem chocar com uma árvore, pode enfiar-se um galho num olho ou noutra parte do corpo, podem cair de uma ravina, podem cair e aterrar de boca aberta num cogumelo venenoso, podem ir parar a uma poça de água e como os pedais não desencaixam até há risco de afogamento, podem ser atacados por um enxame de abelhas, podem apanhar uma insolação ou desidratar, pode-se partir a corrente em esforço e saiem disparados em superman sobre o guiador, etc etc etc
Enfim ainda me lembro quando o BTT era uma actividade radical, agora tornou-se um "commoditie" e estamos a esquecer que o BTT se pratica ao ar livre, na natureza e na natureza é natural existirem bichos!


Eu já vi fotos de trilhos de BTT onde se encontram ursos pardos!
Reparem na cara assustada do Erik e do seu amigo!
Aposto que já ligaram para o Mayor lá do sitio para mandarem abater os ursos.
http://img269.imageshack.us/img269/7476/ursopardo.jpg
By mecanicopaladar (http://profile.imageshack.us/user/mecanicopaladar) at 2011-12-31

Recentemente saiu no youtube um video de um bttetista a levar com um antilope em África
Deve estar já em marcha um plano para exterminar os antilopes de África, já o fizemos com outras espécies.
http://img339.imageshack.us/img339/900/antilopehitsbtt.jpg
By mecanicopaladar (http://profile.imageshack.us/user/mecanicopaladar) at 2011-12-31

Lá porque o BTT se tornou um desporto de todos, o que não é bom, é ESPECTACULAR!!! Não podemos esquecer que tem muitos riscos e perigos inerentes!

Para terminar com a minha intervenção, só espero que esta coisa das reencarnações não funcione de todo, porque se temos o azar de encarnar num canito na próxima vida já sabemos com o que podemos contar!

Que sejam felizes no 3º semestre de 2011!

Daniel
31-12-2011, 12:08
Mecanico do Paladar, disseste tudo! :clap:

abelha2
31-12-2011, 12:27
Mecanico do paladar, usas capacete? assim já não é radical :fpalm:

entao e la por ser um desporto de risco, nao podemos minimiza-los?

não falo obviamente em matar os cães, apenas minimizar o risco, como referi num post na pagina anterior

Jocas22
31-12-2011, 12:32
uma coisa é encontrares um animal selvagem, outra bem diferente é cães que saem dum quintal treinados pra atacar, ou pior ainda quando os donos depois os abandonam mantendo a mesma atitude

Mecanico do Paladar
31-12-2011, 12:50
Sim pode e deve minimizar-se um risco.

Mas minimizar o risco é banir os cães do planeta?

Jorge S
31-12-2011, 13:01
Acho que aqui ninguém quer acabar com os cães. O que se discute são as melhores formas de evitar ser mordido porque o masoquismo no btt resume-se ás subidas de forte inclinação.

Mecanico do Paladar
31-12-2011, 13:03
a minha questão mantém-se.

Porque é que nós podemos andar no mato e os cães não?

Mecanico do Paladar
31-12-2011, 13:06
Eu sabia que já tinha escrito algures sobre os nossos amigos de 4 patas!

http://
leitecomgaz.blogspot.com
/2011/03/o-cao-e-manifestacao.
html

Fiquem bem!

Jorge S
31-12-2011, 13:17
Tenho 2 cães que também frequentam a via pública e que estão treinados ( socializados ) para interagir pacificamente com toda a gente.

Como disse atrás, os cães normalmente só são agressivos quando defendem o seu perímetro. Cabe aos donos a responsabilidade de prevenir situações potencialmente perigosas para quem passa no espaço público adjacente.

Os cães que habitualmente andam soltos e longe do seu território por norma não são agressivos, a não ser que estejam doentes (raiva) ou que o seu carácter tenha sido moldado nesse sentido, por violência, treino ou solidão.

nmt
31-12-2011, 13:30
Penso que ninguém põe em causa o direito à vida dos cães, ou até à sua liberdade. Apenas se falou de formas de defesa da integridade física de um indivíduo quando confrontado com a possível agressão por um ou mais cães.

DarkSkull
01-01-2012, 23:15
hoje ia mais um colega meu num belo trilho aqui na serr ada estrela quando demos de caras com 2 caes (serra da estrela) a correr na nossa direção.. posso dizer-vos que a minha bike nunca andou tao rapido...
desde que fui mordido numa perna em andamento fiquei com pavor so de os ouvir...

Nuncho
03-01-2012, 19:09
Num domingo destes, um amigo meu foi mordido por um cão de caça no meio do monte
no dia aseguir foi lá reclamar com o homen e ele disse que nós nao podiamos andar por lá, que era dia de caça, e quem lhe dera ter as vacinas em dia como o cão dele, e fechou-lhe a porta na cara
quer dizer, ja nao podemos andar por onde quisermos?

joaocs
03-01-2012, 19:43
O andar por "onde quisermos" depende, grande parte dos terrenos, mesmo estando ao abandono, têm donos.

Nuncho
03-01-2012, 19:51
ninguem invade terrenos
somente trilhos

cmmg04
03-01-2012, 20:17
os trilhos podem estar em terrenos privados, mesmo que estes não esteja vedados, nem os donos têm a obrigação de os vedar

João Maia
03-01-2012, 20:26
Julgo que a única opção mais sensata que temos é estarmos de olho bem aberto para os animais, graças a Deus nunca tive grande problema com cães, mas a mais recente que tive foi ao pé da Arrábida juntamente com a minha namorada, dois "burros" vieram atrás de nós, mas a nossa sorte foi que era um estradão e íamos bem lançados.. senão não sei como iria ser..

wawando
11-01-2012, 22:16
Desde puto que a questão dos cães nas voltas de bicicleta é uma chatice...
No entanto descobri uma solução: tenho um cão grande muito simpático que não faz mal a uma mosca e adora passear com ciclistas, seja eu ou outra pessoa qualquer e que não deixa nenhum cão ladrar para os seus companheiros de passeio.
Provavelmente muitos de vcs já andaram com ele aqui na serra de Sintra.

jpaf84
15-01-2012, 17:27
Eu na generalidade, quando vejo um cão, paro a bike e chamo pelo bicho. Maioria das vezes o bicho vem ter comigo e até me lambe as mãos, faço-lhe uma festinha e continuo a pedalar sem problemas. Outras vezes o que me acontece é o cão achar suspeito a minha tentativa de o chamar e foge. Também me acontece o cão não parar de ladrar e perseguir a bike durante uma eternidade, mas só me acontece com cães do tamanho de um gato, ou mais pequenos.

joaocs
15-01-2012, 19:12
Esguichem-lhe água do bidon para o focinho que desistem logo.

Ming@s
15-01-2012, 19:35
Temos de viver com eles e mais nada.

Do resto é so abrandar que eles vão a sua vida.

Cumps.

mylastwords
28-05-2012, 16:51
Boas pessoal do pedal venho aqui prestar o meu testemunho duma situação que vivi a semana passada... Decidi ir com o meu cunhado a Santo Tirso mas desta feita pela Serra da Camposa junto ao aerodromo... continuando vinhamos de Ermesinde, passamos Folgosa e a chegar a um restaurante bem conhecido estavam lá 3 cães ainda tentaram vir atrás de nós mas não tiveram hipotese vinha-mos embalados e nem cheiraram.... Depois ao passar o aerodromo deparamo-nos com uma matilha de 5 cães e vinham pa cima de nós e até mesmo dos próprios automóveis, a nossa sorte é que veio a GNR e resolveu o assunto mas aviso já para terem cuidado a lá passar porque não é de todo fácil e é um sitio onde se aproveita para abandonar este tipo de animais e fica logo a seguir a uma subida de grau facil(no meu ponto de vista) mas que nos obriga a diminuir bastante a velocidade e depois quem sofre as consequencias é quem anda de bicla... a culpa também é das autoridades competentes que deviam de aumentar a vigilancia deste tipo de problemas e encaminhar estes animais ao canil...

Fica aqui o aviso e quem quiser lá passar desejo boa sorte :)

PauloAgra
31-05-2012, 22:05
Boas pessoal,


Num domingo destes, um amigo meu foi mordido por um cão de caça no meio do monte
no dia aseguir foi lá reclamar com o homen e ele disse que nós nao podiamos andar por lá, que era dia de caça, e quem lhe dera ter as vacinas em dia como o cão dele, e fechou-lhe a porta na cara
quer dizer, ja nao podemos andar por onde quisermos?

Só agora li esta afirmação mas não achas que o caçador tem razão? Ainda o teu amigo teve sorte de ser só um cão pois aqui na minha zona são grupos de cães, olha que eu tenho 1,82m 84kg e eles a julgar pelo tamanho das pegadas pouco mais pequenos que eu serão :shock:

Eles têm dias próprios para caçar aqui na minha zona tem muitos campos de caça, incluindo uma sede e têm trilhos de sonho mesmo mas penso eu que terças, quintas e domingos de manhã é dia dos caçadores irem para o mato, pelo menos foi o que me disseram mas vou-me informar melhor, nesses horários é expressamente proibido entrar no campo de caça, quem entrar lá está sujeito a levar com os cães ou até mesmo com balas perdidas e a culpa é dos caçadores? Ai é que te enganas, quando vires placas vermelhas quadradas com um circulo branco lá dentro é ter muito cuidado pois podem ter caçadores e é um perigo. Penso que em vez de o teu amigo ir lá reclamar com o homem devia ir pedir desculpa por andar onde não devia, pois sabes o trabalho que o homem se mete se der um tiro a uma pessoa mesmo estando em terreno de caça? E que culpa tem o homem? Vê um arbusto a mexer dispara em vez de matar um coelho mata um "melro" que está onde não devia, cabo dos trabalhos, já para não falar do pesicológico pois ou tem problemas mentais e fica na boa ou então fica cá com um trauma ui, ui... Além disso devia também perguntar os dias que eles estão lá ou então na junta de freguesia pois isso é estipulado por eles e 100% legal.

O mato é e deve ser partilhado por todos, nós homens das binas artilhadas para enfrentar cascalho e lama temos sempre oportunidade para ir para lá, "Não vou hoje não faz mal vou amanhã!" os homens das armas/cães artilhados para matar coelhos e afins têm dias estipulados "Não vou hoje, agora só daqui a dois dias, nahh é melhor ir hoje!" não achas que é assim?

Atenção não sou caçador, não conheço nenhum e muito menos estou aqui a defender os caçadores só acho que tem de haver respeito e por motivos óbvios temos de ser nós a ter cuidado! Aliás agora que penso nisso estamos no fim da cadeia "prioritária" pois assim de repente os únicos que se devem desviar de nós serão mesmo os pedestres ou não? O resto ou tem motor, ou tem dentes ou tem armas, logo temos de nos desviar/evitar :mrgreen:

Cumprimentos.

mylastwords
02-06-2012, 17:40
muito sinceramente discordo completamente eu no meu caso fazia queixa na policia tu és livre de passear por onde quiseres e mais, pelo que dizes se um gajo levar um tiro a culpa não é de quem atirou, é de quem lá anda a passear não? isso não é assim deve respeitar-se sim senhor mas não é tudo um mar de rosas... acho que não vivemos numa sociedade que cada um faz regras... e digo-te mais se o caçador me fizesse isso um dia chegava ia caçar e os cães desapareciam... já te digo...

executive
02-06-2012, 23:58
PauloAgra, lamento mas discordo de quase tudo o que disseste...

Outra coisa, um caçador que atira para um arbusto só porque ele mexeu...devia ser-lhe retirada a carta de caçador e o respectivo uso e porte de arma, uma espingarda não é um brinquedo e deve ser manuseada por pessoas conscientes e responsáveis. Para além disso muito embora sejam caçadores e estejam na época de caça, não podem matar tudo o que mexe, alias quem tiver carta de caçador saberá que apenas pode atirar com o caça à vista e depois de conseguir identificar a espécie.
Relativamente ao srº ter batido com a porta na cara do bttista isso era assunto de fácil resolução, fazia queixa na GNR que depois teria de ser averiguado se as vacinas d cão estavam em dia, se este tinha chip, seguro e caso fosse de raça potencialmente perigosa nem poderia andar à solta e muito menos sem estar assaimado... Isto de ser ter um animal, trás muitas responsabilidades aos donos.

ueta
04-06-2012, 14:47
Sr PauloAgra numa pesquisa rápida pela net, encontrei o código do caçador onde sobressaem para contrapor aos seus argumentos os seguintes pontos:

- Atire só as espécies autorizadas e ao alcance do tiro.

- Certifique-se do alvo e do que está para além dele.

Logo a sua expressão: "Vê um arbusto a mexer dispara em vez de matar um coelho mata um "melro" que está onde não devia" julgo que foi um tanto ou quanto infeliz, pois alguém que faça isso não me parece que seja um caçador.

Tenho o pai de um amigo meu que é caçador e vai para montadas onde são feitos "arbustos" para que o caçador lá fique á espera do javali, logo não me parece que se dispare contra arbustos só porque se mexeram.

Outra coisas que aqui não está explicada é que zona de caça foi, pois á zonas restritas de caça, normalmente quintas, e aqui sim o acesso é restrito e se lá andam BTtistas não deviam, mas a maioria de zonas de caça do país são terrenos com donos, e em momento algum se pode privar seja quem for de lá andar, logo tanto direito tem o caçador de lá andar como o BTTista.

Há que haver bom senso, e da parte dos caçadores terem o cuidado normal de certificar-se em que estão a atirar, e dos BTtistas de ao passar numa zona onde percebam que estão caçadores tentar ser o mais discretos possíveis dentro do possível para não espantar a caça, mas de modo a que os caçadores percebam que vocês ali estão.

Pmiguel
27-08-2012, 17:21
Raios partam os cães, depois de vir de ferias e de ja ter dado 3 voltas mais sfts hoje foi dia pra meter 100km nas pernas basicamente por estradadoes, aos 10km 4 cães dois medios e dois pequenos fiz um sprint e não houve problema, aos 40km 1 deitado na estrada, maior que um cão policia e robusto como o catano, saco o bidon molho-lhe as fuças e o gajo parecia tar mas é a gostar, quando ele se aproxima dou-lhe com o bidon nas fuças e faço um sprint continuado, até que ele desistiu, olhei pra tras la mais há frente, o gajo jogou-se ao bidon cá com uma furia que acho que o desfez, livra..., mas o pior foi aos 90km ja não havia energia pro sprint, não havia bidon, 3 cães policia soltos a atacar, bem... por sorte ainda la arranjei umas forças pra acelarar um pouco e ralhar e foi sorte... se eu metive descontrolado e caído devia ficar bonito... que porcaria estes bichos deviam ser todos abatidos

Daniel
27-08-2012, 17:46
Olha Pmiguel, sinceramente se digo aquilo que penso da tua ultima frase serei provavelmente banido do fórum... Que ***** de comentário!

NunoMCCII
27-08-2012, 17:51
O chamado post de merd@! Não desejo mal a ninguém mas da próxima vez que leves uma trinca! :p

tekzz
27-08-2012, 18:05
Pmiguel (http://www.forumbtt.net/member.php?2453-Pmiguel) bem.... bela merdice esse comentário. Os caes podem gostar de nos, ás bicicletas é que não... quando ando no meu treino passo por um sitio que, quando vou a pé os caes nem levantam o cu do chão e quando ando de bike ja me estao a ladrar, mas nao atacam apenas vêm atrás de mim... Essa tua revolta de vir dizer para abater os coitados dos bichos... bem tem juizo que te falta muito!

jm.cruz
27-08-2012, 18:12
Tambem não precisam de cilindrar o homem, claro que o ultimo comentario dele foi infeliz, mas ao fim de passar o que passou....

carferreira
27-08-2012, 19:09
Na realidade é preciso ter galo... Ser atacado por tantos cães e só num dia! livra..

Bom eu também tenho tido uns encontros imediatos com os cães, mas o que mais me irrita são os rafeiritos, eh pá ladram, ladram e correm ao nosso lado até se cansarem.

Os grandes já é mais complicado, só porte de alguns mete respeito e, eu não tenho por hábito agarrar no bidon, (se calhar por causa disso é que ele se revoltou) continuo o meu caminho e quando pressinto que o bicho está com vontade de se atirar aí desmonto e fico à espera da reacção do mesmo e acabo por continuar (tavez eu seja sortudo), nunca tive problemas. Aqui na minha zona num estradão estão lá sempre dois dos grandes e teem o vício de estar deitados no meio do estradão, da primeira vez que lá passei desmontei e fui com todo o cuidado , simplesmente levantaram a cabeça e pronto, agora passo lá normalmente sem qualquer receio e até meto conversa com os bichos...
Tenho medo é daqueles grandes que estão dentro de muros, atiram-se contra os portões e/ou gradeamentos que fico a pensar "se te apanhas cáfora dás cabo de mim" e o medo que tenho é que eles realmente saiam de lá por esquecimento de portão aberto ou qualquer outro descuido dos donos.

Agora essa que os animais deveriam ser todos abatidos...É completamente descabido, mas pronto deve ser a revolta e frustação a falar.

Boas pedaladas

Pmiguel
27-08-2012, 19:51
quando falei em abater todos, estava a pensar naqueles que me atacaram principalmente os ultimos 3 e sim é a palavra certa ATACARAM, nao vieram dar a patinha, tenho cães gosto deles mas estao dentro d quinta, sou responsavel por eles e não atacam ninguem fora da propriedade, estes que me atacaram nem os donos querem saber deles, se aqueles 3 ultimos me tivessem atacado e eu caído jesus devia ficar bonito, depois dava na tv e voces que me chamaram uns nomes engraçados diziam "realmente um gajo na vidinha dele e os cães atacaram-no", estes deviam ser abatidos SIM são um perigo para quem lá passe.

Espero me ter explicado quanto á questao do abate.

Tamagotchi
27-08-2012, 19:52
Oh Pmiguel, acho que para voltares a merecer o respeito dos frequentadores cá do fórum deves fazer uma coisa. Pede desculpa pelo excesso de linguagem pois tú próprio já deves estar arrependido do que escreveste, mas deixa lá acontece a todos. O importante mesmo era reconheceres o teu erro e o pessoal aceita e compreende.;)
Um abraço
Tamagotchi

Pmiguel
27-08-2012, 19:56
não errei, não usei excesso de linguagem, apenas disse o que é verdade, se alguem for mordido por aqueles cães não vai aparecer o dono pra dar a cara nem pagar a conta no hospital, isto não é um perigo?

tekzz
27-08-2012, 19:58
Tamagotchi (http://www.forumbtt.net/member.php?5024-Tamagotchi) +1

Quando estamos de cabeça quente sai as coisas que nunca devem sair da nossa boca :$

Edit: Tens razão no que dizes Pmiguel (http://www.forumbtt.net/member.php?2453-Pmiguel) mas temos que ver que os cães são seres vivos tal como nós e não chegar a um forum e dizer QUEM ME DERA QUE OS CAES FOSSEM ABATIDOS. Também é exagerado!

tpfernandes
27-08-2012, 19:59
Quem devia ser abatido eras tu pelo que desejas aos canitos!

Pmiguel
27-08-2012, 20:02
estes deviam de ser abatidos, antes que façam mal a alguem.

Teczz, tens razão, na altura pensei naqueles que me atacaram, escrevi todos, mas era aqueles todos

carrixo
27-08-2012, 20:15
Só te atacaram pk não tiveste postura perante o animal..Ou seja não te soubeste computar e alem disso invadiste o território deles..
Se alguém desconhecido entrar sem ordem em tua casa tu ficas de braços cruzados??
Muito boa gente em lugar de maltratar os animais nomeadamente os cães, devia era de ter formação para saber lidar com eles mas como tem gosto em mal tratar os mesmos nem se interessam por isso..
Felizes daqueles que respeitam e gostam de animais...

Pmiguel
27-08-2012, 20:28
o territorio deles são as estradas municipais? tenho de os deixar desfazerem-me uma perna até lhes possa jogar agua ou dar-lhes um pontapé? voces falam que nao foi convosco, amanha vou á procura do dono dos animais e vou-lhe dizer que tem de ter mais cuidado com os cães e mete-los dentro da cerca já que possui uma cerca grande em volta do seu terreno, mas os animais estao fechados no lado de fora, encostados á cerca mas de fora, como se ve que é um terreno apenas agricola e o dono não mora ali, se não conseguir falar com ele seguirei para o canil responsavel daquela zona.

ric2009do
27-08-2012, 20:37
o dono do cao a qual voce mandou agua para o focinho deves estar neste momento num forum de caes a disser que todos os ciclistas deviam ser abatidos porque o cao ficou constipado por voce lhe ter mandado agua para cima...:rotfl::choneh:

quando nos provocamos os animais eles logicamente repondem com as armas que tem (dentinhos)...

porque nao faz como muitos de nos que param e esperam so alguns segundos para ver a reacçao do bixo, por exemplo no outro dia cruzei-me com um boxer no meio da estrada e fiquei parado a espera que ele sai-se ou deixa se passar por sorte o dono vinha uns metros atras de mim e pediu desculpa e explicou que o cao arrebenta com a corrente...

mas o melhor que se faz e evita-los e nao provoca-los.:nana:

m.r.f.
27-08-2012, 20:46
Boas, sinseramente tambem acho um grande filme.

Problemas com cães não tenho.
Ando sobretudo em Valongo e por esses lados os cães pouco ligam ás bikes, deve ser por já estarem habituados.

Mas agora tenho andado de bike aquí nos arredores de Chaves (estou de ferias) e tudo que é cão ladra.
Os que estam dentro das casas (principalmente dentro da cidade) não hà problema, mas como tambem passa por varias aldeias, aí os cães costumam estar soltos e mal eu passe vem logo atrás, mas eu em vez de sprintes, dou a volta e vou em direcção a eles e faço mais barulho do que eles, pois os cães dão logo meia volta e rabo entre pernas.

Nunca se deve mostrar receio ou fugir de um cão.

Se virem um cão grande deitado e se ele se levantar mal nos vê, a primeira coisa a fazer é parar a bike, fazer de que vamos pegar numa pedra (a maioria dos cães mal vê este gesto pirasse logo) e continuar a passar devagar.

Ás vezes é complicado estar a parar, pois principalmente se estivermos num subida acentuada pois vai quebrar o ritmo.
Tive uma situação dessas aquí na aldeia dos meus sogros (Tronco, Chaves), pois ao fim das voltas faço sempre uma subida (subida dos ciganos) bastante acentuada que é para finalizar, mas nessa subida hà muitos cães soltos que são dos ciganos, mas a partir do penalti (biqueirada nas fuças) que dei a um, foi remedio santo, nunca mais me chatearam, e isso foi no ano passado mas parece que os cães não se esqueceram, pois este ano tambem não me ligam.

Ps: boas pedaladas e nada de mostrar receio e se for preciso mostrar agressividade.

ric2009do
27-08-2012, 20:54
m.r.f.


isso de mostrar agressividade as vezes nao resulta ja me aconteceu passar por um pastor com 5 ou 6 caes e ouve um que me tentou morder mas o pastor deu.lhe com o cajado e ele ficou quieto mas 200 m mais a frente ouvi um barulho esquisito atras de mim olhei eram 3 deles que vinham num sprint maluco (pareciam que tinham doping) eu parei e baixei-me para apanhar uma pedra e eles fugiram , o mais engraçado e que passados mais 300m exactamente o mesmo so que desta vez apanhei mesmo um pau e eles mesmo assim estavam a aproximar, dessa vez estava a ver que era trincado...

canuco
27-08-2012, 21:31
A unica coisa que nos dá a noção do infinito é a estupidez humana.

m.r.f.
27-08-2012, 21:47
Boas, ric2009do pois por vezes o gesto da pedra não resulta, mas ao atirar a primeira eles lá vão embora.

tekzz
27-08-2012, 21:49
o dono do cao a qual voce mandou agua para o focinho deves estar neste momento num forum de caes a disser que todos os ciclistas deviam ser abatidos porque o cao ficou constipado por voce lhe ter mandado agua para cima...:rotfl::choneh:

AHAHAHAHAHAHA chorei de tanto rir! EPIC WIN! ahahaha

carrixo
27-08-2012, 21:54
Nunca nenhum cão mal tratado ou apedrejado pode deixar de nos morder...
Lembrem-se, os caes são os melhores amigos do Homem, nenhum cão te faz mal se tu lhe fizeres bem..
Em vez de atirar agua para o focinho deles pk não pegam numa barra energética por expl e colocam na mão e dão ao animal??Depois de ele dar uma trinca na barra já é o vosso melhor amigo..
Todos sabemos que os animais não deviam andar soltos mas também todos sabemos que há muita gente estúpida que os deixa abandonados para poderem ir de férias, agora eu pergunto como podem eles gostar dos humanos se os próprios os abandonaram??

tekzz
27-08-2012, 21:59
carrixo (http://www.forumbtt.net/member.php?41581-carrixo) Tal como disse antes, na minha opinião os cães não gostam lá muito de bicicletas xD Quando passo a pé é tudo na boa e de bicicleta ladram até não haver amanha. Mas eles não fazem mas apenas ladram e correm atraz de mim mais nada, não são violentos :D

carrixo
27-08-2012, 22:03
Lá está, quando nos cruzamos com eles só pelo facto de desmontar-mos da bike e continuar-mos a pé ao lado da bike é motivo suficiente para eles nos deixarem passar sem problemas de maior..

ernez
27-08-2012, 22:32
Ehehehehe, estou a gostar, eu também já tive duas situações, uma delas bué comica, e até foi de moto4, ehehehe, passeia por uma quinta, e estáva um rafeiro alentejano a olhar para mim, quanto me preparo para sair no portão e arrancar o gajo começa a cossar-me os nerfbars (proteções laterais) olhei para o lado e o gajo não me largava, estáva mesmo para me afilar, ehehehe, mas quando olho para a frente deparo-me com um poste da luz, ehehehe, e fui enfiar-me com ele, fiquei logo ali arrumado, o gajo depois de me ver enfiado no posto, mesmo ao meu lado, abana a cabeça, espera que eu saia da mota, vira o lombo, até parecia que se ria de mim, a gozar, mais um que eu abati, ehehehe, e pirou-se, nem me ligou mais, ina pá, a outra foi na ecopista em Évora, este um lobo alsacia, é pá julgo que no momento que ele correiu atras de mim, iam na ecopista umas 6 bicicletas, entre miudo, mães, o gajo foi mesmo ter comigo, achou piada à minha bicicleta e foi atras de mim, quando se fartou voltou para tras, passaram várias bicicletas por ele depois e ele nem pestanejou, gostou de mim, ehehehe.

Nuzedube
28-08-2012, 00:21
Pois eu já fui mordido por um fiel amigo enquanto pedalava. Fazia um pequeno treino nocturo quando me deparei com um cão tipo Labrador que fazia as suas necessidades numa arvore, abrandei para ver a sua reacção, ao ver que ele não me ligava avancei, mal tinha avançado 5 metros estava ele a correr a meu lado e nem deu tempo para reagir, zás o gajo ferrou-me na perna, mas nem foi no tronozelo nem na barriga da perna foi ca em cima quase na nadega. Desiquelibrei-me mas consegui evitar a queda, quando pus os pés no chão para me ir a ele já tinha fujido para longe, nunca mais o vi. Como era de noite e não via muito bem e as calças eram pretas pensei que me tinha só apanhado de raspão, não se se via o sangue, mas quando cheguei tinha dois furos dos dentes no presunto, desinfectei e no outro dia consultei um médico para ver se teria que levar alguma vacina da raiva outa coisa assim visto que não sabia se o cão era vacinado ou não, mas se tenho caido e me aleijado a sério de quem era a responsabilidade????? Embora eu tanha seguro para estas situações era de evitar estas situaçõesse houve-se mais control nisso dos cães, deveria de haver uma entidade para fazer esse controlo e obrigar os donos a ter os cães identificados e com seguros em dia, e recolher os cães que andam por ai a solta.

RicardoRodrigues
28-08-2012, 10:42
Lembrem-se, os caes são os melhores amigos do Homem, nenhum cão te faz mal se tu lhe fizeres bem..
Era bom que isso fosse verdade... mas não é! A minha experiência pessoal o contradiz.

Claro que o companheiro que iniciou o tópico não queria abater todos os cães, só os que atentaram contra ele nesse dia. E se se passou assim, tenho que concordar.
Quem discorda, que agarre na sua família, filhos, e vá passear a pé junto a esses canitos simpáticos, se tem tanta confiança neles e se consideram "encantadores de cães"...
Nos cães, há bons e maus, como em todas as espécies!

carrixo
29-08-2012, 12:54
"Nos cães, há bons e maus, como em todas as espécies!"

São mais más as pessoas para os cães do que os cães para as pessoas...
Quanto mais conheço as pessoas mais gosto dos animais!!

Alcatraz
29-08-2012, 14:21
Não sei porque será, mas estou complectamente de acordo com o carrixo, quanto mais pessoas conheço e as conheço, mais dos animais gosto, esses aos menos já se sabe minimamente com o que contar(à excepções)...
Dentro do meu recinto conhecido como casa, tenho mais de 500 animais, dos quais passáros, peixes, cães, gatos, dragão barbudo, galinhas, patos, cabras ...
E acreditem ou não tenho melhor relação com eles e percebem-me melhor que muitas pessoas que andam neste mundo, são educados, respeitadores qb (quando nao respeito o espaço deles é obvio que tambem nao me respeitam),
e por incrível que pareça acho que até são bem mais inteligentes que certas pessoas...
Pequeno desabafo apenas, de uma pessoa que está farta de ver muita gente a fazer mal aos animais só porque acham que o podem fazer e não são chamados a razão ou castigados...
Enfim...
Boas pedaladas e respeito pelos outros, sejam eles animais ou não, é o que se quer...

carrixo
29-08-2012, 14:23
Nem mais..
Boas pedaladas

murdock98
29-08-2012, 21:21
umas das situaçoes que me lembro foi num dia de verao a tarde muito calor apos uma valente subida um descida ainda maior ia a meio da mesma a curtir o meu som
quando me deparo com uma manada de "chians" para ai uns 5 que quando reparei que ali estavam um ou outro ja tinha repardo na minha presença parei virei a mula devagarinho ouvi ladrar a pernas para que e que te quero. Logo para começar a subida ja todo partidomas la deu para continuar depois a tal descida que deu para aumentar a velocidade e consegui mante la, e la foram eles a sprintar atras de mim e eu a pedir a santa o nitro porque a unica coisa que me ocorreu foi mesmo sprintar sem parar e la passou mas foram mais de 200 m a correr atras de mim com algumas subidas
a unica coisa depois de tudo passar era saber quem era o aborto mal feito que tinha deixado fujir os animais e que se fosse uma pessoa a pe estava codenada a umas valentes ferradelas porques os animais nao eram assim tao pequenos quanto isso
da outra vez foi a bem pouco tempo quando estava bem perto do centro da cidade quando queriamos atalhar um bocado para ir um cafe atravessamos uma pequena vala eu ia atras com outro rapaz enquanto outros dois iam a frente quando passei andei coisa de 30 m quando vejo todos a vir na minha direçao nao percebi nada quando reparei que vinham uns 4, 3 de pequeno porte e 1 Sao Bernardo daqueles granditos :O mesmo assim consegui virar rapidamente e passar a vala depressa porque para a passar era preciso agarrar a bike ao colo foi das piores situaçoes pois nao me lembro de mais nenhuma

Ruben Alexandre
29-08-2012, 21:29
***** vçs eu até agora nao tive nenhum azar mas as vezes um gajo nem sabe a força que tem haha:exacto:

murdock98
29-08-2012, 23:39
nestas alturas ate faz po na lama :twisted:

iMiguel
30-08-2012, 18:46
ha umas semanas (tlavez 3) tive um encontro com 2 senhores cães... 2 senhores "rafeiros alentejanos" com algum porte. Não sei se fui eu que tive medo deles, ou se eles é que tiveram medo de mim, pois um deles, ladrava e fugia à minha frente LOOOL Nem chamando-os eles vinham... Tenhoq ue arranjar um apito daqueles para afugentar os canideos :P

murdock98
30-08-2012, 21:15
eu foi hoje depois de doa valentes subidas com pequena parte a direito no meio delas aundo ia a cehgar ao cimo com mais ois rapazes um deles avistou um ROTTWEILER ja grandito mas ainda nao era adulto. a distancia via o a cheirar e a marcar territorio quando um dos rapazes se lembra de continuar e eu com outro ca atras a rirmo nos a imaginara a situaçao o gajo a assobiar e a chamar o canideo qaundo ele la se lembrou e reparou que la estavamos começa a correr e a ladrar a sorte e que era a descer e rapidamente deu para nos por mos a 40 km/h e escapar a primeira coisa que me deu vontade foi de rir lool tivemos sorte de ser a descer

carrixo
30-08-2012, 21:57
Muito estranho um cão desses andar assim por aí solto...
Mas tudo é possível, mas olha que as raças não interessam para nada, e também adianto que nos cães não existe raças perigosas, perigosas são os humanos..

murdock98
30-08-2012, 23:36
eu ainda a doas semanas por la tinha passado e nao estava la nada devia ter fujido de alguma casa e o pior e que de onde ele tava para o centro da cidade nao era mais de 500 m

TLouro
31-08-2012, 00:50
Que me desculpem os "adoradores" de animais, que crêem piamente que os cães, desde que não provocados, são mais pacíficos que o Gandi, mas as evidências mostram o contrário.

São inúmeros os ataques violentos, e por vezes fatais, sem justificação aparente por parte de cães de raça perigosa. Ainda recentemente foi noticiado que uma míuda pequena foi mortalmente atacada e uma senhora foi morta em casa pelo próprio cão. A filha de um amigo meu, na altura com uns dois anos, foi violentamente atacada pelo rottweiler da casa, quando a avó a sentava no carro, numa cena rotineira a que o cão estava mais que habituado. Felizmente safou-se sem sequelas graves, após ter estado em perigo de vida.

Que chovam os lugares comuns da praxe a tentarem justificar estes atos, mas o certo é que esses cães representam um perigo demasiado grande para a sociedade como, de resto, a realidade tem demonstrado.

Portanto, em minha opinião a posse desse tipo de cães deveria ser severamente restringida e controlada, o que está longe de ser feito.

Julgo que qualquer pessoa tem o direito de passear por caminhos públicos sem estar sujeito a esse tipo de ataques.

E, sim, cães que andem à solta e mostrem comportamentos hostis devem ser recolhidos pelos canis e eventualmente abatidos, se as autoridades sanitárias assim o entenderem.

Provavelmente irei ser aqui cilindrado, como o Pmiguel cujo comentário foi, a meu ver, interpretado de maneira demasiado literal. Mas com este post não pretendo ir contra os direitos dos animais, nem defender quem os maltrata ou abandona. Pretendo sim fazer ver que o direito à segurança das pessoas é bem superior ao direito da posse de certo tipo de animais, pelo que essa segurança deve ser assegurada, ainda que à custa de restrições da posse dos animais.

canuco
31-08-2012, 09:37
Que me desculpem os "adoradores" de animais, que crêem piamente que os cães, desde que não provocados, são mais pacíficos que o Gandi, mas as evidências mostram o contrário

Se a moderação mo permitir, posso importar uns quantos videos do youtube e consigo provar por A+B quem é realmente violento e maléfico, mas como os videos são altamente chocantes não posso coloca-los aqui. Mas deixo o conselho, navegue pelo youtube e veja o que o animal Homem é capaz de fazer, muitas vezes só por diversão.



Que chovam os lugares comuns da praxe a tentarem justificar estes atos, mas o certo é que esses cães representam um perigo demasiado grande para a sociedade como, de resto, a realidade tem demonstrado.


A realidade???? Tem visto noticiários???? Viu a chacina na África do Sul? Eu não vi lá nenhum cão, só vi Humanos a tirar a vida a Humanos, esta sim é a realidade.


São inúmeros os ataques violentos, e por vezes fatais, sem justificação aparente por parte de cães de raça perigosa. Ainda recentemente foi noticiado que uma míuda pequena foi mortalmente atacada e uma senhora foi morta em casa pelo próprio cão. A filha de um amigo meu, na altura com uns dois anos, foi violentamente atacada pelo rottweiler da casa, quando a avó a sentava no carro, numa cena rotineira a que o cão estava mais que habituado. Felizmente safou-se sem sequelas graves, após ter estado em perigo de vida.

Aqui revela total desconhecimento sobre cães...posso dar-lhe estatisticas que provam que são mais os ataques provocados por caniches, chihuahua, etc, do que pit bulls e rottweilers. Em matéria de agressividade, nem imagina quais são os cães mais agressivos....mas garanto-lhe que não é nenhum dog Argentino ou outro bicho papão que come as criancinhas...


E, sim, cães que andem à solta e mostrem comportamentos hostis devem ser recolhidos pelos canis e eventualmente abatidos, se as autoridades sanitárias assim o entendere

E o que dizer das pessoas que violam, cortam os filhos aos bocados, pedófilos, etc atc atc???? Também os matamos?

carrixo
31-08-2012, 09:41
"Julgo que qualquer pessoa tem o direito de passear por caminhos públicos sem estar sujeito a esse tipo de ataques."

Tens toda a razão, eu quando defendo os animais não é por eles andarem soltos na via publica, pois eu tenho caes e estão presos ou seja andam dentro de caso pelo terraço/patio, é evidente que os animais nunca devem andar soltos, por isso os defendo pois tal facto só acontece por culpa dos donos...

Na maioria das vezes vemos pessoas com boas condições para terem um Terra nova um pit ou um Rot e tem em caniche e as pessoas que só tem condições para terem um caniche tem terras novas pit´s e rot´s, eu acho que as pessoas é que são inconscientes ao ponto de não saberem avaliar as condiçoes nesseçarias para certo tipo de animais..Daí se justificam alguns dos ditos "ataques" dos mesmos contra as pessoas...

Eu dou-te um expl. tenho um Boxer, pois ele quando vamos a caminhar por algum lado sempre com trela nunca solto, se passarmos por crianças ele não para, se ouvir um criança a chorar ele era capaz de ferrar nos pais da mesma. Só para veres o instinto protector dele em relação ás crianças...
Eles são como as pessoas, aprendem o que lhes for enssinado...A responssabilidade nunca deixa de ser dos donos, se existe um animal em casa, o mesmo faz parte da familia e não pode ser esquecido/despresado...
É a minha opnião,qualquer ser vivo mal tratado,abandonado,despresado vai por natureza tornar-se de certa forma mais violento...

canuco
31-08-2012, 10:21
Felizmente, nalguns países já estão a ser abolidas as famosas listas de cães potencialmente perigosos e passaram a responsabilizar criminalmente as pessoas pelos actos do cão...mas isso são países desenvolvidos...

RicardoRodrigues
31-08-2012, 11:16
A realidade???? Tem visto noticiários???? Viu a chacina na África do Sul? Eu não vi lá nenhum cão, só vi Humanos a tirar a vida a Humanos, esta sim é a realidade.

Com este tipo de extremismos é complicado ter uma conversa racional.

Quando é que percebem que aqui ninguém está contra os animais???
Estamos é contra pessoas inocentes serem atacadas sem razão!

Claro que um cão que foi maltratado tem mais probabilidade de ser violento! Claro que um humano que foi abusado em criança terá mais probabilidade de violência em adulto. Mas não é isso que se discute! Abra-se um tópico de adopção de cães, ou levem-nos todos para casa!

Como disse o TLouro, as nossas famílias têm o direito a passear em segurança!

Em relação às raças perigosas, não considero nenhuma raça mais 'violenta' que outra, apenas considero que se uma criança é mordida por um caniche vai-se buscar o betadine, se for mordida por um pitbull pode não haver nada a fazer..............

Nuno Félix
31-08-2012, 11:23
Felizmente, nalguns países já estão a ser abolidas as famosas listas de cães potencialmente perigosos e passaram a responsabilizar criminalmente as pessoas pelos actos do cão...mas isso são países desenvolvidos...

Nem mais....

Quando temos crianças que se diz que são violentas, culpabilizam-se os pais por má educação, ou o ambiente em que foram educadas.... Isto porque as crianças fazem o que os seus pais fazem e/ou ensinam.

Com os animais é igual.

Há exceções, mas não são a regra...

carrixo
31-08-2012, 11:33
"Quando temos crianças que se diz que são violentas, culpabilizam-se os pais por má educação, ou o ambiente em que foram educadas.... Isto porque as crianças fazem o que os seus pais fazem e/ou ensinam.

Com os animais é igual.

Há exceções, mas não são a regra..."

Tudo dito e bem dito..

neto_7
31-08-2012, 11:44
É preciso mais cuidado com os que não ladram, esses chegam-se de mansinho :assobio: e toma lá morangos! :wtf:

TLouro
31-08-2012, 11:50
Caro Canuco,

Julgo que não se trata de apurar quem é mais malévolo ou benévolo de entre o reino animal... Como é óbvio, o Homem é tremendamente mais complexo e com capacidades imensamente mais desenvolvidas que os animais, e toda essa potencialidade pode dar para o melhor e para o pior. Portanto, nem vou discutir isso.

O que é facto, que aliás o senhor nem contestou, é que por vezes os cães praticam ataques violentos, e por vezes mortais, a seres humanos sem razão aparente, situação que importa salvaguardar. E repare que nem estou a culpabilizar os cães, estou simplesmente a salientar que esses ataques acontecem. É óbvio que a responsabilidade será sempre dos donos. Só que quando é a vida humana que está em jogo, é muito mais importante prevenir do que apurar responsabilidades depois do mal estar feito!

Afirma o senhor, e eu não contesto, que os cães mais agressivos nem são os normalmente designados perigosos. Como bem referiu o Ricardo, a questão é outra: a do potencial de "destruição". Por exemplo, se um chihuahua decidir atacar com toda a sua força, dificilmente conseguirá provocar mais que uns arranhões, ao passo que um pit bull tem potencial para matar um homem adulto robusto.

Portanto, é fundamental garantir que a segurança das pessoas contra ataques violentos por parte de cães. Naturalmente, que se um indivíduo impreparado tiver um cão de raça perigosa e não o souber tratar, é muito mais provável que haja um ataque.

Assim, o cerne do meu post é o seguinte: dado o potencial de destruição que algumas raças apresentam, a sua posse deve ser rigorosamente controlada e restringida, de maneira a garantir que os donos desses animais os sabem tratar e controlar devidamente, coisa que manifestamente não acontece nos dias de hoje.

Por fim, queria apenas salientar que não faço questão que os cães que tiveram comportamentos violentos sejam abatidos. Como referi, as autoridades sanitárias que o decidam. O que julgo ter o direito de exigir é que esses cães sejam devidamente recolhidos de forma a salvaguardar a segurança das pessoas!

Cumps

TLouro
31-08-2012, 12:05
Ricardo e Carrixo, concordo totalmente com os vossos posts!

TheTraveler
31-08-2012, 12:11
Se a moderação mo permitir, posso importar uns quantos videos do youtube e consigo provar por A+B quem é realmente violento e maléfico, mas como os videos são altamente chocantes não posso coloca-los aqui. Mas deixo o conselho, navegue pelo youtube e veja o que o animal Homem é capaz de fazer, muitas vezes só por diversão.

Tentam fazer dos animais uns santinhos, e dos humanos o ser mais violento à face da terra...

E se eu te arranjar informações sobre um animal que mata por pura diversão, faz violações em grupo, e que mata as próprias crias?

canuco
31-08-2012, 12:16
Como disse o TLouro, as nossas famílias têm o direito a passear em segurança!

E os cães não têm direitos?


...a seres humanos sem razão aparente, situação que importa salvaguardar

Não concordo..nenhum cão ataca sem razão aparente.


A minha preocupação prende-se com o facto de os cães serem sempre o elo mais fraco. Posso ar exemplos, no caso do cão que matou a criança de 2 anos, a solução encontrada foi abater o animal, enquanto que aos verdadeios animais nada aconteceu. Agora pergunto, será que hoje naquela casa não viverá outro Dog Argentino? Rei morto Rei posto. Então como se resolve a questão? Se o perigo está no cão, mata-se o cão. Mas o dono vai comprando outros cães até serem todos exterminados??? Ou será que o problema está nas pessoas?
Vi uma reportagem de um senhor criador de Rottweilers que dizia, "se eu deixar os meus filhos de 2 e 3 anos a brincar sozinhos e o mais velho, acidentalmente, matar o mais novo, o que acontece? Mata-se a criança ou responsabiliza-se o pai? Podemos afirmar que aquela criança é perigosa? Que tem instintos assassinos? Que desferiu um atacal mortal e violento e que por isso não pode viver em sociedade?

canuco
31-08-2012, 12:20
Tentam fazer dos animais uns santinhos, e dos humanos o ser mais violento à face da terra...

E se eu te arranjar informações sobre um animal que mata por pura diversão, faz violações em grupo, e que mata as próprias crias?

Aqui está o belo exemplo do Ser Humano mais racional que existe...
Falo por mim, o que me destingue de um animal é a minha capacidade de raciocinio, de perceber o que é bom e o que é mau...um animal não faz essa distinção.

TheTraveler
31-08-2012, 12:23
um animal não faz essa distinção.

Há muita mas muita gente que diz que o animal a que me refiro é mais inteligente que os humanos, mas OK.

canuco
31-08-2012, 12:26
E qual é a tua definição de inteligente? Tirar uma licenciatura? Perceber de Matemática? ....

RicardoRodrigues
31-08-2012, 12:36
Como disse o TLouro, as nossas famílias têm o direito a passear em segurança!

E os cães não têm direitos?


Companheiro, chegaste a ler as nossas mensagens???



...a seres humanos sem razão aparente, situação que importa salvaguardar

Não concordo..nenhum cão ataca sem razão aparente.



Desculpa a frontalidade, mas é mentira!

Atacam porque sentem medo do humano.
Atacam porque sentem o medo no humano.
Atacam porque o humano passa a 10m do 'seu' território.
Atacam porque sim! Tambêm têm 'vipes', como os humanos.

canuco
31-08-2012, 12:40
Atacam porque sim! Tambêm têm 'vipes', como os humanos.

Acho que está tudo dito...afinal eles atacam porque têm "vipes" como os humanos. Fiquei esclarecido.

Jocas22
31-08-2012, 13:15
Muito amante de cães acha que os cães são todos pacificos e acima de tudo pacificos 100% do tempo. O que não é verdade, muitas raças são de animais que NUNCA deveriam ser "domesticados", e está entre aspas precisamente porque eles nunca o são totalmente por muito que queiram.
Os cães são animais com personalidades, e mesmo dentro da raça mais pacifica e amiga do homem não é muito dificil encontrar relatos de ataques inesperados, assim tenham porte pra isso.

Só para terem uma noção de que um qualquer animal por muito que se queira nunca deixa de ser isso mesmo, um animal com instintos selvagens e que não é da sua natureza serem domesticados, passou há pouco tempo num canal um documentário sobre ataques de golfinhos em cativeiro a pessoas que nadavam com eles, ataques sérios que podiam mesmo ter sido fatais.

Já pra não falar dos animais que são comprados como "alarmes" e passam a vida encerrados entre paredes (com ou sem teto) despertando instintos mais básicos de protecção de território.

Se o cão se mostra perigoso, logo ao primeiro sinal, devia ser retirado aos donos. Abatido, encerrado, isso é indiferente. Depois era proibir os donos de ter mais qualquer animal se se revelasse ser por maus tratos.

Por fim o dono devia ser responsabilizado criminalmente pelos actos do seu animal, é que assim acabavam-se os ataques e as mortes, as desculpas esfarrapadas "ai ele nunca atacou ninguem", "o acaime provocava alergia ao animal", e outros quando o animal faz vitimas, algumas vezes mortais.

Estou pra conhecer o dono de um animal que diga "é perigoso", é que não existem! É sempre "ele não faz mal, não tenha medo". O que é estranho!, nenhum faz mal mas os ataques sucedem-se.

canuco
31-08-2012, 13:36
Muito amante de cães acha que os cães são todos pacificos e acima de tudo pacificos 100% do tempo. O que não é verdade, muitas raças são de animais que NUNCA deveriam ser "domesticados", e está entre aspas precisamente porque eles nunca o são totalmente por muito que queiram.
Os cães são animais com personalidades, e mesmo dentro da raça mais pacifica e amiga do homem não é muito dificil encontrar relatos de ataques inesperados, assim tenham porte pra isso

Gostava de saber se fala com conhecimento de causa...é que eu estudei e tenho alguns cursos de comportamento canino (passo a modéstia) e sempre me ensinaram que nehum cão nasce com instintos agressivos, que são animais domésticos sem aspas, e que convivem perfeitamente com pessoas. (ou certas pessoas) O chavão que se ouve mais é "o cão é o reflexo do dono".


Só para terem uma noção de que um qualquer animal por muito que se queira nunca deixa de ser isso mesmo, um animal com instintos selvagens e que não é da sua natureza serem domesticados, passou há pouco tempo num canal um documentário sobre ataques de golfinhos em cativeiro a pessoas que nadavam com eles, ataques sérios que podiam mesmo ter sido fatais.

Lamento informar, mas o cão não é um animal selvagem...talvez o seu parente mais directo, o lobo...
Se entrar um intruso na sua casa, qual é a sua reacção? Defender o que é seu...Então porque é que os golfinhos estando no seu habitat "natural" não se podem sentir importunados com a presença dos humanos e tentarem defender-se?

Jocas22
31-08-2012, 13:44
é óbvio que devido a terem personalidades próprias alguns cães são mais propensos a instinstos agressivos que outros. muito condicionado numa 2ª fase pela raça do animal.
Dai nem todo o cão que é mal tratado quer morder pescoços de seres humanos, e por outro lado nem todo o cão bem tratado está livre de se "passar" e morder alguém, há inumeros casos documentados. Sei do que falo mas para além disso use-se o bom senso!

quanto ao resto:
-se ler com atenção nunca disse que o cão é um animal selvagem.
-quanto aos golfinhos se ler com atenção eu escrevi: golfinhos em cativeiro.

TLouro
31-08-2012, 14:26
E os cães não têm direitos?

É evidente que sim, mas quando há conflito entre os direitos dos animais e a segurança das pessoas, é óbvio que deve prevalecer a segurança das pessoas.


Não concordo..nenhum cão ataca sem razão aparente.

Ter ou não motivos para atacar, não é para mim a questão central. O que é facto é que atacam violentamente e são esses ataques que importa garantir que não existem.

Canuco, o senhor centra-se no que acontece aos cães e aos donos após um ataque. Para mim isso é secundário, o que importar é prevenir o ataque! Mas no fundo, acaba por concordar comigo, ainda que implicitamente, no ponto em que nem todos deveriam poder ter cães com o tal potencial de "destruição" e que essa posse deveria ser devidamente controlada e não o é.

Acrescento só um pequeno episódio que se passou comigo. Há uns três anos tinha um vizinho que tinha um rottweiller num apartamento sem quaisquer condições. Comentava-se que o cão chegava a pernoitar na caixa de uma ford transit. Ora, esse cão era diariamente passeado na minha rua, sem trela nem açaime. Houve um dia em que eu ia entrar para o carro com a minha esposa e vejo o cão a correr para nós com ar agressivo, sem qualquer açaime, e o dono lá atrás a dizer que o cão só queria brincadeira. E se não quisesse brincadeira? E se o cão interpretasse um qualquer gesto meu como uma ameaça e me atacasse? Ou se atacasse uma das minhas filhas? Ou se atacasse as crianças do parque infantil ao lado?

Confrotei o dono com a falta de trela e açaime, legalmente obrigatórios, e nem tive resposta para além de um sorriso cínico e de um encolher de ombros.

Sempre que via o cão a passear nessas condições, telefonava para a GNR, coisa que aconteceu seguramente mais de 10 vezes. Dizia que sabia quem era o dono, onde morava, a matricula do carro, o nome e a GNR nem queria saber. Dizia sem convicção que ia mandar o piquete, o qual só apareceu uma vez cerca de 1 hora depois da chamada e quando naturalmente o cão já lá não estava.

Tenho a convicção que é este tipo de situações que gera ataques violentos. Com efeito, o cão não era devidamente tratado, era passeado sem trela nem açaime e podia "passar-se" a qualquer momento, fruto das condições a que era sujeito. Portanto, nem os direitos dos animais eram respeitados nem a segurança das pessoas era assegurada. É para mim óbvio que não deveria ser permitido a este senhor ter este tipo de cães e que o cão em causa devia ser imediatamente recolhido e encaminhado para um canil (atenção que não estou a dizer que devesse ser abatido). E é também óbvio que qualquer pessoa tem o direito de andar pela rua sem correr o risco de ser atacado por um cão destes!

Cumps

TheTraveler
31-08-2012, 14:36
é que eu estudei e tenho alguns cursos de comportamento canino (passo a modéstia) e sempre me ensinaram que nehum cão nasce com instintos agressivos

Não devemos engolir tudo o que nos ensinam, há muita coisa que devemos aprender por nós próprios. Nem devemos só ligar à teoria, a prática é outra coisa completamente diferente.
Basta ver uma qualquer ninhada de cachorrinhos que muitas vezes se vê um que é logo mau à nascença, farta-se de rosnar e morde nos outros. Não acredito que tenha sido só eu a ver casos destes...


passou há pouco tempo num canal um documentário sobre ataques de golfinhos em cativeiro a pessoas que nadavam com eles, ataques sérios que podiam mesmo ter sido fatais

Os golfinhos são animais violentos, principalmente quando no estado selvagem. Matam outras espécies por pura diversão, juntam-se em grupos e violam fêmeas dias sem parar, e matam as próprias crias nem se sabe bem porquê... É um animal cuja bondade foi "quase criada" pelos media, que insiste em repetir vezes sem conta o lado bom, mas que esconde o máximo possível do lado mau.

*

Quanto aos cães, quando há ataques, o dono deve ser punido, tal como o animal. O dono porque é o mais racional dos dois e devia ter tomado precauções. E o animal, porque nada garante que não volte a repetir o que fez. Gostava de ver qualquer um dos defensores cegos dos animais a ir sem medo dar um abraço e fazer festinhas a um cão que acabou de matar duas pessoas...

ny12xx
31-08-2012, 14:52
Companheiros

Está a faltar uma parte importante da "questão".

Que tipo de educação/treino/condicionamento o cão recebeu?

Um cão de guarda (desde um Caniche a um Pastor Alemão), caso sinta o seu território invadido por "alguém" não autorizado por ele ou pelos donos (autorização esta implícita pelo hábito da convivência) defende o território. O Caniche "talvez" não ataque, mas ladra. O Pastor Alemão, "talvez" não ladre, mas ataca.

A minha experiência com cães, leva-me a ter uma postura não de defesa, mas sim de (teórico) ataque.

Em caso de dúvida, avanço sempre para um cão (com uma postura tão ofensiva quanto possível). O mesmo se passa quando vou de bike; se um cão me persegue, dou meia volta e persigo-o a ele até ele se esconder por completo ou começar a latir. A probabilidade do cão repetir a "brincadeira" é baixa (como apenas ando de bike na "via pública", a probabilidade de invadir o território de um cão é muito baixa).

Por muito grande que um cão seja, é sempre um anão comparado connosco. Não faz frente a ninguém que tenha bem mais do dobro do seu tamanho (salvo raras e infelizes excepções= treino/educação/condicionamento).

Se um cão estiver treinado para atacar, ataca!

Se um cão não estiver "educado" tem uma postura de "ALFA". Se é o alfa, não presta contas a ninguém e defende o que é "seu" a todo o custo (fêmeas + outros machos da matilha + território + ...).

O condicionamento advém do hábito/experiências pelas quais o cão passou, e de uma forma ou de outra, o levam a agir de determinada forma (Pavlov).

Regra geral, as pessoas são atacadas pelos cães porque demonstram medo (mesmo que inconscientemente).

As notícias que têm aparecido na comunicação social, apenas são notícia, porque são a excepção em vez da regra.

Mais perigoso que um cão normal, é um dono anormal!

Quem é que tem prazer em ter um Cane Corso (http://en.wikipedia.org/wiki/Cane_Corso) dentro de um apartamento? Quem vai passear o bichinho à rua? Quem tem força para o agarrar caso ele decida avançar para alguém?

O problema são os donos dos cães (os cães vadios já tiveram dono e foram abandonados).

Existem diferenças entre um Labrador/Golden Retriever e as muitas raças que agora por aqui proliferam. As pessoas já não procuram um cão de companhia; agora querem "o cão da moda". Infelizmente, os cães da moda pertencem (quase) todos às raças "ditas" perigosas.

A questão dos cães..., vai continuar a alimentar polémicas e ideias antagónicas...

Esta é apenas a minha opinião. Tenho alguma experiência com cães e o que escrevi, baseia-se nessa experiência.

Um abraço

ny12xx

Nuno Félix
31-08-2012, 14:57
Vamos tentar manter a discussão no seu rumo certo....

Não entremos em ataques ou picardias pessoais, ok?

Cada qual tem a sua experiência, a sua visão, a sua forma de entender e a SUA OPINIÃO!

Desde que ao manifestá-la não ofenda a dos outros, está tudo ok!

Uma coisa é tentar "fazer ver" os outros que o seu ponto de vista é (or not) o mais acertado.

Outra coisa é ter um comportamento destrutivo... o que, diga-se em abono da verdade, é intolerável.

Pedalem com cuidado e, quando se cruzarem com cães, sigam os 1ºs conselhos feitos aquando da abertura deste tópico, há +/- 8 anos atrás...

;)

ny12xx
31-08-2012, 15:10
Outra coisa é ter um comportamento destrutivo... o que, diga-se em abono da verdade, é intolerável.

Companheiro

Não era essa a minha intenção.

Mais facilmente dou com um barrote no tinric do que uma palmada num cão :rotfl:

Um abraço

ny12xx

Tolibike
31-08-2012, 15:35
Peço desculpa se estiver a repetir a pergunta , tentei ler todos os posts mas o tópico já vai longo , alguém já usou algum repelente eletrónico ? Penso que se trate de um dispositivo que emite ultrasons que afasta os cães.
E sei que há uns anos atrás funcionários da EDP usavam um aparelho mecãnico que fazia o mesmo efeito mas não me consigo recordar do nome que eles davam áquilo.Também já ouvi falar em aplicações para telemovel mas também nunca vi nenhuma a funcionar.

mgfarte
31-08-2012, 15:37
São ótimos amigos, os cães.

ernez
31-08-2012, 15:38
Ora ai está uma pergunta e duvida interessante!

ny12xx
31-08-2012, 15:41
Companheiro Tolibike

Vai ao Google e escreve:

electronic dog repellent

No topo aparece-te logo um link da amazon.

Um abraço

ny12xx

Tolibike
31-08-2012, 15:44
Obrigado pela tua resposta amigo ny12xx mas a minha questão é se algum companheiro aqui do forum já usou e não onde se vende.

Nuno Félix
31-08-2012, 16:19
São ótimos amigos, os cães.

Viva colega do pedal, bem-vindo ao FórumBTT.Net.

Descobre tudo acerca de bicicletas de montanha aqui, dos componentes aos passeios e maratonas, descobre o calendário de actividades, as novidades, os acontecimentos, descobre esta forma de estar na vida que é o btt.

Sugerimos que assim que possível consultes alguns dos tópicos que foram criados para acolher os novos utilizadores.

As Regras, claro ;)
Regras Gerais do Fórum (http://www.forumbtt.net/showthread.php/11-Regras-do-Frum)
Classificados (http://www.forumbtt.net/forumdisplay.php/9-Classificados)
Colocação de eventos (http://www.forumbtt.net/showthread.php/17912-Novo-funcionamento-da-Promoo-de-Eventos-Leia-as-Instrues)
Segurança (http://www.forumbtt.net/showthread.php/3083-Seguran%C3%A7a-no-F%C3%B3rum)

E outras coisas interessantes :D

A tua apresentação (http://www.forumbtt.net/showthread.php/2-Quem-s-Donde-Vens-Para-onde-vais-Apresenta-te)
A apresentação da tua bike (http://www.forumbtt.net/showthread.php/1-Gostas-da-tua-menina-linda-Mostra-a-ao-pessoal-aqui!)

Guia do comprador Bikes de iniciação (http://www.forumbtt.net/index.php?topic=6050.0)
Guia para comprar a bicicleta perfeita... (http://www.forumbtt.net/index.php?topic=2204.0)

O calendário de eventos (http://www.forumbtt.net/calendar.php)

Glossário de BTT (http://www.forumbtt.net/showthread.php/4003-Glossrio-de-BTT)

Como colocar imagens (http://www.forumbtt.net/showthread.php/19-Como-colocar-imagens-no-f%C3%B3rum-Actualizado)
Como colocar videos (http://www.forumbtt.net/showthread.php/2453-Como-colocar-videos-(-Google-e-YouTube-)-no-frum)

Boas pedaladas!!

;)


Companheiro

Não era essa a minha intenção.

Não personalizei a minha missiva.... Nem foi dirigida a ninguém em especial....

Foi uma frase para o público em geral! ;)

canuco
31-08-2012, 16:37
Companheiros

Está a faltar uma parte importante da "questão".

Que tipo de educação/treino/condicionamento o cão recebeu?

Um cão de guarda (desde um Caniche a um Pastor Alemão), caso sinta o seu território invadido por "alguém" não autorizado por ele ou pelos donos (autorização esta implícita pelo hábito da convivência) defende o território. O Caniche "talvez" não ataque, mas ladra. O Pastor Alemão, "talvez" não ladre, mas ataca.

A minha experiência com cães, leva-me a ter uma postura não de defesa, mas sim de (teórico) ataque.

Em caso de dúvida, avanço sempre para um cão (com uma postura tão ofensiva quanto possível). O mesmo se passa quando vou de bike; se um cão me persegue, dou meia volta e persigo-o a ele até ele se esconder por completo ou começar a latir. A probabilidade do cão repetir a "brincadeira" é baixa (como apenas ando de bike na "via pública", a probabilidade de invadir o território de um cão é muito baixa).

Por muito grande que um cão seja, é sempre um anão comparado connosco. Não faz frente a ninguém que tenha bem mais do dobro do seu tamanho (salvo raras e infelizes excepções= treino/educação/condicionamento).

Se um cão estiver treinado para atacar, ataca!

Se um cão não estiver "educado" tem uma postura de "ALFA". Se é o alfa, não presta contas a ninguém e defende o que é "seu" a todo o custo (fêmeas + outros machos da matilha + território + ...).

O condicionamento advém do hábito/experiências pelas quais o cão passou, e de uma forma ou de outra, o levam a agir de determinada forma (Pavlov).

Regra geral, as pessoas são atacadas pelos cães porque demonstram medo (mesmo que inconscientemente).

As notícias que têm aparecido na comunicação social, apenas são notícia, porque são a excepção em vez da regra.

Mais perigoso que um cão normal, é um dono anormal!

Quem é que tem prazer em ter um Cane Corso dentro de um apartamento? Quem vai passear o bichinho à rua? Quem tem força para o agarrar caso ele decida avançar para alguém?

O problema são os donos dos cães (os cães vadios já tiveram dono e foram abandonados).

Existem diferenças entre um Labrador/Golden Retriever e as muitas raças que agora por aqui proliferam. As pessoas já não procuram um cão de companhia; agora querem "o cão da moda". Infelizmente, os cães da moda pertencem (quase) todos às raças "ditas" perigosas.

A questão dos cães..., vai continuar a alimentar polémicas e ideias antagónicas...

Esta é apenas a minha opinião. Tenho alguma experiência com cães e o que escrevi, baseia-se nessa experiência.

Um abraço

ny12xx

Aqui está uma pessoa que percebe de psicologia canina, logo sabe ler as intenções de um cão e lidar com elas.
Parabéns, houvesse mais gente informada e nada disto acontecia.

Quanto a cachorros pequenos que desde cedo são maus??????? Não confundam agressividade com dominãncia....mas teriamos mais pano para mangas.
Posso dizer que tenho um cão potencialmente perigoso e lido diáriamente com outros cães de todas as raças, e convido quem quer que seja para estar junto do meu cão e eu garanto a 300% que nada lhe acontece.
Existem Humanos que são considerados inimputaveis pelos crimes que cometeram, ou seja não podem ser responsabilizados pelos seua actos....como é que querem responsabilizar um animal?????

ny12xx
31-08-2012, 16:48
Aqui está uma pessoa que percebe de psicologia canina, logo sabe ler as intenções de um cão e lidar com elas.
Parabéns, houvesse mais gente informada e nada disto acontecia.

Companheiro

Não vale a pena seres irónico.

Tens um cão de uma raça "teoricamente" perigosa, mas para garantires a 300% que ele não faz mal a ninguém, é porque és tu o "alfa".

Tem em atenção, que caso uma pessoa que tenha pânico de cães se aproxime dele, mesmo assim ele pode atacar ou colocar uma postura defensiva (que no caso dos animais irracionais, quase sempre é o ataque).

Um abraço

ny12xx

canuco
31-08-2012, 16:53
Desculpa se não me fiz entender, mas não estava a ser irónico..o que eu queria dizer é que era bom que houvesse mais gente com o teu nivel de informação sobre o comportamento canino...isto tudo sem ironia. Talvez não tenha usado as palavras mais correctas. Mas deixo claro que não estava a ser irónico.

Jocas22
31-08-2012, 16:56
"Posso dizer que tenho um cão potencialmente perigoso e lido diáriamente com outros cães de todas as raças, e convido quem quer que seja para estar junto do meu cão e eu garanto a 300% que nada lhe acontece."

Amigo isso é o que qualquer dono de cão diz, sem qualquer excepção :). Ninguem pode afirmar isso, seja dum cão ou doutro animal qualquer!

canuco
31-08-2012, 16:59
Olhe que não...aquele caso do Algarve em que o cão mordeu a cara do amigo do dono...foi o próprio dono que pediu para abater o cão porque já não tinha mão nele...
Não se pode generalizar.

ny12xx
31-08-2012, 16:59
Companheiro

Então ficas a dever-me uma "mine"...

Reparei agora que és da Amadora. Na tua "zona" deves ver muitos animalecos de raças perigosas.

Já deves ter reparado que alguns deles são passeados pelos donos, outros, passeiam os donos.


...porque já não tinha mão nele...

Aqui está!

Um cão bem educado (em 99.9% das vezes) é o melhor amigo do homem, num cão "não" educado a percentagem baixa substancialmente.

Um abraço

ny12xx

RicardoRodrigues
31-08-2012, 17:02
Não concordo..nenhum cão ataca sem razão aparente.


Não se pode generalizar.

Em que ficamos?

canuco
31-08-2012, 17:11
Reparei agora que és da Amadora. Na tua "zona" deves ver muitos animalecos de raças perigosas.


Percebi...sim, o que não falta por aqui é gentinha com Pit Bulls e outros do género. Esse é um dos males da legislação, qualquer malandro lá do bairro anda com um PittWeiler na rua e a Policia olha para o lado...não é nada com eles.
Depois se esse cão mata uma criança, aparece a SIC e a TVI a dizer que é um cão perigosissimo e que tem que ser abatido...entretanto já o malandro foi comprar outro PittMan para impressionar a malta lá do bairro...Enfim.



Não concordo..nenhum cão ataca sem razão aparente.




Não se pode generalizar.

Em que ficamos?


Está completamente fora de contexto...leia tudo.

Jocas22
31-08-2012, 17:11
@canuco
queres que te vá buscar exemplos de ataques de cães que todos (donos, amigos, vizinhos) juram a pés juntos que era o cão mais mansinho do planeta e arredores? O chamado exemplo conveniente foi o que usaste amigo.

canuco
31-08-2012, 17:19
Lolololol...
Esteve a par desta ultima noticia onde uma senhora foi morta pelo cão? Ouviu o que a filha da mesma disse? Que era costume o cão rosnar á mãe dela e que não a respeitava, só obedecia ao filho e á filha e que já tinha atacado a mãe noutras ocasiões...
Quer mais um exemplo conveniente?

Jocas22
31-08-2012, 17:36
podemos trocar opiniões diferentes de maneira cordial ou podemos ser desrespeitossos, achar que a razão está do nosso lado e o que disserem em contrário é motivo de rizada. Dois exemplos certamente não farão o universo de opções nesta discussão digo eu! Existirão alguns exemplos em sentido contrário a esses?

Posto isto, fico por aqui, e boas pedalas companheiro.;)

ny12xx
31-08-2012, 17:40
...era costume o cão rosnar á mãe...

... à primeira que me fizesse; era a última.

Ou então, a Srª tinha uma postura hostil para com o cão. Afugentar um cão apenas porque não gostamos dele pode trazer dissabores no futuro (isto é apenas uma suposição).

Tenham em atenção que, muitos ataque de cães são provocados pelas vítimas.

Temos de ter em atenção que a grande maioria dos ataques acontecem em zonas "não rurais". Nas zonas rurais, as pessoas estão habituadas a conviver com cães e todo o tipo de outros animais. Habitualmente, sabem como agir na presença dos animais ditos domesticados, e mais importante, sabem domesticar/ensinar/treinar os animais.

Não estou a ver um cão de um pastor a atacar uma pessoa sem ordem do pastor e/ou se o rebanho não estiver em perigo.

Se eu hoje fizer mal a um cão; possivelmente, amanhã alguém (ou eu) será atacado por ele.

Essencialmente, temos de os respeitar no geral.

Um abraço

ny12xx

villa
31-08-2012, 18:55
"Quanto mais conheço as pesoas mais amo os cães."
Vou deixar um exemplo da minha cadela rottweiler.
Vem a rua onde eu moro,que é um bairro bastante antigo aqui na minha rica cidade do porto,e não traz trela.Nunca vem com trela salvo quando está no periodo do cio.Tem imensos gatos por aqui,coisa que eu não gosto.Não gosto,não e dos gatos,pois tambem tenho uma que a vi ser atropelada na minha frente e o meu espirito e a minha maneira de ser nao podia dexa-la ali.Nao gosto e da maneira que dao de comer aos gatos,pois assim proliferam e nunca mais vao ser animis domesticos.Na selva so se salva os melhores.Sabem a diferença de um cao vadio e um cao de casa?O vadio antes de atravessar a rua olha para os dois lados a ver se vem carros.Ora bem...A cadela vem a rua e ...Bem é melhor dizer de outra maneira,os gatos se tiverem a comer,a comer ficam,se tiverem ao sol,ao sol ficam,e sabem porque???Porque nunca a insentivei a correr atras de um gato e reprovei-a quando tentava.Chama-se educaçao.Isto é só um exemplo de que os cães são o espelho do dono.Se o dono for nervoso,o cão vai ser,se o dono e mau,o cao vai ser,se o dono e cagarolas o cão vai querer tomar a posiçao do Alfa,e para isso vai morder para por o resto da matilha no lugar.Só mais uma coisa,.As ferradelas que os caes dão nas pessoas,sao"na cabeça dos cães um estalo na cara para nós + ou" -,São mais graves consuante o poder da mandibula.Numa matilha essas mesmas ferradelas são quase só uma dor momentania como um estalo na cara para nos,A pele deles e mais forte do que a nossa,Claro está que na nossa pele,fica tudo rasgado,porque somos fraquinhos...Aceito todas as opinioes,mas culpados??????Só tem quem nos governa e nao faz leis que protejam as pessoas corretamente,nem os caes.Como é possivel um dono ter um cao que matou e logo de seguida ter outro que compra ou dao-lhe.Esse Dono só poderia ser dono de algum animal a pilhas, e mesmo assim andava com uma chapa luminosa para que toda gente pudesse ver que ele foi um irresponsavel.Isto da chapa so de pois de entrar leis que implementassem testes rigorosos as futuras pessoas que quisessem ter caes,conforme tamanho e força de mandibula eram feitos os testes.Ha pessoas que amam caes,mas seria impossivel ter caes poderosos e "mandoes".Desculpem tanta escrita.Adoro pedalar e adoro animais.Mas Amo ainda mais as crianças e Ate choro quando o vejo que caes fazem mal a pessoas,principalmente crianças.Tenho uma de tres anos,e nao a deixo sozinha com a cadela,sabem porque?Porque possivelmente a cadela quer subir de posto e vai morder o meu filho.Um abraço a todos.

Pmiguel
31-08-2012, 19:03
é lá... isto tá animado..., penso que estão todos a falar bem mas não se querem entender, uns têm razão que como pagam os seus impostos a tempo e horas, compraram uma bike onde se pagou o iva, têm todo o direito de andar por caminhos publicos sem que um canino lhe ferre o dente (eu incluo-me neste grupo), outros têm razão que os cães são realmente bons animais de companhia e por vezes de uma inteligencia admiravel e claro não se deve mal tratar os animais nem abandonar.

Ambos certos, ainda não vi aqui nenhum user dizer que gostava de fazer carne picada dos caninos só por prazer.

Penso que com uma fiscalização séria e coimas duras não existiria os problemas que vêm a publico, todos os donos deviam ser obrigados a registar o seu cão por mais ou menos perigoso que seja, levar chip e ter as vacinas em dia, todos sabemos que isso é não acontece.

só mais uma cena para os que me cilindraram, pareceu-me serem grandes adoradores de animais, tenho 2 cães com vacinas em dia um achei em pequeno na rua o outro já grande andava abandonado, achei ainda um gato com pouco tempo de nascido quando andava de bike pela serra dei-lhe barra energetica e o gajo comeu :) tava esfomeado coitado, nunca, nunca ter cães ou gatos em apartamentos, é uma prisão perpetua para os pobres animais, se não têm espaço não tenham animais.

canuco
31-08-2012, 19:51
Penso que com uma fiscalização séria e coimas duras não existiria os problemas que vêm a publico, todos os donos deviam ser obrigados a registar o seu cão por mais ou menos perigoso que seja, levar chip e ter as vacinas em dia, todos sabemos que isso é não acontece.

Todos os cães têm que estar registados na junta de freguesia da residência com chip e boletim veterinario, isto é obrigatorio para todos os cães.

Deste tópico o que importa reter é que se um cão corre atrás da bike, culpem os donos e não o cão. Se tiverem que dar um pontapé em alguém dêm no dono do cão.


podemos trocar opiniões diferentes de maneira cordial ou podemos ser desrespeitossos, achar que a razão está do nosso lado e o que disserem em contrário é motivo de rizada. Dois exemplos certamente não farão o universo de opções nesta discussão digo eu! Existirão alguns exemplos em sentido contrário a esses?

Posto isto, fico por aqui, e boas pedalas companheiro.

E porque me ri o sr. acha desrespeitoso? Desculpe se feri a sua sensibilidade, não voltarei a repetir tal façanha. Mil perdões.

Pmiguel
31-08-2012, 20:17
canuco, é lei estarem registados, mas sabemos que a maioria não está, depois se tiver de culpar alguem realmente culpo o dono do cão mas na altura em que ele corre pra me morder a molhadela nos olhos ou o pontapé vai para o rafeiro, mas isso tudo depende da zona por onde se anda de bike, tu como és da amadora deves andar mais por sintra, monsanto etc.. aí vais encontrar um ou outro cão grande abandonado, se fores para o campo, aí são ás dezenas, depois tambem tem a ver com a volta que fazes, normalmente faço voltas pra cima de 100km logo vou encontrar muito mais cães abandonados do que se fizesse 20km, por isso tenho muito a dizer sobre cães que nos atacam e compreendo algumas das bocas de certos users que fazem 20km e vao pra casa sem terem problemas com animais

canuco
31-08-2012, 20:38
Eu compreendo que seja um problema...mas o que me custa é aceitar que os donos dos cães os abandonam e depois não há ninguém que os defenda e estão á mercê de qualquer pontapé ou coisas piores de todos os transeuntes.
Espero que um dia a lei mude (já faltou mais) e que sejam punidos por lei todas as pessoas que violentam os animais, sejam eles rafeiros ou potencialmente perigosos, abandonados ou não. Qualquer acto de violência para com os animais terá que ser punido por lei, já o é assim noutros países.

murdock98
31-08-2012, 20:47
tambem conheço uma situaçao que ocorreu a bem pouco tempo de um rottweiler que atacou o cao do vizinho frances que so vinha no verao passar ferias e quando la estava com o colega o cao do frances estava sempre a ladrar ao rottweiler e um coitado dum bixito que nao pesa mais de 10 kg enquanto que o rottweiler no minimo pesa 50 kg. Chegou a uma certa altura o rottweiler enfadou se arrebentou com a rede e foi direito ao cao quase o matou e é preciso dizer que o rottweiler nem olhou a crinças e um adulto que por ali estavam foi direito ao outro que estava digamos assim a invadir o seu espaço pois nunca tinha por la cido visto o frances a primeira reaçao foi agarrar na mangueira e abrir a agua e a sorte do coitado foi essa senao ia para as nuvens.
e que culpa teve o dono do rottweiler desta situaçao ???
este rottweiler nao me conhecia de lado algum e em dois meses ja entrava no " seu territorio" sem o dono por perto pois ja me conhecia e ja tinha estado muito tempo com ele.
e o bixo ja me conhecia e sabia que eu nao ia fazer nada que o afetasse
das primeiras vezes que o vi mesmo ao pe de mim ate me benzia e agora e como e....
e como grande fa nao deste mas do pastor alemao pois so suspeito ja tive um e morreu com uma doença e velhice e muita pena minha... ainda nem sou maior de idade mas quando for sera um dos meus investimentos um pastor alemao e durante o seu crescimento sera acompanhado por alguem que saiba e quem sabe eu depois de frequantar a tropa pode ser que tenha esse previlegio treinar um bixinho desses como um colega meu do pedal

canuco
31-08-2012, 21:04
ainda nem sou maior de idade mas quando for sera um dos meus investimentos um pastor alemao e durante o seu crescimento sera acompanhado por alguem que saiba e quem sabe eu depois de frequantar a tropa pode ser que tenha esse previlegio treinar um bixinho desses como um colega meu do pedal

A tropa é uma boa escola...eu estive na Policia Aérea no grupo de cinófilia e trabalhava com pastores alemães...são os cães perfeitos.

srgioslva
31-08-2012, 21:28
Já há algum tempo penso ter deixado aqui a minha opinião neste post, na altura mais prolongada e explicita, hoje aproveito só para referir o seguinte:

Tratem todos os cães que encontrem pelos caminhos bttistas como gostavam que vos tratassem a vocês, COM RESPEITO.

Se não encontrarem nenhum maluco (sim porque também existem cães malucos), nunca terão nenhum problema, como eu até à data não tive.

tessifol
05-09-2012, 19:43
Já me ando a passar com dois rafeiros que têm a mania de aparecer do nada, assustam-me e vá de me fazerem sprintar e vão mesmo junto ao pedal.
Ra

Mach 4
06-09-2012, 03:02
Um video do Cesar :


http://youtu.be/S3XrKkrAZpY

Jocas22
06-09-2012, 08:00
sobre o Cesar leiam este artigo do Times:

http://www.nytimes.com/2006/08/31/opinion/31derr.html?pagewanted=all

como já disse é perigoso acreditar em tudo que se vê ou diz sem procurar o outro lado ;)

wilsoncycles
06-09-2012, 10:40
Cães não tenho medo deles, já fui mordido por varios, nunca fujo deles, geralmente quando os enfrente acabam por fujir e já deixei alguns mal tratados, tambem opto por chamar a policia para os donos serem penalizados e tem resultado, porque em alguns casos os ditos animais nunca mais apareceram na via publica

canuco
06-09-2012, 21:12
Jocas22

Quando algum dia tiver interesse em conhecer ou perceber um pouco mais sobre cães, posso levá-lo junto de várias pessoas que terão um enorme gosto em lhe explicar a essência do cão. O saber não ocupa lugar não é?

Jepas
07-09-2012, 20:53
Tópico "limpo". Não estará perfeito, mas peço contenção. O tópico parece-me ter informação útil que deve ser retida por quem se interessar pelo tema. Por isso espero que quem vier a seguir tenha em atenção o tema em si e tente partilhar o seu ponto de vista de forma cordial e sintética.

kamikaze9
08-09-2012, 10:32
Já nao era sem tempo!!! Mas nao e só o tópico que precisa de limpeza...

Mach 4
11-09-2012, 16:58
Por isso espero que quem vier a seguir tenha em atenção o tema em si e tente partilhar o seu ponto de vista de forma cordial e sintética.

A afirmação do user, imediatamente após a recomendação de um moderador, para o pessoal se manter concentrado no tema do tópico em si, demonstra desde logo o respeito que alguns membros tem pela moderação. Para mim ou se "limpa" tudo até ao fim ou então acho que alguém está a precisar de apanhar ar fresco...

ruipiu
11-09-2012, 18:29
tambem conheço uma situaçao que ocorreu a bem pouco tempo de um rottweiler que atacou o cao do vizinho frances que so vinha no verao passar ferias e quando la estava com o colega o cao do frances estava sempre a ladrar ao rottweiler e um coitado dum bixito que nao pesa mais de 10 kg enquanto que o rottweiler no minimo pesa 50 kg. Chegou a uma certa altura o rottweiler enfadou se arrebentou com a rede e foi direito ao cao quase o matou e é preciso dizer que o rottweiler nem olhou a crinças e um adulto que por ali estavam foi direito ao outro que estava digamos assim a invadir o seu espaço pois nunca tinha por la cido visto o frances a primeira reaçao foi agarrar na mangueira e abrir a agua e a sorte do coitado foi essa senao ia para as nuvens.
e que culpa teve o dono do rottweiler desta situaçao ???


E se quem estivesse a "enfadar" o rottweiler fosse umas das crianças que estava a brincar e a fazer barulho! Ou se por acaso ela se atravessa-se no caminho... ou o vizinho estivesse a fazer alguma coisa que enfadasse o cão...

Que culpa teria o dono do Cão?...

Mach 4
11-09-2012, 19:11
Como quando a minha irmã mais nova, com 10 anitos na altura, andava a correr num passeio e levou com uma ferradela no ombro esquerdo de um pastor alemão. A dona estava a ver as crianças a brincar no passeio e atrás dela estava o seu pastor alemão, excitado com o barulho dos miudos a brincar na rua. Sem trela e sem açaime, sai disparado a correr atrás da minha irmã, e sem parar de correr ela olha para trás e dá de cara com o focinho do cão. Literalmente sentiu o peso do bicho nas costas e a mordidela no ombro. Ficou traumatizada uns bons anos por causa deste episódio.

A culpa foi da dona de não ter conseguido segurar o pastor alemão, ou de estar ali com a porta aberta face a um passeio, deixado o SEU cão se excitar demasiado, eu sei ver isso, mas também sei, como irmão, que se na altura tivesse comigo um ferro comprido não era em direcção á senhora dona do cão que eu me iria dirigir...

Jocas22
07-01-2013, 17:02
http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=374948
Bebé atacado por cão corre perigo de vida
O bebé de 18 meses que foi atacado por um cão arraçado de Pitbull ao final da tarde de domingo, em Beja, encontra-se internado no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e corre risco de vida.

A edição online do JN informa que o menino revela um traumatismo craneoencefálico muito grave, motivo pelo qual teve de ser transportado para aquele hospital da capital, logo depois de ter sido atacado pelo animal.

O avô da criança afirmou ao JN que «nada fazia prever uma situação destas», já que o animal «era meigo» e a criança «brincava muito com ele».





Faz lembrar aqueles donos de cães que quando passamos por eles de bike e os bichos andam sem trela, dizem muito calmamente: "pode passar, ele não faz mal"

ernez
07-01-2013, 19:41
Ora pois, é a falta de informação que esses donos tem dessas raças canídeas, é que muitos destes cães começam a ter problemas de "saúde" a partir dos 6 a 7 anos de idade, eu não sei mas de duas, uma, ou manda se abater ou não se tem este tipo de cães.

executive
07-01-2013, 19:49
Numa estrada onde habitualmente passo, está um desses rafeiro alentejanos, enorme ( mais parece um burro ), já por duas vezes disse ao dono que não tivesse o cão solto. A resposta do mesmo é que não morde, não o irei avisar mais vez nenhuma...para a próxima faço queixa na gnr. Duvido que um cão daqueles possa andar solto na via pública.

canuco
07-01-2013, 20:04
Se for mesmo via pública, o cão não pode andar na rua solto...a não ser que tenha açaime. Se for um terreno privado, então o cão pode andar de qualquer maneira.

Esta questão dos cães nunca vai chegar a lado nenhum...enquanto o cão for um produto que se pode adquirir em qualquer esquina, vamos ter estes tipos de ataques e cada vez pior...

Mach 4
09-01-2013, 14:22
Esta questão dos cães só não chega a lado nenhum devido á imbecilidade da fiscalização e justiça que temos neste país, tal como se passa com as armas ilegais.

Bem, vi agora a foto do menino de 1 ano e meio no jornal...coisa mais linda. Infelizmente não resistiu aos ferimentos e morreu.
Pelos vistos o cão era de um tio que já tinha sido avisado, por diversas vezes, tanto pela mãe da criança como por o avô que já tinha sido mordido por 2 vezes pelo dito cão. O menino entrou na cozinha, ás escuras, e aparentemente tropeçou no cão e sucumbiu ao ataque do animal.

O cão foi de imediato enviado para um canil onde aguarda o abate, e o dono do animal (tio do menino) incorre numa pena de prisão até 3 anos pelo facto de ter um animal considerado de raça perigosa sem registo. 3 anos...é assim que não vamos a lado nenhum.
O engraçado é que já anda na net uma petição para tentar salvar o cão, que tem abate agendado para a semana.


Se for um terreno privado, então o cão pode andar de qualquer maneira.

Isso é que era bom...
Em terreno privado pode andar DESDE que exista uma porta, portão, ou algo que impeça a livre saída ou circulação do animal para o exterior.
E mesmo assim existe a possibilidade de alguém se esquecer de fechar esses acessos e depois acontece o que aconteceu áquela mulher de 41 anos que foi mortalmente atacada por aqueles 4 rotweillers aqui á uns anos.

Polegar
09-01-2013, 14:32
A ignorância continua a ser muito estúpida. O problema não é dos cães mas sim de quem o têm e não tem condições ou não quer saber o que tem. Perigoso pode ser um pitbull como um simples caniche. A diferença está na capacidade de estrago de uns e de outros. Quem tem um cão com capacidades de estrago maiores, os vulgos designados por perigosos pelos incultos deve ter e proceder aos cuidados que estes animais têm. Infelizmente só noticias más abrem jornais e afins. mas algumas como

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=1672913 não chegam a televisão

Jocas22
09-01-2013, 14:44
a criança faleceu. RIP.

Polegar
09-01-2013, 14:50
Sim infelizmente faleceu. Mas o principal culpado ainda vai ficar livre de certeza. Infelizmente as vitimas e que costumam padecer com ataques destes. DEP a criança, e os pêsames a família.

MFMS
09-01-2013, 14:56
Quero deixar um AVISO:

Existe na Serra da Freita, 2 cães Castro-Laboreiros que guardam uma manada de vacas da raça arouquesa e que a quem se chegue á perto de bike eles não facilitam, já tive de fugir 2x deles.

Mach 4
09-01-2013, 15:08
A diferença está na capacidade de estrago de uns e de outros.

Foi exactamente essa diferença que ditou a morte do menino. Ignorância é alguém estar a querer comparar um caniche a um pitbull.
E atenção que tal como os seres-humanos, todos os cães nascem e crescem com uma personalidade distinta, inata. Isso quer dizer que por muito bom tratamento que se dê a um cão ele pode ser sempre um cão que "não conhece o dono".

Eu sei que nesta situação em particular a maior parte da culpa foi do pseudo-dono, e de todos os que viviam nessa casa, mas por vezes os acidentes acontecem, tanto no interior das habitações como no exterior. O que importa é que agora mesmo que o cão seja abatido nada vai devolver a vida daquele anjinho de 18 meses.

Gostava de te ver em frente a um caniche furioso ou de caras com um rotweiller irritado...estamos a falar de uma grande diferença de "temperamentos".

canuco
09-01-2013, 15:28
Em terreno privado pode andar DESDE que exista uma porta, portão, ou algo que impeça a livre saída ou circulação do animal para o exterior.

Se não tiver vedação é considerado terreno privado de dominio público.
No que diz respeito aos cães de raças PP, os donos são obrigados a fazer prova das instalações em que estes ficam, ou seja se estão em zona segura....

Jocas22
09-01-2013, 15:32
era isso sim responsabilidade criminal, prisão efectiva. Pensarem 2x antes de comprarem os cães. Ficava o assunto logo resolvido.

Mach 4
09-01-2013, 15:53
Qual prisão qual quê??
Algum de vocês tem filhos?
Alguém aqui viu a foto da vitima?

http://img844.imageshack.us/img844/6971/meninoi.jpg (http://img844.imageshack.us/img844/6971/meninoi.jpg)

No minimo, o melhor castigo a esse gajo (tio do menino e dono do cão) era o de o mandarem para cima de um leão.
A proporção do ataque seria idêntica á do cão com o menino.

canuco
09-01-2013, 16:17
Nem tanto ao mar nem tanto á terra...
Ninguém que tenha um cão pode garantir que ele nunca vai morder ou matar uma criança...acidentes acontecem...há que investigar em que moldes se deu a morte, etc etc.

Mach 4
09-01-2013, 17:21
A investigação não serve para nada a partir do momento em que o cão não estava registado. Só aí existe LOGO uma culpa formada. Mais ainda quando houve vários avisos sobre o perigo de uma criança estar a partilhar uma casa com um cão desses.
A agonia daquela pobre criança devia ser sentida na pele pelo dono (que nem o era verdadeiramente porque não existe registo da compra) do cão, mais nada.

Os moldes foram os que eu contei lá atrás - casa super povoada, onde viviam quase 3 familias...e um cão.
O cão vivia no interior dessa mesma habitação e pelos vistos ficava num local na cozinha a dormir.
O cão já tinha dado sinais de que não devia estar ali, quando mordeu por 2 vezes o avô da criança.
A mãe enlutada também já tinha advertido que queria o cão dali para fora, se calhar antevendo a tragédia que acabou por se verificar.

O que mais me está a impressionar é a estupidez de certos comentários que se vê em determinadas páginas do FaceBook. Pessoas a culpabilizarem somente os humanos, a tratarem a sua própria espécie como ignorantes e atrasados mentais, e "escrevendo" para um cão que nem ler sabe que afinal a vitima foi ele e que ele é um "anjinho" e blá, blá blá...com muito mel pelo meio, e nem uma palavra escrevem para lamentar a morte de uma criança. Pelo amor de Deus, devia existir um barómetro que limitasse a estupidez de certos comentários.

Já agora...parece que o canil está disposto a dar o cão para adopção, desde que quem quiser resgatar o animal prove que tem todas as condições para o fazer. Uma boa oportunidade para os defensores destas raças.

FMCurto
09-01-2013, 17:24
Nem de propósito, o fim-de-semana passado fui pedalar sozinho pela segunda vez na zona da Apostiça e apanhei um cagaço de todo o tamanho mesmo junto a entrada ainda na Mata dos Medos, sem vivalma à vista de repente saltam 8 cães a ladrar atrás de mim, a minha sorte foi que eles pararam e recuaram quando eu tb parei e lhes gritei.
Não pareciam rafeiros e eram de médio porte mas pareceu haver lá um pastor alemão à mistura. Muito devagarinho sem virar as costas lá acabei por me escapulir mas por pouco não tive de mudar as cuecas.

O telefone não tem grande qualidade ou zoom e tb não me ia aproximar mas:
http://img829.imageshack.us/img829/5108/caesb.jpg

Até podiam ser mais pq um ou otro estavam meio escondidos pelas arvores e arbustos.

Jocas22
09-01-2013, 17:37
@FMCurto
a Apostiça é um canil a ceu aberto, então na zona ao pé do mar ai, ai, ai. Mas eles costumam percorrer aquilo em matilhas.

@canuco
Claro que nenhum dono pode garantir que um cão morde, como nenhum dono de uma arma pode garantir que ela não dispara acidentalmente ou é usada por uma criança. SIMPLES. Pensem bem antes de comprar um cão se o podem ter em segurança. Usem açaime se for de porte razoável. Usem sempre a trela na via publica. Ai e tal, não o conseguem fazer... não tenham cães. Um cão pode ser uma arma letal. Pensem nisso. Certos cães nem deviam ser autorizados, ponto.

Pena de prisão. Simples. Depois se o dono tinha açaime, coleira e tudo o mais o juiz que decida. Não tinha? Cadeia. Tratava mal o cão? cadeia. Treinava o cão pra ser perigoso? Cadeia.

PS: nada tenho contra os cães, mas mais contra a combinação cão/dono.

Polegar
09-01-2013, 17:43
Mach 4 como em todos os teus tópicos, defensor e dono da verdade. Ganhaste :D

commendatore
09-01-2013, 17:44
Depois de ter visto a noticia ontem no telejornal... e pelo "desprezo" mostrado pelo avô do miudo, q até diz que ele nem queria ali o cão para nada... mostra os "bons" tratos a que este animal devia andar sujeito...
Nenhum cão é mau.
Se formos analisar o numero de casos destes que aparecem nas urgências dos centros de saúde e hospitais por esse país fora, facilmente concluimos que há mais ataques de cães de pequeno porte e raças como caniches e afins do que Pitbulls e Rotweilers.

O problema é que enquanto um caniche faz um ferimento de 4 ou 5 pontos, um Pitbull faz um dano tremendo tal com cães de grande porte.
É facil. VoÇ~es são pisados um amigo de 70kgs... se for por um de 140kg... já é um pouco diferente.

No meio disto tudo quem sofre são os animais, e no limite as familias de gente que não tem culpa, pois perdem-se vidas estupidamente.
Tenho cão, ele come da minha boca se for preciso, mas sei perfeitamente que é um animal. E como tal, um dia pode dar-lhe um treco e na brincadeira magoar-me. ´Por mais confiança que possamos ter com animais, inclusivé com os nossos, nunca podemos esquecer que não pensam como nós... não medem as coisas como nós... quanto mais com cães e outros animais que não são nossos e cujo território estamos constantemente a violar. É instinto deles...

Jocas22
09-01-2013, 17:52
@commentadore
com o devido respeito pela tua opinião, isso de "nenhum cão é mau" é uma valente treta, há cães maus como há pessoas más. Depois pode haver agravantes mas isso não implica o que escrevestes.

Polegar
09-01-2013, 17:59
Jocas penso que o que o @commentadore queria dizer é que nenhum cão é perigoso. agora todos nascem diferentes tais como as pessoas. eu estou a defender mas atenção que nem tenho ou tive cães destas denominadas raças. Mas tive por exemplo um dálmata que apesar de ser muito querido e muito denotado de carinhoso pelos humanos foi dos cães mais instáveis que tive, pelo que tinha todas as precauções tomadas em relação a isso. E olhem que um dálmata já provoca estragos... Agora dava espaço ao animal, fazia exercício com ele e nunca deixei crianças ao pé dele sem supervisão adulta.

canuco
09-01-2013, 20:24
Claro que nenhum dono pode garantir que um cão morde, como nenhum dono de uma arma pode garantir que ela não dispara acidentalmente ou é usada por uma criança. SIMPLES. Pensem bem antes de comprar um cão se o podem ter em segurança. Usem açaime se for de porte razoável. Usem sempre a trela na via publica. Ai e tal, não o conseguem fazer... não tenham cães. Um cão pode ser uma arma letal. Pensem nisso. Certos cães nem deviam ser autorizados, ponto.

Pena de prisão. Simples. Depois se o dono tinha açaime, coleira e tudo o mais o juiz que decida. Não tinha? Cadeia. Tratava mal o cão? cadeia. Treinava o cão pra ser perigoso? Cadeia.


Acho isso um pouco extremista...
Então também se devia proibir os carros que atingissem uma velocidade superior a 120km/h....

canuco
09-01-2013, 20:24
Segundo fonte não confirmada, a autópsia á criança não revelou nenhuma mordida de cão...e agora? Mata-se quem? O cão ou o dono?

Jocas22
09-01-2013, 20:37
canuco,
um carro que ande mais de 120 não se compara a um cão treinado pra matar, ou uma arma de fogo.

Mas se falas nisso, nunca percebi muito bem proibirem andar a mais de 120 e deixarem vender carros que andam a mais de 120. Mas pronto, nao vou ser hipocrita ja andei n vezes a mais de 120. Mas que nao faz sentido nenhum, ai isso é óbvio.

Um cão daquele tamanho não precisa de morder sequer pra matar. Mas não sabia dessa noticia.

canuco
09-01-2013, 21:00
Mas que nao faz sentido nenhum, ai isso é óbvio.

Para mim também não faz sentido...
Não é porque um carro atinge os 200km/h que eu posso exceder os limites impostos, certo? Eu posso comprar o carro em Porugal e viajar para a Alemanha com o carro, onde não há limites de velocidades nas AE deles.
Como também não se pode generalizar e dizer que todos os cães da raça A ou B são perigosos ou podem matar...isso é muito vago. Qualquer cão pode matar. Qualquer pessoa é capaz de matar.

Jocas22
09-01-2013, 21:25
sem duvida. Só acho que algumas raças simplesmente não deviam andar entre nós tão livremente como andam. É que depois de acontecerem as coisas ninguem assume responsabilidades, o pobre do animal é morto e o dono... olha compra outro! E acho isso, como acho acerca de leões, tigres, pumas, ursos, algumas cobras... e alguns destes animais sao domesticados e não matam ninguem.

commendatore
09-01-2013, 21:56
O que quis dizer é que nenhum cão nasce "mau", tal como uma criança que nasce numa favela tem não predisposição para ser criminoso. É um facto mais que estudado e comprovado. És vitima do teu meio. Do que te rodeia enquanto cresces.
Ora se um animal é mal tratado, habituado a não ter o espaço certo, habituado a zaragatas, e treinos "domésticos" para morder... não há milagres.
Se discordas estás no teu direito, mas para mim não faz sentido nenhum nem pode fazer dizer-se que um cão é mau por natureza.
COm o devido treino transformas um chihawawa num cão de guarda. Com o devido treino transformas um Dogue argentino num cão guia para cegos.
Há e determinadas raças cujo treino é mais simples e cujo know how dos treinadores com essa raça é mais vasto dái a sua escolha.

commendatore
09-01-2013, 22:00
O que na minha opinião devia ser feito é quando se adquire um cão, conforme é obrigatório o seu registo, devia ser feito um apanhado das condições onde vai viver. Um tipo com cadastro jamais devia poder ter um cão.
Um tipo com uma despensa com 2 metros quadrados jamais devia ser autorizado a ter um cão. Se não há condições não se tem e ponto final.
POr isso é que é o descalabro que se vê em todo o lado a toda a hora. O que não falta é casos de ataques. Claro que os media sensionalistas mostram os ataques é dos Pitbuills ( atenção, isto nem raça é e detesto tal cão, mas é uma opinião pessoal) porque esses é que são mais dramáticos e as TV's estão sedentas é de sangue e bostas afins.
O que não falta para aí é malta com a mania que é má com pitbulls e afins só para meter medo. Ora se é para meter medo, não querem um cão meigo e dócil. Submetem-nos a privações e "treinam-nos" de modo a morder quando solicictados.
Isso são coisas completamente distintas.
Porque razão força aérea, PSP, exército elegem estas raças perigosas para seus cãés?
Porque não há registo e se houver deve ser um caso isolado de um cão destes que ataque o que quer que seja sem que lhe seja ordenado que o faça.

canuco
09-01-2013, 22:04
O que na minha opinião devia ser feito é quando se adquire um cão, conforme é obrigatório o seu registo, devia ser feito um apanhado das condições onde vai viver.

Em Portugal?? HUMMMMMMM, não me parece.

commendatore
09-01-2013, 22:06
Pois.. que n parece sei eu! Nem as crianças são controladas quanto mais os cães.

canuco
09-01-2013, 22:09
A questão dos cães é como tudo o resto....desde que se tenha dinheiro para comprar, arranja-se. É a droga, as armas, documentos falsificados, etc etc etc...


És vitima do teu meio.

Aqui está tudo dito. Estamos em Portugal.

rodd
09-01-2013, 23:00
Desde já, lamento a morte duma criança que estava no início da sua vida.

Primeiro que tudo é preciso referir que esta história está muito mal contada.
Pelo li, a criança não apresentava qualquer sintoma de ter sido mordida e que a morte foi originada por um traumatismo craniano. Não sei até que ponto é verdade. Mas era importante a família explicar o que fazia uma criança na cozinha às escuras. Será que foi o cão? Traumatismo craniano? Tanto poderia ser o cão como a poderia ter tropeçado...

http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2013/01/07/crianca-de-18-meses-atacada-por-cao-da-raca-pitbull
O dono já tinha tentado levar o cão para o canil, para abate, e que este estava subnutrido. Sendo isto verdade, "vê-se" que o dono adorava o cão. Tal como os seres humanos, se houver maus tratos e subnutrição as probabilidades de instabilidade aumentam... Mas as declarações é que me espantam. O avô diz que o cão era dócil e amigável e os vizinhos corroboram esta informação... Estranho! Muito estranho!! As imagens não mostram um cão agressivo e está a ser levado por pessoas estranhas...

Os cães são aquilo que os seus donos lhe ensinam. Se lhe ensinarem a atacar, ele vai atacar. Se for mal tratado, ele vai-se tornar instável e imprevisível. Etc Etc. É óbvio que se trata dum animal e este terá sempre o instinto de sobrevivência. Esse deve ser o objectivo primordial. Qualquer ser, humano ou não, submetido a determinada adversidade/ situação poderá ter uma reacção imprevisível.

Numa situação destas, com um animal em casa, a supervisão dos pais deve ser maior. Primeiro uma criança de tão tenra idade não deveria andar numa cozinha às escuras. Quanto mais, sozinha às escuras e com um cão lá dentro. O cão poderá ter a sua quota parte de culpa, mas os pais e família também o são.

PS: Já tive e tenho animais. Já tive, pássaros, vários gatos, de raça ou não, cães rafeiros, um pastor alemão, um boxer, quando vivia com os meus pais (vivenda). Agora tenho um yorkshire, pois vivo num apartamento. Posso dizer que nunca nencabizhum dos cães foi agressivo. Ao contrário dos gatos que me causaram vários arranhões. Com os cães só me lembro dum episódio, com o pastor alemão, quando estava a brincar com ele e ele tocou-me com o dente num dedo. Esse toque fez-me sangrar. Disse-lhe: Aleijas-te o dono! Ele com o meu tom de voz deitou-se e ficou de cabiz baixo. Ficou triste. Não quis continuar com a brincadeira. Com alguma insistência minha ele regressou. Os cuidados dele redobraram. E digo que redobraram, pois fazia as coisas com muito mais calma, sem impulsos...

Mach 4
10-01-2013, 00:30
Mach 4 como em todos os teus tópicos, defensor e dono da verdade. Ganhaste :D

Este tópico não fui eu que o abri, mas tenho a certeza que muito do que já escrevi neste tópico faz todo o sentido.


O que quis dizer é que nenhum cão nasce "mau", tal como uma criança que nasce numa favela tem não predisposição para ser criminoso. É um facto mais que estudado e comprovado. És vitima do teu meio. Do que te rodeia enquanto cresces.

Então e a carga genética herdada dos pais? Não conta para nada?
Existem pessoas que nascem em meios com todas as condições (berços de ouro) e viram toxico-dependentes. Outros crescem e ficam marginais e até roubam a própria familia. Isso era conversa para se ter com um psicologo durante umas horas.

kakashi
10-01-2013, 00:35
ernez,

Isso é o mito mais terrível relativamente a cães que existe!

Agora,sim há donos que realmente deveriam ser "abatidos", pela sua falta de cuidado e de respeito.

Jocas22
10-01-2013, 07:50
"És vitima do teu meio."

é uma ideia tipicamente portuguesa.
Ninguem é culpado de nada, ninguem precisa de ir preso, e se for leva metade da pena que devia levar, e dessa perdoam-lhe metade. A mãe matou os filhos: coitadinha de certeza que tinha problemas. Roubou os clientes do BPN: era bom homem foi enganado pelos outros. Andava a abusar de crianças: malvados das calúnias. Comprava árbitros: bandidos das escutas. É rico: cadeia especial com ele, não se ia misturar com os pobres.
Enfim... Por amor de Deus.

wawando
10-01-2013, 10:00
Se há pessoas que se passam tb vão sempre existir cães que se passam da cabeça.

Podemos estar aqui a esgrimar argumentos e a contar histórias boas e más.
Mas, como já foi referido, para mim tem tudo a ver com a falta de formação e de respeito pelos outros, coisa que definitivamente não abunda neste nosso país.
Como tb já foi referido, nos paises mais civilizados, é obrigatório os cães e donos terem formação. Sim, porque isto sem regras não vai lá. Sejam elas pela lei do país ou religião.
Evita todos os problemas? Acho que não há milagres. Mas estou certo que os minimiza.

Nem é preciso ir aos cães: cada vez que leio sobre um resumo de um passeio qq lá vem a queixa de lixo nos caminhos, atropelos "porque estava à minha frente e eu sou mais rápido", etc.

É a falta de civismo e de conhecimento que se reflectem em _tudo_ e os cães levam por tabela.

O primeiro passo? É simples, começa por cada um de nós corrigir os problemas.

Vou contar a minha história: tenho um rafeiro alentejano que é um cão relativamente grande (55kg). Não faz mal a uma mosca (não gosta de gatos mas não os consegue apanhar). Mas é um cão grande. Na minha visão limitada sempre achei que por ele não fazer mal podia andar a passer com ele solto na serra e assim fiz. Nunca aconteceu nada de mal. Como desde pequeno sempre andou comigo a passear pela serra de bicicleta, quando vê uns ciclistas lá vai ele todo contente. Mas apercebi-me que as pessoas não o conhecem, claro. Quem "conhece" cães vê pela atitude que ele só vai pela companhia. Mas nem todos têm esse conhecimento e por isso imagino (nunca vi) que de vez em quando apanham valentes sustos.
Somando tudo, deixei de andar com o cão nas voltas de bicicleta. Como devem imaginar, o animal está tristíssimo. Eu tb. Mas é a vida. Não estamos sozinhos e é preciso pensar nos outros.

No outro dia na serra estavam umas senhoras com uns cães pequenos com o discurso "eles não fazem mal" e lá levei uma dentada. "ai desculpe, nunca aconteceu". Tive pena de não ter lá o Migas que não deixava nenhum cão me ladrar. É a vida. Espero que a senhora tenha tomado medidas para não voltar a acontecer. Se não o fizer e voltar a acontecer algo se vai passar (ainda não sei se ao cão ou à senhora). Uma queixa para a polícia é garantida.

Abraços e boas voltas

Mach 4
10-01-2013, 11:00
Se há pessoas que se passam tb vão sempre existir cães que se passam da cabeça.

Eis aqui o cerne da questão estampada. Pode-se resumir as 75 pág. deste tópico a esta frase.
Quando um cão se passa da cabeça e nós estamos a passar por ele, ui, ui...
E aqui também reside a prova do que eu disse lá atrás - a carga genética conta muito, não pensem que é só o meio que nos rodeia. Tal como nos humanos, existem cães que podem nascer com uma certa predisposição para a violência.

wawando,
Continua a levar o teu bicho em passeio, pois uma coisa é ver cães á solta sem ninguém por perto (matilhas) como aconteceu com o FMCurto, outra é ver um cão com alguém responsável ao lado. Penso que pelo teu relato já deu para perceber que não és nenhum inconsciente. O teu cão tem direito a ser feliz.

Aqui na serra de Valongo, já por mais do que uma vez, passaram por mim rotweillers, pastores alemães e até mastins, mas sempre com o dono a passear a trela na mão, eu paro e por vezes nem desmonto pois percebo que eles apenas andam a passear, sem causar qualquer tipo de problema. Mesmo assim existe a hipótese de esses cães darem de cara (neste caso de "focinho") com outros e pode-se originar logo ali uma confusão.

Mach 4
14-01-2013, 15:01
Segundo fonte não confirmada, a autópsia á criança não revelou nenhuma mordida de cão...e agora? Mata-se quem? O cão ou o dono?


Isso das fontes não confirmadas não interessa para nada, até porque é dificil ter acesso a uma autopsia num curto espaço de tempo, por isso eu respondo-te já o que já deveria ter sido feito á muito :

- O cão mata-se e o dono devia ir JÁ preso...nada de multas da treta. PRESO, e no minimo por 5 anos.

Agora, e segundo fonte confirmadissima (a mãe do menino), o cão mordeu (e matou) mesmo o seu filho.
Não vou estar agora a entrar em pormenores macabros, mas apenas adianto que a mãe também foi mordida numa mão ao tentar salvar o seu filho.
Pai e mãe já tinham dito que queriam o cão fora daquela casa, mas o acidente acabou por acontecer, antecipando esse desejo.

O cão deveria ser automaticamente abatido, na hora. Nem sei do que é que ainda estão á espera para fazer isso.
Será pelas 70.000 assinaturas que já existem na net sobre a petição para salvar este cão assassino??

Pelo amor de Deus...eu também gosto de animais, mas existe um limite, até para o fanatismo.

Eu gostava era que fizessem um sorteio entre essas 70.000 almas, e quem ganhasse fosse premiado com o cão em sua casa.

canuco
14-01-2013, 15:33
Não vou discutir mais sobe este assunto...vou-te deixar só uma frase para pensares bem nos valores da vida...
"Citação:

Eu desconfio sempre de quem diz "ajudem mas é as pessoas". Lamento mas desconfio. Porque acho sempre que quem tem a frieza de promover o acto de cagar para uma espécie, é impossível que não se esteja a cagar para todas as espécies"

Nuno Félix
14-01-2013, 15:38
Mach 4,

a defesa da "nossa dama" tem limites. E um deles é a decência.

Quer concordes ou não com o salvamento do cão, pelo menos respeita quem defende.

É o que eu faço, ao ver uma e outra opinião.

Espero eu e toda a comunidade que lê estes tópicos que as regras do respeito mútuo se mantenham.

Fica a ideia.

Nuno Félix

SeteGu
14-01-2013, 16:38
O cão até pode ter uma tendência genética para ser agressivo (não sabemos) mas, certamente, no meio "certo" esse mesmo cão dificilmente se tornaria agressivo sem razão aparente. Trata-se apenas de uma tendência... e não de algo certo.
Logo... o cão num meio adequado dificilmente se tornaria violento. Quem são os responsáveis pelo meio em que o cão está inserido? Os donos (ou o dono).

O cão não pediu para ir para aquela casa... foi quase certamente aquela família que acolheu o cão. Se não tinham condições para lidar com o cão o melhor que tinham a fazer era arranjar uma melhor solução para o animal.

Esta história fez-me lembrar o meu cão de infância (fox terrier). Se fosse de noite (ás escuras) à cozinha e o pisasse ele gania e rosnava simultaneamente. Morder não mordia mas ameaçava embora fosse bastante manso para toda a família em circunstancias "normais".
Voltando ao caso concreto do animal e pegando neste exemplo... tendo uma criança em casa e um cão de grande porte (pelos vistos nem muito bem tratado nem desejado) os cuidados deveriam ser redobrados, aliás, nem devia ser permitido ter cães de grande porte em apartamentos.

Volto a frisar que o animal não pediu para ser adotado, logo, quem o adota tem a obrigação de tratar bem e ser responsável pelo mesmo e como tal (para mim) o animal não deveria ser o maior responsável/lesado pela situação.
Compreendo perfeitamente a reação das pessoas que defendem o animal, e falando na generalidade dos animais se não há pena de morte em portugal para humanos porque há para os restantes animais? (sim porque nós somos animais, ainda que normalmente nos consideremos superiores). O ser humano não se devia julgar superior e pior que isso... desrespeitar todas as outras espécies até porque estamos mais dependentes delas do que imaginamos (até para a nossa própria sobrevivência). ;)

Jocas22
14-01-2013, 18:51
eu estou com o Mach, o cão era morto e sem demoras, e de pouco me interessa o que está por detrás, as condicionantes e os factores canino-psicologicos. E nem é por se um cão, podia ser uma cobra, um rato, uma galinha,...
E o dono ia preso, mas preso mesmo a sério. Simples.